Read zepedal_44.pdf text version

Cicloturismo Faça uma viagem de bike

Downhillescadarias de Santos Urbano Disputa acirrada nas

Encarte com ficha de inscrição da Copa Internacional Sundown de MTB

Cerapió 2008

Pedalando de Fortaleza a Recife em 4 dias

2

sumário

06 ­ Cartas Consulta e sugestões dos leitores 08 ­ Giro Rápido Notícias curtas importantes 12 - VI Copa República de Ciclismo Vitória de Nilceu e Márcia em BH 14 ­ VII Campeonato Internacional BMX Voando alto no Chile 16 ­ Cerapió 2008 De Fortaleza a Recife de Bike 29 ­ Raio X Veja o que Raphael Mancini está usando 30 ­ Pedalando com o Zé Serra da Graciosa 32 ­ Downhill Urbano Disputa acirrada nas escadarias de Santos 36 ­ Enduro Biketech-pepe 100 km de pedal em João Pessoa 37 ­ Zé Gambiarra Bike de 3 rodas 39 ­ Zé Capote Capote Internacional no BMX 40 ­ Onde encontrar o Zé Nas melhores lojas do país 42 ­ Dirt 360º Relíquia do BMX 44 ­ Zé em forma Dicas de Hugo Prado Neto 46 ­ Pedalando com o Vando Histórias de Edivando 48 ­ Cicloturismo Faça uma viagem de bicicleta

Zé Pedal 44

Capa: Atleta Abraão Azevedo na travesia da caatinga do Rio Grande do Norte durante o Cerapió 2008. Fotografia de Jomane Casagrande.

editorial

Olá Zé, Primeiro um feliz 2008. Embora já estamos quase na Páscoa. Esta saudação é para iniciarmos o ano, porque esta é a primeira edição do ano e, pela primeira vez, após 4 anos (dois de jornal e dois de revista) o Zé Pedal muda de logomarca. Agora com os traços mais arredondados e mais moderno, mas, sem esquecer o Zé, que está aí, juntinho do pedal. Além de novo visual da logomarca, a edição está recheada com a cobertura do Downhill Urbano 2008, onde Wallace Miranda fez bonito, vencendo a competição e quebrando o recorde do francês Cedric Gracia, além da nova promessa feminina, Luana de Oliveira. Pela primeira vez, o Zé foi ao nordeste, para cobertura de uma das maiores competições de ultramaratona do país, o Cerapió. Uma corrida de quatro dias, recheada de muita cultura, belos visuais, boas trilhas, estradinhas e estradões, sem falar na hospitalidade do povo nordestino, que impressiona qualquer um. A organização caprichou no roteiro, quatro estados em 4 dias, com largada dia 23 em Fortaleza/CE, passando por Mossoró/RN, Natal/ RN, João Pessoa/PB e terminando em Recife/PE dia 26 de janeiro. Uma verdadeira aula de antropologia e sociologia, podendo ver de perto o comportamento das pessoas e das sociedades onde vivem. Fica aqui o convite para você participar de uma competição calorosa, na cabeça e no coração, fazendo amizades, turismo e muita competição, porque quem pensa que no nordeste a galera não soca a bota, está enganado. O campeão Brasileiro de Maratona, Abraão Azevedo passou apertado para vencer a corrida.

Pelotão durante o Cerapió 2008. Fotografia de Jomane Casagrande.

Um abraço para este pessoal tão querido e fraterno. Um abraço aos organizadores do Cerapió à população nordestina e principalmente aos ciclistas que receberam de braços abertos a Revista Zé Pedal. Em breve estaremos aí novamente para mais um pedal. Jomane Casagrande

3

4

5

· Casagrande Comunicação Ltda CNPJ: 04.607.893/0001-99 - Betim/MG · Tiragem 20.000 exemplares · Todas as matérias assinadas são de inteira responsabilidade do autor. As mesmas não representam a opnião da revista. · Editor: Jomane Casagrande MTb MG.00353 [email protected] MSN: [email protected] ·Jornalista responsável: Mª Lourdes Almeida Rezende. MTb - SP .17816 · Departamento Comercial: Belo Horizonte: (31) 3353-7521 [email protected] · Assinatura e Distribuição: Fátima Aguiar - [email protected] (Segunda à Sexta-feiras de 13 às 18hs) MSN: [email protected] · Diagramação e Arte: Marcelo Campos - [email protected] MSN: [email protected] · Colaboradores nesta edição: Mário Roma, CAB-Clube dos Amigos da Bike, Edgar Castellón, Soraya Amorin, Hugo Prado Neto, Edivando Souza Cruz, Clube de Cicloturismo do Brasil, Jander Linhares, José Bosco, André Moisés de Oliveira, Fábio Piva, Bruce Cordão, Zenardo Maia, Aroldo Nogueira, Raphael Mancini, Leandro Nunes, Biketech-Pepe, Kelly de Paula Lara, Caverna Bike Shop, Onofre Castilho, Eduardo Campos Oklinhos.

São José dos Campos/SP Bom Dia, gostaria de pedir a colaboração de vocês para um incentivo à meu filho. Ele é piloto de BMX, desde os 4 aninhos, o nome dele é Eduardo Jakubowski de Araujo,07 anos, e já é BíCampeão Paulista (2006 e 2007), Campeão Brasileiro (2007), Campeão da Copa do Brasil (2007) na categoria Expert 07 anos. Em todas as corridas que vamos, ele fica doido pra pegar uma Revista Zé Pedal, para ver quem saiu dessa vez no esporte dele. Gostaríamos muito de dar-lhe uma surpresa, ao abrir um dia a revista e ver uma matéria sobre ele mesmo, seria pra nós, (pai e mãe) uma alegria enorme! Edinaldo e Rosana Parabéns Eduardo. Continue pedalando. Com persistência, em breve você estará em todas as mídias e pódiuns. Um abraço. Equipe Zé Pedal Botucatu/SP Olá equipe Zé Pedal. Gostaria, que divulgasse o evento que estou organizando: Trip Trail Amador de Verão de MTB. Em Botucatu/SP. Dia 24/02/2008. Informações: [email protected] Brasa Oi Brasa, Legal ! Mais um evento de MTB. Boa sorte e sucesso! Equipe Zé Pedal Cariacica/ES Oi meu nome é Vinicius. Sou de Cariacica/ES. Curto muito a Revista Zé Pedal e estou mandando uma foto minha, no Campeonato de Downhill que teve aqui. Não foi muito publicado pois somos poucos. Gostaria de ter essa foto publicada na revista. Vinícius Olá Vinícius. Está aí a divulgação de seu evento. Mas a foto não poderemos publicar, porque você está sem os devidos equipamentos de segurança e principalmente: sem capacete. Equipe Zé Pedal

6

Caros colegas! Sou novato na modalidade Speed, e gostaria de saber qual a substância adequada para colocar na garrafinha. Marco Túlio. Olá Túlio, quem vai te responder esta dúvida é o preparador físico Hugo Pradoneto e colaborador da Revista Zé Pedal. "Marco Túlio, Para pedaladas de até 1:30h aconselho você a tomar apenas água. Passando desse volume de treino te aconselho a levar uma garrafa de água e uma de Sport Drink tais como Gatorade, Aceelerade, Exceed etc. A marca vai depender de qual você tem disponibilidade de encontrar para comprar e qual o seu corpo se adapta melhor. A intensidade também pode ter uma certa influência e exigir que você consuma mais carboidrato. Por exemplo, se você sai para treinar 1:30hr e faz esse treino com uma intensidade muito alta, após o treino você pode tomar um sport drink para repor sua reserva de glicogênio (carboidrato e eletrólitos). Querendo aprofundar mais no assunto por favor entre em contato, mas essas dicas básicas vão com certeza te ajudar bastante nas suas pedalas de speed." Abraço Hugo Pradoneto (31)3297-8324 (telefax escritório OCE) www.treine.net - [email protected] Balneário Camboriú/SC Grandes da Zé Pedal! Muito obrigado mesmo, pela publicação da foto do meu filhote, João Pedro. O mesmo não sabia que ia sair no Zé, e quando viu, saiu a milhão mostrando para todos que encontrava pela frente. Um abraço bem grande a todos. Obrigado, Henrique. Nós que agradecemos. Equipe Zé Pedal

Goiás/GO Olá turma do Zé Pedal, gostaria que vocês publicassem essas fotos que estou enviando, pois nós aqui em Rio Verde/Goiás, temos um clube de Mountaim Bike, que se chama Hill Verde Mountaim Bike, temos também um site que é: www.hillverde.com.br, aqui somos 45 associados. Nos finais de semana sempre estamos fazendo umas trilhas bem legais, temos também alguns de nossos sócios que participam de competições, como o Campeonato Goiano, em várias categorias. Cleomar Vilela.

É isso aí Cleomar. Está aí a foto do grupo. Parabéns para a galera. Um abraço. Equipe Zé Pedal. Livramento de N. Senhora / BA Olá Zé! Quero registrar a imensa satisfação de ter conhecido a revista Zé Pedal, que preenche de forma muito competente uma lacuna importantíssima no ciclismo nacional, pois faltava uma publicação que mostrasse este esporte de forma mais ampla e coerente. A revista ressalta muito bem o atleta amador, a juventude no ciclismo e as competições em vários pontos do Brasil. Isso tudo nos mostra como o ciclismo se desenvolve neste nosso país e, apesar de todas as dificuldades, temos um potencial altamente favorável para crescer muito mais ainda. Sugiro mais destaques e matérias sobre as mulheres no ciclismo e também ciclismo na 3ª idade. Peço-lhe para divulgar o nosso site www. diamantrilha.com. br que mostra o mountain bike da Chapada Diamantina na Bahia. A todos da Revista Zé Pedal, desejo sucesso e muitas vitórias! Um abraço, Franklin Passos Oi Franklin, tudo bem. Obrigado pelas palavras de carinho. Quanto as matérias sugeridas passaremos para programação de pauta. A divulgação do site está aí: www.diamantrilha.com. br - Equipe Zé Pedal Mande seu e-mail com opiniões, críticas e sugestões para o Zé, teremos o prazer de responder. [email protected]

7

<<

História de PEDAL

<<

100 km por paisagens sertanejas

"Ainda estava escuro quando saímos em direção a cidade de Serra Talhada, eram 3:30h da manhã do dia 15 de novembro de 2007. Eu (Bosco), Acácio e Val, começamos nossa viagem de aventura e puro prazer, afinal estávamos distantes 100 km do destino final. Esta página não teria espaço para descrevermos todo o percurso, as belas paisagens, as dificuldades e as peculiaridades de cada lugar pelos quais passamos. Pois bem, vou tentar resumir a nossa aventura em poucas palavras e algumas fotos que irão ilustrar melhor a aventura. Fizemos a nossa primeira parada no distrito de Grossos, distante cerca de 30 km da cidade de Salgueiro/PE, nosso ponto de partida. Salgueiro está localizada no sertão central à 500 km da capital do estado, Recife. Pois bem, já se passavam trinta minutos das sete horas da manhã quando fizemos nossa segunda parada na cidade de Bom Nome para tomarmos café, conversar um pouco e é claro, tomarmos banho pois o calor estava muito intenso, já havíamos pedalado 60 km. Nesta cidade ficamos em torno de 1h40m, tempo suficiente para repormos as energias e continuarmos a aventura. Por volta das 11:00h paramos pela terceira vez a cerca de 18 KM do nosso destino e ao meio dia estávamos naquela cidade, onde de longe já avistávamos a imponente serra, talhada pela ação da natureza,

terra do xaxado e berço de Lampião, cangaceiro que fez história e ainda hoje desperta a curiosidade de estudiosos, é tema de debates e fonte riquíssima de pesquisa sobre a vida do sertanejo. Consideramos o percurso de nível difícil tanto pela distância, quanto pelas subidas íngremes e longas, mas tudo encarado com muito prazer e satisfação de pedalar, pois só nós sabemos como é prazeroso ter alcançado o objetivo e com certeza este dia jamais será apagado das nossas mentes".

Enviado por José Bosco, da cidade de Salgueiro/PE Se você tem uma história legal, engraçada ou uma aventura na bike, e deseja que ela seja publicada, envie para [email protected] e informe seus dados, e algumas fotos em anexo. A redação da Revista Zé Pedal irá avaliar. As melhores serão publicadas.

Os organizadores das Olimpíadas de Londres2012 mudaram o local da disputa do moutain bike porque não são montanhosos o suficiente para desafiar os competidores. O pedido de mudança do local previamente escolhido, Weald Country Park, na região ao sul de Essex, veio após a visita dos inspetores da União Internacional de Ciclismo (UCI), entidade que comanda o ciclismo mundial. "A UCI nos pediu para achar um percurso novo e desafiador para testar os melhores ciclistas de mountain bike do mundo em 2012", garantiu Jackie BrockDoyle, porta-voz do Comitê Organizador das Olimpíadas de Londres2012. A modalidade do mountain bike foi introduzida nos Jogos Olímpicos em Atlanta1996. Para os homens, o percurso é de 40 a 50 km, enquanto para as mulheres é de 30 a 40 km, com obstáculos que incluem árvores, pedras e correntezas.

Olimpíadas de 2012

GP Ravelli

Depois do sucesso do GP Ravelli de Cross Country e Maratona 2006 e 2007, Marcio Ravelli prepara uma nova aventura com 3 etapas e premiação em dinheiro aos 15 primeiros colocados na geral. 1a. Etapa - Itu - 10/Fevereiro (cobertura na próxima edição) 2a. Etapa - Salto - 04/Maio 3a. Etapa Indaiatuba - 10/Agosto Na 1ª Etapa, as categorias foram divididas e percorreram três percursos diferentes. O completo, de 50km, exigiu dos ciclistas muita técnica e força, com fortes subidas, single tracks e descidas alucinantes. O reduzido de 25km teve baixo grau de dificuldade, com estrada de terra batida e poucas subidas, foi ideal para os atletas iniciantes. Já a criançada percorreu 10km com a companhia de Marcio Ravelli. Maiores informações: Ravelli Bikes - Av. Prudente de Moraes, 339 - Vila Nova, Itú (SP) - Tel / Fax (11) 4025-1591- www. marcioravelli.com.br

Panamericano de Bicicross

O Pan-Americano de BMX é considerado o mais importante Campeonato de Bicicross da América Latina em 2008, e contará com a presença de países da América do Sul, Central e do Norte, com um número estimado de 550 atletas, divididos em 39 categorias distintas, mantendo prestígio internacional. A pista paulinense de BMX, classificada como Classe "A"pela CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), a qual segue os padrões internacionais definidos pela UCI (União Ciclística Internacional), tem direito a realização de provas Regionais, Estaduais, Nacionais e Internacionais. O local mantém toda uma infra-estrutura para realização de eventos, contando com vestiários, sanitários, box para equipes, arquibancada, pré-start coberto e secretaria. Já estão confirmados a presença de oito países para o Pan-Americano BMX 2008 em Paulínia. Estarão presentes além dos pilotos do Brasil, pilotos da Colômbia, Equador, Lituânia, Chile, Argentina, Venezuela, Estados Unidos e Aruba. Os Comitês Olímpicos destes países trarão atletas que já estão convocados para as Olimpíadas de Pequim 2008 na China. Sem dúvida alguma, este evento que conta pontos para o Ranking UCI/ Classificação Olímpica, será um grande sucesso. Informações: www.cbc.esp.br

04 a 09 de março ­ Paulínia/SP

8

A Federação Mineira de Ciclismo realizará o Campeonato Mineiro de BMX de 2008, em quatro etapas, 1ª etapa 19 e 20 de Abril - Varginha . 2ª etapa 14 e 15 de Junho ­ Sete Lagoas. 3ª etapa 19 e 20 de Julho - Betim . 4ª etapa 16 e 17 de Agosto - Pirapora. A 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de BMX que será válida também para Ranking UCI (União Ciclística Internacional), será realizada na cidade de Betim, dias 16 e 18 de maio. A Federação Mineira de Bicicross, também já definiu e divulgou seu calendário 2008. Programe-se: 01/02 - 1ª Etapa Campeonato Mineiro - Sete Lagoas 03/04 - 3ª Etapa Campeonato Mineiro ­ Timóteo 05/06 - 2ª Etapa Campeonato Mineiro ­ Varginha 19/07 - Taça Minas Gerais - A definir 23/09 - 4ª Etapa Campeonato Mineiro ­ Pirapora 27/10 - 5ª Etapa (Final) Campeonato Mineiro ­ Contagem Mais informações: www.fmbx.com.br Em São Paulo, a situação está mais uniforme, onde a Associação Paulista de BMX administra o calendário e as competições. Veja a programação: 01/03 - 1ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Paulínia/SP 07 a 09/03 - Panamericano Bicicross ­ Paulínia/SP 15/03 - Valeparaibano de BMX ­ Jacareí/SP 29/03 - 2ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Cosmópolis/SP 05/04 - 1ª Etapa Copa Regional de Bicicross ­ Paulínia/SP 12/04 - 1ª Etapa Copa Jarinu ­ Jarinu/SP 26/04 - 1ª Etapa Copa Jacareí ­ Jacareí/SP 03/05 - 3ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Americana/SP 16/05 - 2ª Etapa Brasileiro - A definir 24/05 - 2ª Etapa Copa Sorocaba ­ Sorocaba/SP 07/06 - 2ª Etapa Regional de Bicicross ­ Cosmópolis/SP 14/06 - 2ª Etapa Copa Jacareí ­ Jacareí/SP 21/06 - 4ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Jacareí/SP 28/06 - 2ª Etapa Valeparaibano de BMX ­ Caraguatatuba/SP 05/07 - 3ª Etapa Regional de Bicicross ­ Americana/SP 19/07 - Jogos Regionais 3ª Região 26/07 - 3ª Etapa Copa Jacareí ­ Jacareí/SP 16/08 - 4ª Etapa Regional de Bicicross ­ Sorocaba/SP 23/08 - 5ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Sorocaba/SP 30/08 - 3ª Etapa Valeparaibano de BMX ­ Lorena/SP 05/09 - Final Campeonato Brasileiro - Jaraguá do Sul/SC 13/09 - 2ª Etapa Copa Jarinu ­ Jarinu/SP 20/09 - 6ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Leme/SP 27/09 - 4ª Etapa Copa Jacareí ­ Jacareí/SP 27/09 - Etapa Final Copa Sorocaba ­ Sorocaba/SP 11/10 - 5ª Etapa Regional de Bicicross ­ Indaiatuba/SP 18/10 - 7ª Etapa Paulista de Bicicross ­ Jarinu/SP 08/11 - 4ª Etapa Valeparaibano de BMX ­ Ubatuba/SP 15/11 - Etapa Final Paulista de Bicicross ­ Caraguatatuba/SP 22/11 - Etapa Final Copa Jacareí ­ Jacareí/SP 29/11 - Final Copa Regional de Bicicross ­ Paulínia/SP 06/12 - Final Copa Jarinu ­ Jarinu/SP

Bicicross 1

Bicicross 2

Bicicross 3

Após dois anos com bons resultados, a Calypso reformulou completamente seu site para atender as novas expectativas de seus clientes e consumidores. O Site está mais dinâmico e mais fácil para consultar e visualizar os produtos, com várias seções e links que facilitam o acesso. Os consumidores podem acessar o site visualizando os produtos com informações e fotos e assim se dirigir a loja mais próxima para adquiri-los. No site existe um link "Fale Conosco" para que os consumidores e os clientes possam pedir informações, como encontrar ou ter mais detalhes sobre os produtos da Calypso. Para os lojistas é só se cadastrar no site podendo realizar compras on-line. www.calypsonet.com.br

Novo site Calypso

9

Onça do Pitangui

Pelo 13º ano, foi realizada o Intercity Onça do Pitangui de Mountain Bike/MG, com a participação de 320 competidores, dia 27/01/08. O trajeto foi reduzido à 30 km devido à forte chuva que caiu durante a madrugada anterior a prova na cidade de Onça de Pitangui, devido a questões de segurança, a organização da prova optou por diminuir o trajeto. A corrida foi muito disputada. Rubens Donizete largou na frente junto com Thiago Aroeira. Após percorrer uma parte do percurso, Rubinho assumiu a liderança mantendo-se na frente até o final da prova. Completando a Prova com 1h e 4min. Feito impressionante foi o de Uirá Ribeiro que largou no meio do bolo de ciclistas, chegando a cruzar o ponto de apoio em sétimo lugar da Elite, alcançando um-por-um fazendo uma ultrapassagem espetacular sobre Tiago Aroeira. Eles chegaram juntos na última subida, logo na descida final, Uirá passou Thiago chegando 1min atrás do Rubinho e Tiago 1min atrás de Uirá. Fernanda da Silva Souza surpreendeu todos, garantindo a vitória, ganhando de Erika Gramiscelli, favorita ao titulo. Érika chegou em segundo lugar, acompanhada de Ingrid Jordana. "Erika e eu andamos lado a lado a prova inteira" disse Ingrid satisfeita com a terceira colocação na Elite Feminino. Elite Masculino · 1° Rubens Donizete ­ Monte Santo de Minas/MG · 2° Uirá Ribeiro de Castro ­ Lagoa da Prata/MG · 3° Thiago Aroeira ­ Juiz de Fora/MG · 4° Afrânio Pacheco ­ Ribeirão das Neves/MG · 5° Moisés Lourenço Silva Santos ­ Uberaba/MG · 6° Kilder de Melo Silva ­ Ouro Preto/MG · 7° Felipe Avelar ­ Conselheiro Lafaiete/MG · 8° Francisco Hildebrando - Belo Horizonte/MG · 9° Edcarlos Oliveira ­ Belo Horizonte/MG · 10° Wagner Pereira Alves - Vespasiano /MG Elite Feminino · 1° Fernanda da Silva Souza ­ Uberaba/MG · 2° Érika Gramiscelli ­ Belo Horizonte/MG · 3° Ingrid Jordana ­ Divinópolis/MG · 4° Aline Roberta Margoti Lombello ­ São João Del Rei/MG · 5° Glaidiany de Cássia A Rezende ­ Divinópolis/MG · 6° Alice Duarte Leão ­ Belo Horizonte/MG · 7° Isabela Moura ­ Moeda/ MG · 8° Iara Rodrigues ­ Itaúna/MG

Texto e Foto: André Moisés de Oliveira

Vem aí a Clínica MTB Soul, que será realizada entre os dias 29 de fevereiro a 02 de março em Pindamonhangaba/SP. O evento será ministrado por Mário Roma, Adriana Nascimento e Odair Pereira. Mário Roma - Ultramaratonista de MTB amador. Adriana Nascimento - Nove vezes campeã brasileira. Odair Pereira - Medalha de ouro no Pan-Americano. * Técnicas da utilização de Mountain Bike. * Escolha apropriada de equipamentos. * Logística e preparação para participar de eventos esportivos e viagens. * Cuidados alimentares e físicos para melhorar seu desempenho. * Qualidade de vida através do Mountain Bike. Hospedagem : Rancho Mustang | Pindamonhangaba/SP. Localização estratégica, há 1h30 de São Paulo e 3h do Rio de Janeiro. Estrutura do Local: Piscina, Sauna, Salão de Jogos, Quadra de Tênis, Vôlei de Areia, Campo de Futebol, Paredão de Escalada, Arborismo, Tirolesa, Pista de Equitação, Bangalô no Lago, Trilhas e Cavalgadas. Incluso no pacote de hospedagem: Hospedagem durante os dias 29/02 (sexta), 01/03 (sábado) e 02/03 (domingo). Total de 8 refeições com bebida incluso (bebidas não-alcoólicas). Valor da Hospedagem R$200,00. Valor da Clínica R$200,00 Para acompanhante não participante da Clínica, será cobrado somente o valor da hospedagem. Crianças não pagam. Informações no site: www.marioroma.com. br Dúvidas envie um e-mail para [email protected] marioroma.com.br ou ligue para 11 3846-6030 com Cibele.

Clínica MTB Soul

Luciano Pagliarini conquistou a terceira colocação no sprint final sendo superado apenas por Bonnen e pelo italiano Alberto Loddo no Tour do Qatar, nos Emirados Árabes, dia 27 de janeiro. "Estava muito bem hoje, aliás, melhorei dia após dia meus resultados aqui no Qatar, pena ter ficado fora da fuga na primeira etapa, pois perdi tempo na classificação geral, mas o importante é ter feito uma boa corrida e saber que minha preparação no Brasil foi válida, esses resultados são reflexos de muito trabalho de base que fiz em novembro e dezembro," disse o brasileiro. "Estou contente, comecei a temporada muito bem, esse é um ano importante, tenho grandes objetivos, Giro di Itália, Olimpíadas, começar bem aqui já é meio caminho andado, espero que logo venha uma vitória", declarou o atleta.

Pagliarini no podium

10

Foto: Divulgação

O pedal Xpedo modelo MF-2a MAG-TI utiliza componentes em Magnésio e Titânio na sua construção. O seu acabamento é feito através de um processo especial, o que o torna um produto único. O encaixe foi desenhado a partir do corpo do pedal e desenvolvido com uma mola simples, permitindo assim regulagem de pressão do taco, sendo compatível com X Pedo e SPD, o que é uma inovação no mercado. O corpo em Magnésio e o eixo em Titânio fazem com que o pedal possua um peso bem leve, aproximadamente 232g o par. Por sua construção ser simples, a manutenção (montagem e desmontagem) são facilitados. O pedal foi desenvolvido para facilitar o escoamento da lama. O seu formato aerodinâmico foi desenhado para que tenha bom desempenho tanto em MTB como em estrada. A Xpedo disponibiliza também modelos para MTB, ROAD (estrada), DH e BMX. Mais informações sobre este produto: www. calypsonet.com.br

Pedal XPEDO MTB MF-2a

Circuito Carioca MTB 2008

As 3 etapas do Circuito Carioca Bikers 2008 serão válidas pelo Campeonato Estadual 2008 do Rio de Janeiro de Mountain Bike, em Campo Grande. A primeira etapa abrirá o Campeonato e o calendário Estadual 2008. Em cada etapa acontecem 3 provas distintas: 1 - Corrida Kids ­ Crianças e pré-adolescentes com a devida autorização dos pais tem sua iniciação no esporte; 2 - Corrida de Estreantes ­ Composta na sua maioria por ciclistas iniciantes, já com alguma prática e que desejam participar de suas primeiras provas; 3 - Corrida Principal ­ Atletas federados ou não que disputam as principais corridas Nacionais e até Internacionais visando alto rendimento, pontos para o Campeonato Estadual e Ranking Nacional. 1ª etapa ­ 24 de fev. ­ Campo Grande 2ª etapa ­ 04 de maio ­ Campo Grande 3ª etapa ­ 20 de julho ­ Campo Grande

Scott Pilot Combo Carbon

A Scott apresenta no Brasil o Pilot Combo Carbon, componente que combina, numa única peça de fibra de carbono, o guidão e o avanço. O peso do conjunto é de apenas 230 gramas, um dos mais leves do mercado. O segredo da leveza são as fibras de carbono do tipo HMF, de alta densidade modular e moldadas pelo exclusivo processo Scott CR1, que torna os tubos mais leves e resistentes. O Pilot Combo Carbon é perfeito para upgrades e para quem busca um componente muito leve, resistente e compatível com qualquer marca de bicicleta. O Pilot Combo Carbon é componente de série nas estrelas da linha de mountain bikes da Scott, a full suspension Spark LTD e a levíssima hard tail Scale LTD, ambas consideradas as mais leves em suas categorias. A Scott oferece o Pilot Combo Carbon em quatro medidas: 90, 100, 110 e 120mm de comprimento do avanço (mesa). O guidão Piloto Combo Carbon é do tipo reto, com ângulo de inclinação de 3º e ângulo de retração (curvatura para trás ­ back sweep) de 5º, com pegada perfeita e que oferece conforto e segurança ao biker. O valor sugerido de venda é de R$ 1.499,90 e o Scott Pilot Combo Carbon pode ser encontrado nas principais bike shops do País.

Foto: Divulgação

Se você quer conhecer a região de Paranapiacaba/SP, um paraíso para mountain bikers de todos os níveis, não perca a oportunidade e venha participar da Volta da Pedra Grande, um evento organizado pelo MTBtrip Bike Club Paranapiacaba que acontece dia 24 de fevereiro. Informações: www.mtbtrip. com.br e faça sua inscrição. A taxa é de R$25,00 com direito a um lanche, salada de frutas, guias por todo percurso, veículo de apoio e brindes no final.

Paranapiacaba

Nova equipe Sundown

A Sundown reestrutura sua equipe de mountain bike e firma parceria com a FELEJ ­ Fundação de Esportes Lazer e Eventos de Joinville. Além de Abraão Azevedo e Julyana Machado, os destaques que passam a integrar a nova equipe são: Ricardo Pscheidt e Henrique Avancini. Pedro Joel Barbosa, supervisor esportivo da Felej será o Team Manager da equipe, que terá entre outras responsabilidades a coordenação técnica, suporte e apoio aos atletas nas competições. A nova formação de equipe Sundown Racing Team Joinville, será de 10 atletas, nas categorias Elite Masculino, Elite Feminino, Sub 23, Máster Feminino, Júnior e Juvenil. A reestruturação da equipe Sundown vem de encontro à filosofia da empresa de investir, apoiar e incentivar o esporte através de atletas, equipes e provas. A Sundown Bikes também investe no patrocínio de atletas e equipes de ciclismo, triathlon, trial bike, corrida de aventura, multiesportes, assessorias esportivas, cicloturismo e eventos e competições de destaque no cenário nacional.

Foto: Divulgação

11

VI Copa da República de Ciclismo

Nilceu Aparecido e Márcia Fernandes garantem vitória em Belo Horizonte

Fotos: Jomane Casagrande O atleta Nilceu Aparecido Santos, da equipe Scott/Marcondes César/Fadenp/ São José dos Campos, faturou o título da VI Copa da República de Ciclismo. Ele completou as 13 voltas do circuito de 1,8 km montado na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte (MG) dia 09 de dezembro de 2007, com o tempo de 31min57seg, em prova muito equilibrada e definida nos 300 metros finais. A prova feminina teve, novamente, a família Fernandes no topo do pódio, com a conquista de Márcia Fernandes Silva, representando a equipe Clube Fernandes de Ciclismo. A atleta natural de Goiânia fez as sete voltas em 21min08seg858. Os vencedores ganharam R$ 3 mil cada. Nilceu Aparecido Santos brigou a cada volta pela liderança, e sempre esteve entre os primeiros. O ciclista de Cascavel contou com o apoio de sua equipe para conquistar o bom resultado positivo. Sob um clima ameno, com temperatura na casa dos 23 graus, o melhor do ciclismo nacional deu um show na Praça da Liberdade, no centro da capital mineira. Nilceu ficou muito feliz e satisfeito com a conquista deste domingo. "A prova foi muito rápida e exigiu muita técnica, com curvas perigosas. Quase no meio da prova percebi que podia brigar pelas primeiras posições, mas só alcancei o resultado pelo trabalho da equipe, que foi fundamental e sem eles não teria como chegar a esta vitória", comemorou o atleta da equipe Scott/Marcondes, reconhecendo o desempenho do grupo. Com o resultado deste domingo, Nilceu assumiu a liderança do ranking nacional.

Concentração de largada da Copa República na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte

12

Família Fernandes brilha mais uma vez

A tradicional família Fernandes, nome forte no ciclismo feminino nacional, brilhou novamente. Desta vez, a responsável pelo topo do pódio foi a mais nova representante da família. Márcia Fernandes Silva, de apenas 16 anos, que disputou pela segunda vez a Copa da República, ficou com o título. A primeira participação dela foi em 2005 em disputa realizada na capital federal. Na ocasião, a atleta de Goiânia ficou em quinto lugar. Agora, dois anos mais tarde, com apenas 16 anos, a jovem brigou fortemente pela primeira posição e conquistou o topo do pódio, completando as sete voltas com o tempo de 21'08". Feliz e um pouco tímida, Márcia comentou o resultado. "Fiquei feliz e surpresa com esta vitória" declarou a atleta que embarca em março para a Itália com o objetivo de realizar treinos para se aprimorar. Uênia Fernandes de Souza, prima de Márcia, que garantiu o segundo lugar, analisou o trabalho do grupo, em favor da primeira colocada. "Nosso objetivo era que uma de nós chegasse em primeiro, e como ela vinha bem, fizemos a estratégia para ela, o importante é que o título ficou em casa", enfatizou Uênia, um dos principais nomes da família. Resultado Final Masculino

Distância: 23400m - Velocidade Média: 43,944 km/h 1 - Nilceu Aparcido Santos - Scott/Marcondes Cesar/Fadenp/SJC - 00h3157 2 - Francisco Ramon Chamorro - Cesc/Sundown/Nossa Caixa/S. Caetano - 00h3157 3 - Daniel Valter Rogelin - Scott/Marcondes Cesar/Fadenp/SJC - 00h3157 4 - Raphael Henrique Mancini Serpa - PM Sant de Parnaiba/Vicini/Kenda/DKS/NC - 00h3157 5 - Fabiele dos Santos Mota - Sales Supermercados/Barbacena - 00h3157 6 - Glauber Alexandre Nascimento - Cesc/Sundown/Nossa Caixa/S. Caetano - 00h3157 7 - Jerre Adriano de Sousa - São Francisco/Nossa Caixa/Rib Preto - 00h3157 8 - Carlos Roberto Marques de França - Peels Capacetes/Caloi/N Caixa/Iracemápolis- 00h3157 9 - André Luiz Pulini - Memorial - Santos/Fupes/Giant/Vzan/Oakley - 00h3157 10 - Rafael de Matos Andriato - Memorial-Santos/Fupes/Giant/Vzan/Oakley - 00h3157

Feminino

Distância: 12600m - Velocidade Média: 35,773 km/h 1- Márcia Fernandes Silva - Clube Fernandes de Ciclismo - 00h2108 2 - Uênia Fernades de Souza - Clube Fernandes de Ciclismo - 00h2108 3 - Clemilda Fernandes - Clube Fernandes de Ciclismo - 0h2112 4 - Janildes Fernandes Silva ­ Avulso - 00h2112 5 - Débora Cristina Gerhard - Scott/Marcondes Cesar/Fadenp/SJC - 00h2112 6 - Maria Luzia Bello Evangelista - Scott/Marcondes Cesar/Fadenp/SJC - 00h2112 7 - Valquíria Alessadra Bento Pardial - A Tribuna/Unilus - 00h2112 8 - Mariana Monteiro Motta - Ass. de Ciclismo de Cordeirópolis - 00h2112 9 - Natalia Santana Lima - Cesc/Sundown/Nossa Caixa/S. Caetano - 00h2112 10 - Fernanda da Silva Souza - Avulso - 00h2121

Muitas curvas fechadas proporcionaram grande espetáculo para o grande público presente

13

BMX

Delegação brasileira conquista títulos internacionais

Acabaram-se as férias e em mais um ano importante para o bicicross do Brasil, alguns pilotos foram representar o país em duas provas internacionais. A 1ª, em Viña Del Mar (Chile) foi realizada nos dias 19 e 20 de janeiro e contou com a presença de 275 pilotos, de 7 países, que disputaram as 38 categorias. Mauro Aquino foi o campeão da categoria Elite Men e Deivlin Baltazar conquistou a 8ª posição. Entre as garotas, se classificaram para as finais Ana Flávia Sgobin e Priscila Abasto, ficando em 4° e 8° lugares respectivamente. Domingos Lamoglia, que correu em duas categorias, liderava a Elite Máster, mas caiu e ficou com o 8º lugar e na Cruiser 35/39 foi o campeão. Vitor Polessi também estava na liderança, mas caiu na primeira reta e conquistou o 5º lugar. Fábio Santos foi o campeão da Cruiser até 12 anos, Valter Sampaio foi o vice-campeão na Cruiser 45+ e Squel Stein em 3° na Júnior Women. O segundo dia 2° dia da prova Internacional de Viña del Mar, teve a participação de 9 paises, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Lituânia e Venezuela. Na Elite Men os pilotos brasileiros não se classificaram para as finais e na Elite Women somente Ana Flávia Sgobin foi para a final, ficando em 4° lugar. Repetindo o bom resultado do 1ºdia, Domingos Lammoglia foi o vencedor na categoria Elite Máster e na Cruiser 35/39 anos, Fábio Santos, Cruiser até 12 anos, também conquistou o 1º lugar no podium. Squel Stein em 2° na Júnior Women. Vitor Polessi fez uma corrida de recuperação e conquistou o 2° lugar na Boys 16 anos, Nelson Scheneider foi o vice-campeão 2° na Boys 15 anos.

14

Texto: Divulgação/Soraya Amorim Fotos: Divulgação/Oklihos

A segunda prova internacional foi realizada em Mendonza (Argentina) nos dias 26 e 27 de janeiro. No primeiro dia de prova o único piloto a ir para final na Elite Men foi Daniel Brito mas acabou caindo na última curva e conquistou somente a 6ª colocação. Squel Stein também foi a única garota a ir para final e foi a campeã na categoria Júnior Women. Seguindo os bons resultados conquistados no Chile, Fábio Santos foi o campeão na categoria até 12 anos, Valter Sampaio ficou em 1° na Cruiser 45+, Vitor Polessi foi o 2º colocado na Boys 16 anos e Nelson Scheneider o 3° na Boys 15 anos. No 2° dia, nada de brasileiros na final da categoria Elite Men e na Women, Ana Flávia Sgobin conquistou a 8ª posição. Squel Stein foi a campeã na Júnior Women. Fábio Santos conquistou o 1° na categoria Cruiser até 12 anos, Valter Sampaio foi o vice-campeão na Cruiser 45+, Vitor Polessi também conquistou a 2ª posição na Boys 16 anos e Nelson Scheneider em 5° na Boys 15 anos.

Ana Flávia (171) e Priscila Abasto (173)

Domingos Lammoglia

Delegação brasileira na Argentina

Deivlin Baltazar

Podium feminino na Argentina

Podium masculino na Argentina

15

De Fortaleza a Recife. 4 dias de

O começo

Tudo começou em abril de 1987, num bate papo informal entre Ehrlich Cordão, na época gerente da Automaq Motos, concessionária Yamaha em Teresina/PI e Galdino Gabriel, programador de sistemas. No primeiro momento, o Enduro era para ser chamado de Enduro da Integração, na idéia de unir os pilotos de motos dos dois estados pioneiros na prática de enduro de regularidade na região norte e nordeste do país. Durante o levantamento, os desbravadores das trilhas descobriram uma área de terra em Litígio entre os estados do Ceará e Piauí e numa conversa com um caboclo da região para saber onde estavam, o mesmo falou que lá era o CerapióPiocerá! Na verdade ninguém sabia a quem a área pertencia, e não sabiam onde estavam, se era no Piauí ou no Ceará. Foi então que a prova passou a ser chamada de Cerapió ­ quando sai do Ceará para o Piauí e Piocerá ­ quando o roteiro é inverso. Daí para frente o evento foi tomando novas proporções e agregando novas categorias, como quadricíclo, carros 4X4 e 4X2... até chegar as bicicletas, em 2001.

Cerapió

Cerapió 2008

O Cerapió 2008 passou por algumas alterações no roteiro. Agora, em anos pares, a competição tem largada em Fortaleza/CE e chegada em alguma cidade do Nordeste. Já em anos ímpares, sai de Terezina/PI e termina em alguma cidade nordestina. Este ano foi realizado entre os dias 23 e 26 de janeiro, com largada em Fortaleza/CE e chegada em Recife/PE. Participaram 367 competidores, sendo que 57 eram bikers. Imagine o que é o ronco dos motores de 310 veículos, acelerando com os RPMs (Rotações por Minutos) em alta. Os escapamentos produzindo barulho que mechem com a adrenalina de qualquer pessoa. Assim eram os veículos motorizados do Cerapió, que passavam pelas vilas e assentamentos, fazendo belas curvas, saltos e promovendo alegria para as comunidades locais. Mas era só isso. Os carros e motos passavam, as crianças gritavam e a poeira ficava. Então apareciam os bravos e fortes veículos de propulsão humana, as bicicletas! Isso mesmo, aqueles que vem ao encontro da população cumprimentar, conversar e saudar os expectadores eram os ciclistas. Um evento de tão grande importância não poderia deixar de fora a parte social. Que doa 400 cestas básicas à APAE de Maracanaú/CE, precisa de um representante em contato direto com as comunidades por onde passa. Assim, as bicicletas conseguem este título de aproximação entre Cerapió e população. Quando a moto Madrinha pilotada por Bruce Cordão (barbante) parou nas comunidades para avisar da caravana de bike, os meninos logo corriam ao seu encontro, gritando com toda empolgação: "Macho! Agora é as bicicleta?" Ao passar, os primeiros ciclistas que disputavam posições o pessoal gritava e animava cada vez mais. Já o segundo e terceiro grupo, com ritimo mais lento, fazia uma festa, com brincadeiras, acenos de mão, crianças correndo atrás... e muita alegria. Foram tantas situações que marcaram esta integração entre população/Cerapió/bike que merece ser escrito em um livro. Mas para não deixar você, Zé, com curiosidade, vou contar só um "cadiquim", para ver se "tu se arriba" e anima a fazer o Piocerá 2009 (ano que vem tem largada em Teresina/PI ­ terra quente e de mulheres bonitas): - No segundo dia, entre Mossoró e Natal, em pleno agreste, no meio da caatinga, os organizadores colocaram um Ponto-deágua ao lado de um chafariz, justamente onde as comunidades buscavam água para seus lares. Uma bandinha que foi apelidada de Forró do Cerapió, composta de quatro garotos, que produziram seus próprios instrumentos, animavam o Ponto. É Sim, muita alegria e uma festa à parte, bem regional e alegre. - Alguns quilômetros à frente, a trilha passava por dentro de um curral de cabras e saía bem em frente à casa, onde todos os familiares estavam de luto, pela perca do patriarca Senhor Onecino. Mesmo em um momento de dor, a família providenciou camisas com a estampa da foto do "pai" para receber os competidores de bicicletas. "Não poderíamos deixar de fazer esta homenagem à nosso tão querido pai" falou uma das filhas emocionada. - Na Paraíba, os ciclistas passaram em frente a usina de açúcar Monte Alegre, que teve quase todo o pessoal da produção parado para ver os ciclistas com muitos apláusos. Assim foram os quatro dias de Cerapió.

16

2008

lama, vento, areia, calor e muitas trilhas

"Fiquei impressionado, quando passei por uma vila. As crianças corriam atrás da bicicleta. Muitos gritavam e pediam para que acenássemos para elas. Nunca vi isso. Uma receptividade tão calorosa. Uma carência até de um aceno ou cumprimento." contou Ailton Lara, de Belo Horizonte, que participou pela segunda vez do evento. "Gostei muito do Cerapió. Melhorou muito de 2007 para 2008. Tem uma integração muito grande. Muitos que participaram este ano, estavam o ano passado. Há uma integração muito grande" Ailton completou, afirmando que pretende voltar em 2009. "Esta é uma forma diferente de fazer turismo. A gente faz o que gosta e conhece os lugares de forma diferente. Se eu viesse para o Nordeste como turismo tradicional, não conseguiria ver de perto a outra face da região. Ver o sertão, o agreste, a comida e cultura local. Gostei muito do Cerapió. Como competição e principalmente como turismo" explicou Mário Roma, campeão da Máster, ciclista português que mora em São Paulo. Toda esta receptividade vista pelos ciclistas, foi reafirmada pelas equipes de apoio. "Não tinha como ser indiferente. O pessoal tentava ajudar sempre. Da forma que dava e que não dava. Dois casos: primeiro, foi quando paramos em frente uma casa, os familiares queriam de qualquer forma que almoçássemos com eles. O apoio Ênio, até tomou banho na casa do pessoal. Outro caso foi na chegada do segundo dia, em Paraú/RN. O proprietário do restaurante local, mesmo com toda a falta dágua, improvisou um cano externo para que os ciclistas tomassem banho. Não importava para ele se só tinha aquela água ou não. O que queria era ajudar" declarou Kelly de Paula Lara, uma Apoio bem ativa. Que além de apoiar seus atletas ajudava outros apoiadores menos experientes e outros ciclistas. Fica aqui o agradecimento pelo apoio recebido, porque fui de carona no primeiro dia com esta bela equipe conterrânea do Zé, aqui de BH.

Devido a falda de água, muitas mulheres vão aos poucos riachos para lavar roupa.

Foto: PPPress/Fábio Piva

Família de luto, mas pronta para receber os ciclistas. Ao centro, sentado, o diretor de prova Zenardo Maia, junto com os familiares

Os atletas pedalaram uma etapa quase inteira por meio de canaviais. Passando por várias fases: plantio, irrigação, lavouras e corte.

17

A competição

Primeiro dia

A largada do primeiro dia foi em Maranguape/CE, cidade natal de Chico Anízio. Os ciclistas fizeram um deslocamento de quatro quilômetros, onde houve uma bela concentração frente a Escola Santa Rita, para largada oficial. Logo no começo os ciclistas encararam uma grande serra muito íngreme de quatro quilômetros, e desnível de 480 metros, sob chuva fina, ao meio de uma mata, com estrada de calçamento, fato que dificultava a tração da bike. Logo em seguida, longo trecho de subidas e descidas leves, mas com muita lama e chuva, que exigiu muito dos equipamentos. Totalizando assim 56 quilômetros, com chegada na cidade de Guaíba/CE. Uma grande mesa de frutas estava a espera dos ciclistas no Centro de Educação Arte e Cultura Portal da Serra. O vencedor foi o brasiliense Abraão Azevedo, com o tempo de 2.21.57H, que tratou logo de decidir a corrida no começo da prova, subindo a grande "parede" com a relação da bike de coroa do meio, fato que foi o comentário no final da corrida. Mas chegou apenas um segundo à frente de Jailson Alves. A etapa foi marcada pela dificuldade da grande subida e pela chuva. O bom foi o clima que estava bem frio.

Segundo dia

Uma etapa encantadora. A largada foi à 37km de Mossoró/ RN, às margens da BR 343 (só para ilustrar, todas as rodovias Estaduais e Federais do Rio Grande do Norte estavam como um tapete). Na largada, muita movimentação de moradores local. Como tem um chafariz no Posto, muitas carroças equipadas com reservatórios de água (carroça pipa) estavam concentradas para abastecer, dando um "charme" diferente na largada. Os ciclistas encararam muitos bancos de areia, muito calor, cascalho e algumas subidas longas na parte final, passando por vegetação de caatinga, árvores de Juá (único verde encontrado nesta região, por ser a única planta que sobrevive verde na seca, além dos cactus). O vencedor foi novamente Abraão Azevedo que percorreu os 50 km no tempo de 1.50.59H, que teve uma diferença de quase dois minutos de Jaílson Alves. "O que mais dificultou na segunda etapa foi o calor. Tinha muita areia e pedras, que dificultavam os ataques. Então fiz um pouco mais de força, tentando distanciar do grupo justamente na areia, porque o pelotão quase parava nestes trechos", explicou Abraão. Nesta etapa, os ciclistas passaram por grande quantidade de vilas e assentamentos, sentindo de perto além do calor de 43 graus na cabeça, o calor humano da população marcada pela seca.

Marineide da Silva, do Pará, campeã Feminino

Abraão Azevedo, de Brasília, campeão Geral

18

Terceiro dia

No segundo para o terceiro dia alguns ciclistas pernoitaram em Mamanguape, cidade bem próxima ao local de largada. Já quem preferiu hospedar em Natal, teve de encarar 120km para a largada, que mesmo sendo marcada para às 9:00h, as equipes tiveram de sair cedo, devido às obras de duplicação da BR 101, onde podia ver de perto o trabalho da divisão do Exército Brasileiro de construção, colocando a mão na massa. Ou melhor na terra e no asfalto. Pois bem, a concentração foi na entrada da Usina de Açúcar Monte Alegre. Devido alguns problemas na irrigação do canavial, o diretor de prova, Zenardo Maia, resolveu, atrasar em uma hora a largada, para que as grandes tubulações fossem retiradas do caminho da prova, para que o circuito não sofresse alteração. (Olha que estamos falando de uma competição que envolve quatro Estados, por isso acontece de tudo! Imagina o que é!). Dada a largada, para uma etapa de 50 quilômetros, predominando os estradões, passando por muitos canaviais. Nesta etapa os ciclistas viram todas as fases de uma produção de cana: preparação da terra, plantio, irrigação, pulverização aérea, corte, colheita e transporte. Ufa! Como a etapa seguia em direção à cidade litorânea de Lucena, o vento contra foi a grande dificuldade, obrigando os ciclistas a formar grupos, para andar em pelotão, para fazer o formato flecha, como no ciclismo de estrada, revezando para romper o vento. "Esta foi a etapa mais rápida. O que dificultou foi o vento e muitos ataques. Parecendo uma prova de speed", explicou Abraão, que ficou com a terceira posição. Em segundo ficou Jailson Alves e o vencedor da etapa foi José Roberto com o tempo 1.47.08H. Nesta etapa, a chegada foi na praia de Lucena/ PB, um céu azul, água morna e areia fina, um convite irresistível para os ciclistas, que concentraram no Bar Toca Guaiamum, onde uma farta mesa de frutas típicas os aguardavam, com direito à água de coco, abacaxi, melão de duas qualidades, melancia, manga, umbu e muito mais.

No terceiro dia, a prova teve largada ao lado da Usina de Açúcar Monte Alegre

19

Quarto dia

Um dia previsto para 60 quilômetros de trilhas, com largada em Condado/PE, às 9:00h, mas as obras da BR 101, prejudicou a etapa final, porque a PRF-Polícia Rodoviária Federal não deu o apoio prometido para travessia da BR, deixando então a responsabilidade por conta da organização. Como o local era de tráfego intenso, o diretor de prova, Zenardo Maia tomou uma sábia decisão - que foi comunicada à todos antes da largada, mudando para às 10h, na tentativa de negociação com a PRF - "Visando a segurança de todos os ciclistas, iremos encerrar a prova no quilômetro 30. Para não termos que correr o risco de atravessar uma rodovia tão movimentada como a 101 sem apoio da Polícia Rodoviária", informou Zenardo, que fez uma bela atuação do comando da equipe de bikes. Enquanto a equipe técnica percorria trilhas e tentava solucionar os problema da travessia, os ciclistas concentrados na cidade de Condado/PE, foram agraciados com um belo café da manhã, com direito à sucos, frutas com muita variedade, oferecido pela prefeitura Municipal de Condado. Dada a largada. Logo no início os ciclistas entraram em um trecho muito técnico, de dez quilômetros, com trilhas fechadas, matinha, travessia de riachos, subidas por estradinhas, até atravessar a rodovia estadual PE062, que teve o tráfego controlado pela Polícia Rodoviária Militar Pernambucana. Na segunda parte do roteiro, mais 20 km de trilhas, subidas, matinha e belos visuais. O final da prova foi próximo ao distrito de Goiana, em uma estrada asfaltada de uma fábrica de cimento, que tinha uma plantação de bambu, que fechava dos dois lados, fazendo um túnel verde. Muito bonito e clima ameno. O resultado final ficou assim: Campeão, Abraão Azevedo com o tempo de 7:24:19H. Segundo: Jailson Alves, 7:26:00. Terceiro: José Roberto, 7:33:24H. Quarto: Edson Vieira, 7:40:16H e completando o podium: Maurício José 7:47:40H. Um grande abraço aos participantes do Cerapió 2008 e aos organizadores, que fizeram um belo evento. Uma salva de palmas para Zezinho Ribeiro Filho, de Fortaleza/CE, que após se recuperar de um acidente retorna às competições, justamente no Cerapió. Na categoria Feminino, participaram duas, Marineide da Silva e Madruga. Na categoria Turismo, participaram Neylor Bahia Soares, de Belo Horizonte, José Ricardo Gomes, de Campos dos

O quarto dia foi marcado por trilhas técnicas e fechadas, com algumas travessias de água

Os ciclistas passaram por várias vilas e assentamentos. Quando o pelotão passava era uma festa nas comunidades

20

5

Juvenal Batista, 3° da Sub 40.

Deslocamento 1° dia

Hailton Lara, 4º colocado na Over 40

Jegue para passear

Jegue para transportar

Falta água ... mas não falta a Revista Zé Pedal

Concentração largada 3° dia

Maurício José, 5° da Elite

No Cerapió tem empurra bike também

Pneu furado? Estava sem coro de bode no pneu!

Gilmar Ferreira - 4º colocado da Sub 40

ôôpa! Bora lá!

José Filho do triatlon, puchando a galera

Banda de Forró Cerapió

Adail Nogueira, 5° Over 40

21

Portuga no Cerapió

Esta foi minha terceira prova no Nordeste e segundo Cerapió, agora de Fortaleza à Recife, a maior dificuldade de correr nesta região do Mundo sempre foi para mim o calor, este ano batizei Cerapió como a versão Light devido as temperaturas terem chegado à 38 graus mas não aos absurdos que já pedalei nessa região com 47 graus. O espírito do Cerapió é algo fora do comum, a carência de eventos na região faz com que todas as pessoas presente explorem ao máximo a presença de atletas de fora, isso cria uma recepção fora do comum, a troca de informações é constante e diária. Primeiro dia de prova fui surpreendido por uma parede completamente fora do relevo, um verdadeiro paredão de calçamento muito úmido, encontrar força suficiente e ter atração para escalar era difícil, após o topo veio uma boa descida e a chuva começou e percorremos no primeiro dia 60km de lama, eu pessoalmente gostei mais da lama que encarar o "forno" que costuma fazer nesta área. Segunda etapa tinha como maior adversidade o calor, pois a organização tinha nos informado que ao fazerem o levantamento tinham registrado temperaturas de 43 graus, mas foi um verdadeiro "estoura peito", uma prova de 50 km onde 80% do percurso percorri com minha Scott Spark LTD 100% travada na frente e atrás, minha full se transformou em uma bike de ciclocross as médias foram altas, o ponteiro Abrão cruzou com 1h 59m eu cruzei com duas horas cravadas e mais uma vez o tempo foi ao meu favor, o céu permaneceu nublado não deixando as temperaturas subirem. Terceiro dia chegou com um céu azul e temperaturas mais altas na casa do 38 graus, mas essa não seria a maior dificuldade do dia, mas sim o fortíssimo vento que não permitia pedalar de outra forma que não fosse em pelotão, fomos em direção ao litoral e os areões começaram aparecer, meus pneus 1,75 não me favoreciam a cada obstáculo de areia, optei como tática me juntar a três fortes triatletas de Fortaleza liderados por Zé Filho, o qual já venceu em dupla o RAAM 4000 km cruzando a América do Norte ponta a ponta, esse seria o Gigante que me levaria até a linha de chegada vencendo o forte vento, com menos de duas horas cruzamos a linha de chegada, com 1h e 55m após percorrer os 50 km da penúltima etapa. O grande dia tinha chegado, estava prevista uma etapa de 60 km com um inicio de 15 km de single track, pois teríamos de cruzar por quatro vezes a famosa BR da morte a 101, mas a Policia Rodoviária Federal que supostamente estaria nos locais para segurar o trânsito furou com a organização e pensando em nossa segurança o diretor de prova Zenardo Maia optou por uma etapa com 30 km mais segura, os primeiros kms foram de single track, vários riachos, após 1h e 28 m estava cruzando a chegada acompanhado de minha velha companheia de guerra, a bandeira de duas nações Portugal/Brasil e já pensando qual a próxima? À noite em Recife a organização preparou uma festa e premiação, dividi o pódio com cinco parceiros pelo qual tenho maior respeito e admiração, assim como à todos bikers que completaram este desafio, vencendo não só as dificuldades naturais,logísticas,financeiras e em manter as trilhas limpas, me surpreendi que durante quatro dias não vi um gel ou outro tipo de lixo jogado na trilha, ao Abrão Azevedo pela vitória na Geral e a organização pelo esforço para realizar um evento deste porte com todas as dificuldades logísticas locais.

O português mais brasileiro que tem: Mário Roma. Tão popular que parece deputado Federal. Agora fazendo campanha no Nordeste. Campeão da Over 40

Mário Roma tem patrocínio da Power Bar - Scott - Infanti - Magura Express Web e apoios, Tap - Mavic - Crank Brothers ­ Ciclovece ­ Chamois Butt'r ­ Innovations ­ Thomson - Mac Nutrition - Olimpia Gym

O diretor geral do Cerapió, Ehrlich Cordão, avalia como positiva a participação das bikes.

Zé Qual sua avaliação para a categoria bike no Cerapió, um evento que é todo voltado para motos e carros.

Cordão- Discordo! Se fosse voltado para carros e motos, não teríamos um roteiro diferenciado, nem uma equipe, o problema é que no Brasil, só existem duas revistas que cobrem bike: Zé Pedal e Bike Action, enquanto que nas outras modalidade existem aos montes..... Agora, cada modalidade tem sua importância dentro do contexto da prova. Inclusive as bikes já trouxe atletas internacionais várias vezes... não tem o volume e participantes das outras modalidades. Zé

Foto: Divulgação/Aroldo Nogueira

­

Cordão, qual sua avaliação geral da prova (bike) e quais os apoios recebidos.

Cordão- A prova foi um sucesso, tivemos um diretor de prova que juntamente com sua equipe fizeram um trabalho magnífico e agradecemos o público e todos que participaram. Além de nossos patrocinadores: Honda, Petrobrás, Governo do Ceará, Houston Bike e Prefeitura de Condado-PE, que deu um apoio legal na largada com um belo café a manhã.

22

Estatísticas

Quantidade de Atletas x Categoria

Marcas das bicicletas dos participantes

Relação participantes por estados

Fonte: Dados fornecidos pela Organização do Cerapió 2008 Zé Pedal -

17 23

Resultado Geral Cerapió 2008 - Bikes

5

Feminino 1 - Marineide da Silva e Silva - Grupo Marilar/FCAT/Prefeitura Municipal de Cãs/Bullet ­ Castanhal/PA 12 - Francisco Nunes ­ Sundown/Frute Bis/Projeto Resgate/Bikes Sund ­ Maracanau/CE 13 - Vicente Deoclécio de Lima Souza ­ Clinifisio/Clinica de Fisioterapia do Cariri - Juazeiro do Norte/CE 2 - Madruga ­ Criciclo/Parangaba ­ Fortaleza/CE 14 - Marcelo Ramos - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 15 - Francisco Welder ­ Bullet ­ Fortaleza/CE Masculino 16 - Jair Nogueira Moura - Grupo Ceo/Alunobre/Tintas Fortex/Colégio Ker /Tassajara ­ Maracanau/CE Elite 17 - Willamy de Sousa Brito - Cajuína São Geraldo Ltda/Bullet - Juazeiro do Norte/CE 1 - Abraão Azevedo - Sundown/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref Sta Cruz ­ Brasília/DF 2 - Jaílson Alves - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 18 - Francisco do Nascimento ­ Criciclo Parangaba/Aldeot ­ Fortaleza/CE 3 - José Roberto ­ Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 19 - Gian Marco ­ Ihene/Panambra/Rota da Natureza/Épura/Pró Visual/Scott Scal ­ Recife/PE 4 - Edson Vieira ­ Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 20 - Maurício Roberto M Carva - Troller Slz/Potiguar/Escola Crescimento Mesa - São Luis/MA 5 - Maurício José - BikeTech Pepe/Scott/Evec Nutrição/Manitou/Scott - João Pessoa/PB Over40 6 - Tiago Emilio - Auto Mecânica Louro/Specialed - Fortaleza/CE 1 - Mário Roma ­ Scott/Power Bar/Infanti/Magura/Express Web ­ São Paulo/SP 2 - Marcelo Blanch Nascimento - United Airlines/Magura/Scott ­ Guarulhos/SP Sub30 1 - Fernando Dantas - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE3 - José Correia ­ Escot/Mucuripe Club/Áquila ­ Fortaleza/CE 2 - Pedro Paulo ­ Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 4 - Hailton Lara Moreira ­ Keiko Produtos - Belo Horizonte/MG 5 3 - Gerônimo Gomes - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE - Adail Nogueira - Regis Ciclo/Fabiestrel/Serv Segurança ­ Fortaleza/CE 6 - Raimundo Oliveira de Jesus ­ Pref. Mun. de S. Bonfim/Academia Áquila - Senhor do Bonfim/BA 4 - Francisco de Oliveira ­ FCC Medgonbikes/Motaciclo/Água Santa Mônica/Bullet ­ Fortaleza/CE 5 - Ervanio Silva da Conceição ­ Pref. Mun. de Senhor do Bonfim/Academia Mesa - Senhor do Bonfim/BA 7 - Salustriano Neto - Cajuína São Geraldo Ltda/Bullet - Juazeiro do Norte/CE 6 - Jocleidson José - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 8 - Ênio Sérgio Coelho Rodrigues - Nova Bicicletaria ­ Recife/PE 97 - Francisco Fábio Gadelha de Meneses - Ki Festa/Net Way/FV Vestibular/Cia da Aventu/GT ­ Maracanaú/CE Paulo Antonio B Carneiro Monte ­ Recife/PE 10 - Edil Dias Filho - Clinica de Olhos de Garanhuns ­ Recife/PE 8 - Diego Arlindo Wenzel Honório - Mel Wenzel/Apiarios Wenzel da Amazônia/Bullet ­ Picos/PI 9 - Neuber Ricart Freitas Bonfim ­ Pref. Mun. de Senhor do Bonfim/Academia KHS - Senhor do Bonfim/BA11 - José Gomes ­ Ihene/Panambra/Épura/Provisual/Utilgraf/Unipauta ­ Recife/PE 12 - George Barbosa da Silva - G&C Consultoria/Terra Suport Bike/FGV/Nutri ­ Recife/PE Sub 40 Over50 1 - Francisco Ronaldo ­ Giant ­ Fortaleza/CE 1 2 - Amaro de Oliveira - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE- Marciano Cabral - BikeTech Pepe/Fuji/Proshock ­ João Pessoa/PB 2 - Cesário Ferreira Duarte Neto - Grupo Escaladores Bike - Jaboatão dos Guará/PE 3 - Juvenal Batista ­ Regis Ciclor ­ Maracanau/CE 4 - Gilmar Ferreira - Sundown Bikes/Rota do Mar/Comercial Vieira/Pref St Cruz - Sta Cruz Capibaribe/PE 3 - José Manuel ­ Ihene/Panambra/Rota da Natureza/Provisual/Utilgr Bullet ­ Recife/PE 4 - Ivo Vieira Maia - Orto-Rio/Bike Aventura/Restaurante Mandacaru ­ Natal/RN 5 - Alvacir Silva ­ Maranguape/CE 5 - Zezinho Ribeiro Filho - Newtrack Acessorios/Fortalnet/Criciclo - Fortaleza/CE 6 - Jaci Maximinio ­ Giant ­ Guarulhos/SP 6 7 - Regivaldo Marques Moreira ­ Pref. Mun. de Senhor do Bonfim/Academia MOAB - Senhor do Bonfim/BA - Luiz Bortoletti - Camaragibe/PE 8 - Francisco Alves Cavalcanti Júnior - Asics/Motel Momentos ­ Fortaleza/CE EcoTurismo 9 - Lourenço França Bizarria - ASICS - Fortaleza/CE 1 - Neylor Bahia Soares - Eduardo e Bruno Shimano/Maxx Bicicletas - Belo Horizonte/MG 10 - Ricardo Galindo de Albuquerque ­ Maceió/AL 2 - José Ricardo Gomes Felizardo - Zé Bike & Fitness Sundown - Campos dos Goytacases/RJ 11 - Vicente José Cavalcante Porciúncul ­ Maceió/AL

Concentração do grupo de ciclistas, organização e apoios na chegada do terceiro dia, na praia de Lucena/PB

24

D E MA TAPA 30 E

RÇO

Prepare-se. Vai comecar a Copa , Internacional de MTB 2008.

ARAXÁ, ABRE A COMPETIÇÃO COM VÁRIAS NOVIDADES.

Uma das mais esperadas etapas do cenário do mountain bike sul-americano já tem data marcada e volta a abrir a Copa Internacional Sundown e Copa Centauro de Amadores. Em 2008, a prova será realizada novamente no maravilhoso resort Ouro Minas Grande Hotel e Termas de Araxá. Conhecida por ser uma das etapas mais glamourosas e de mais belo cenário do MTB brasileiro, Araxá e região estão se consolidando como um dos maiores pólos do esporte no Brasil. "Araxá para nós da organização é diferenciada. A comunidade nos recebe de maneira especial e nos sentimos em casa. É como se morássemos na cidade há muito tempo. Não podemos deixar de mencionar a Prefeitura que foi a responsável por trazer o evento anos atrás e nos dá totais condições para realizar um trabalho de nível internacional", a rmam os organizadores da competição. Este será o quinto ano consecutivo que a prova acontece na cidade. Além do belo visual, da pista técnica e da infra-estrutura ímpar, a etapa terá outros atrativos: será seletiva para Olimpíada Pequim 2008 e continuará a ter pontuação máxima no ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional). Em 2007 o experiente comissário canadense Fred Seamann de niu a prova desta maneira: "Esta é uma das melhores, senão a melhor prova em que eu já estive presente. O local é perfeito. A organização impecável e a pista me fazem ter vontade de andá-la" Outra importante novidade é a parceria com o Sebrae que neste ano lançará a primeira Rodada de Negócios do segmento. Essa será uma das principais novidades que a organização prepara para os patrocinadores e lojistas em 2008. "Como o Sebrae tem o foco nas micro e pequenas empresas surgiu a idéia de oferecermos aos patrocinadores e lojas do segmento uma oportunidade de fazer negócios com excelente estrutura. Serão agendadas reuniões de negócios com duração de 20 minutos durante todo o sábado onde o objetivo é a geração de negócios de maneira consolidada", comentam os organizadores. Além dos negócios entre as empresas, não podemos deixar de mencionar o consumidor nal que estará presente através dos atletas (em 2007 tivemos 787 no total) e do público presente que acompanha a prova. "A Copa Internacional é um evento muito aguardado aqui na cidade. Sabemos o tanto que ela movimenta a economia local. Por isso, decidimos nos associar à competição e realizar mais uma rodada de negócios", explicou Heloísa Tinoco, Gestora da Micro Região do Sebrae de Araxá. Apesar das novidades, todos acreditam que os principais atrativos da Copa continuarão a ser os mesmos que levaram Araxá ao patamar que ela tem hoje. Além de toda a infra-estrutura que já é conhecida na Copa Internacional de MTB (parcerias com o comércio local com desconto para os atletas, lava bike, Tenda Centauro do Atleta, feira de produtos, boa área de alimentação, entre outros) a etapa conta com um suporte ainda maior pela sua localização. Araxá Localizada no Circuito Turístico da Canastra, Araxá disponibiliza muitas atrações aos turistas. Montanhas, santuários ecológicos, serras e nascentes que se transformam em cachoeiras e atravessam parques e reservas naturais são algumas das opções. Isso sem contar as cavernas e as variadas espécies de animais silvestres que estão presentes. Quem preferir o turismo histórico, ou cultural, também tem muitas opções. O Museu Histórico Dona Beja é uma das principais atrações. Transformado em museu por Assis Chateaubrind em 1965, tem em seu acervo

Araxá, uma das etapas mais glamourosas e de mais belo cenário do MTB brasileiro.

utensílios indígenas, peças de mobiliário do tempo do império, oratórios e imagens sacras, locas e obras contemporâneas. O Museu Calmon Barreto é outra opção. Único no país a retratar a obra de um único artista, o local tem uma exposição permanente do mais famoso artista araxaense, que conquistou fama como gravador de moedas, pintor, escultor e contista. A Igreja Matriz de São Domingos, considerada uma das mais belas do interior do país, também não deve ser esquecida. Quem quiser fazer uma opção mais tranqüila e relaxante também está garantido. Araxá é um dos principais pontos de águas sobre terras vulcânicas do Brasil. Com água entre 34 e 37º, a cidade possui uma série de locais indicados para relaxamento ou tratamento de saúde. Isso sem esquecer o Ouro Minas Grande Hotel e Termas de Araxá, um dos hotéis mais famosos do país.

Mais Informacoes Sobre a copa em araxA:

Fone: (34) 3661-6165 www.copainternacionalmtb.com.br

0800-285-7001

Veja no site a lista completa de parceiros.

,,

Dois mil e oito é um ano de fundamental importância para todos os atletas de alto rendimento no Brasil. No MTB, não é diferente. Por isso, camos felizes em anunciar que, em 2008, a Copa Internacional Sundown será usada como seletiva para a Olimpíada de Pequim. Isso foi possível em função da parceria da organização com a Confederação Brasileira de Ciclismo

Editorial

,,

"Para nós é a coroação de um trabalho sério que vem sendo realizado há 10 anos".

xima no ranking mundial em duas etapas e isso faz com que nosso esforço seja ainda maior. Como dizem chegar ao topo é fácil mas continuar nele exige mais esforço, concentração e persistência. Com isso em mente estamos atentos e querendo inovar sempre para satisfazer a todos os envolvidos. Estamos mais uma vez ansiosos para ouvir a sirene de largada. É

(CBC) e patrocinadores. Para nós é a coroação de um trabalho sério que vem sendo realizado há 10 anos. O ano de 2008 é marcante, também, pois estamos comemorando 10 anos de existência. Uma longa estrada onde priorizamos a qualidade, o planejamento, as parcerias e o atendimento ao cliente, representado pelos atletas. Alcançamos a pontuação má-

nesta hora que vemos tudo que projetamos tornar-se realidade. Sejam bem-vindos a Copa Internacional Sundown e Copa Centauro de Amadores 2008. Contamos com sua presença. Obrigado e boa sorte para todos em 2008. A organização.

CALENDÁRIO 2008 · "O calendário de 2008 terá 2 etapas de XCO (Cross Country Olímpico) e a nal no formato XCM (maratona). Em 2008, a etapa de maratona NÃO terá pontuação dobrada. A tabela de pontuação completa está no site www.copainternacionalmtb.com.br"

Confira as novidades

BONIFICAÇÃO PONTOS PARA LIDERES · Boni cação de pontos para lideres da Super Elite e Elite Feminino: para aumentar as disputas e a emoção nas provas este ano lançaremos uma novidade para premiar os atletas lideres de cada volta. Os atletas que liderarem cada volta nas categorias Super Elite (2 pontos a cada volta) e Elite Feminino (1 ponto a cada volta) ganharão pontos de boni cação. Esta boni cação vale para todas as voltas, exceto a última que naliza a prova (por exemplo: em uma prova com 6 voltas serão boni cados os atletas que passarem na liderança das 5 primeiras voltas). PARCERIAS · Uma vez mais, a Sundown irá enviar o recordista mundial de wheeling Leandro Basseto para realizar seu show em todas as etapas. A Centauro também já con rmou que a Tenda do Atleta estará presente em todas as etapas da competição. ETAPAS VÁLIDAS PELO RANKING MUNDIAL DA UCI, RANKING BRASILEIRO E MINEIRO. A PRIMEIRA E SEGUNDA ETAPAS SERÃO SELETIVAS PARA AS OLIMPÍADAS PEQUIM 2008 JUNTAMENTE COM O CAMPEONATO BRASILEIRO. · Todas as etapas de 2008 contam pontos no ranking UCI, CBC e FMC para XCO (Cross Country Olímpico) incluindo a grande nal que acontece no formato de maratona. · Não é novidade mas vale ressaltar que em 2008, a Copa Internacional Sundown realizará exames anti-doping em todas as etapas, nas categorias Elite Masculino e Feminino. Será realizado um exame em cada uma das categorias e o critério para de nir o atleta examinado será de nido pelo comissário na prova. · Nunca é demais enfatizar: a liação para as categorias Elite Masculino, Elite Feminino, Júnior e Sub-23 serão obrigatórias pois as categorias contam pontos pelo ranking brasileiro. SEGURO DE VIDA E ACIDENTAL · Todos os atletas que participam da competição estão cobertos pelo seguro ECOTRIP. É mais uma demonstração de preocupação e respeito com todos os atletas, que são segurados em R$ 30.000,00 nos casos de morte acidental e invalidez e R$ 1.000,00 em despesas médico hospitalares. OBSERVAÇÕES GERAIS · Cada atleta receberá na primeira etapa um par de números (costal e bike) que serão utilizados em todo o campeonato (3 etapas) obrigatoriamente. Os números dani cados serão trocados pela organização, sem ônus para o atleta, desde que o material dani cado seja entregue à organização na secretaria. Caso contrário, o atleta devera comprar os numerais. · Os três primeiros colocados de cada categoria na Copa Centauro de Amadores de 2004 a 2007, excluindo a categoria Feminino Máster, são obrigados a participar da Copa Internacional de MTB nos anos seguintes. Veja a relação completa dos atletas que não podem correr na Copa Centauro de Amadores no regulamento. · Todos os atletas devem ler o regulamento completo da competição, que trata de assuntos como área técnica, apoio mecânico, apoio alimentar, camisa de líder, lacre na bike, entre outros. Bem informado, o atleta e sua equipe terão uma prova mais tranqüila e não correrão riscos de punição. Veja todos os detalhes no site www.copainternacionalmtb.com.br

INSCRIÇÕES · Inscrições: como no ano passado, NÃO SERÃO ACEITAS INSCRIÇÕES NA SEMANA DA COMPETIÇÃO E TAMBÉM NO LOCAL DO EVENTO. Este procedimento pretende dar um atendimento mais e ciente aos atletas e ter a secretaria funcionando com mais qualidade. Assim, no dia do evento a secretaria fará apenas a con rmação das inscrições, distribuição do kit aos atletas, receberá a doação dos alimentos e será a base de informações do evento ( xação de resultados , etc.). · O valor das inscrições para 2008 serão os seguintes: Copa Internacional Sundown R$ 60,00 e Copa Centauro de Amadores R$ 30,00. · O ATLETA NÃO FILIADO TERÁ QUE PAGAR R$ 5,00 ADICIONAL CASO QUEIRA CORRER EM ALGUMA CATEGORIA DA COPA INTERNACIONAL SUNDOWN, exceto nas categorias Elite Masculino, Elite Feminino, Júnior e Sub 23 pois nestas só correm liados. Nas categorias da Copa Centauro de Amadores não será exigido liação. CATEGORIAS · As categorias também sofreram mudanças. Con ra no regulamento e na cha de inscrição. PREMIAÇÃO · A premiação para os competidores da Copa Internacional Sundown e Copa Centauro de Amadores subiu ainda mais. Em 2008, serão mais de R$ 27.000,00 em dinheiro, para serem divididos entre as categorias SuperElite e Elite Feminino. Fora isso, cerca de R$ 50.000 em produtos e medalhas serão distribuídos entre os campeões das demais categorias. · Atrás do pódio teremos um espaço coberto para concentração dos atletas que subirão ao pódio. O objetivo é dar mais conforto e valorizar ainda mais os campeões. Este espaço disponibilizado pela RedBull trará novidades para os campeões. · Os atletas que participam das três etapas concorrem a muitos prêmios no nal da competição além de ganharem medalha de participação. Você que corre a Copa Internacional Sundown ou a Copa Centauro de Amadores não deixe de participar das três etapas para concorrer a muitos prêmios no nal da competição. Lembrem-se: para ganhar tem que estar presente no momento do sorteio, que acontece após a premiação nal, na ultima etapa... · PREMIAÇÃO: Lembrem-se, o atleta que não comparecer à premiação não receberá seu prêmio e medalha em nenhuma hipótese. Ele só não perderá a pontuação adquirida. Portanto, se você cou entre os premiados, programe-se e que atento ao horário.

EXPEDIENTE:

Projeto grá co e diagramação: Leo Sousa - Marcas e Comunicação · Contatos ou mais informações: www.copainternacionalmtb.com.br ou [email protected]

Confira a programacao de araxa: ,

Sábado: · 10h00 ­ Abertura da secretaria para con rmação das inscrições e credenciamento de apoio dos atletas/equipes ·10h00 às 17 horas: treino livre (proibido treinar sem numeral) · 17h00 ­ Início do Congresso Técnico com atletas e equipes

u Atenção:

PRAZOS E VALORES PROMOCIONAIS:

· Último dia para inscrições: 30 de março, domingo · R$ 60,00 - Copa Internacional Sundown · R$ 30,00 - Copa Centauro de Amadores IMPORTANTE: 1) Não faremos inscrições após o dia 30 de março, incluindo nal de semana do evento (sábado e domingo) 2) O atleta não liado deve pagar R$ 5,00 adicional caso faça inscrição em categoria da Copa Internacional Sundown, exceto nas categorias Elite Masculino, Elite Feminino, Júnior e Sub 23 pois nestas só correm liados. Nas categorias da Copa Centauro de Amadores não será exigido liação. 3) Não faremos inscrições por FAX 4) O atleta que não estiver no momento da premiação no pódio perderá a medalha e o prêmio - porém, não perderá os pontos adquiridos 5) Para con rmar a sua inscrição cada atleta deverá levar, obrigatoriamente, 1 kg de alimento não perecível (exceto fubá e sal) 6) O atleta deverá apresentar na secretaria comprovante de inscrição/pagamento, documento (original ou cópia autenticada). O atleta que não apresentar documento não poderá correr 7) Evite problemas com sua inscrição. Preencha com letra de legível e não deixe para fazê-la nos últimos dias.

FICHA DE INSCRIÇÃO: Preencha os dados corretamente com letra legível.

VALOR PAGO:

COPA INTERNACIONAL FILIADO R$ 60,00 COPA INTERNACIONAL NÃO FILIADO R$ 65,00 COPA AMADORES R$ 30,00

NOME: ENDEREÇO: CIDADE: E MAIL: PROFISSÃO: EQUIPE:

,

Domingo: · 7h45 - Término da con rmação das inscrições e credenciamento área de apoio 1a LARGADA · 8h00 ­ 1a LARGADA - Copa Internacional Sundown · 9h30 - Término da con rmação das inscrições e credenciamento área de apoio 2a LARGADA · 10h30 ­ 2a LARGADA - Copa Internacional Sundown · 11h30 - Término da con rmação das inscrições e credenciamento de apoio 3ª LARGADA · 11h30 ­ Premiação categorias 1a LARGADA · 13h00 ­ 3a LARGADA Copa Centauro de Amadores · 13h30 - Premiação categorias 2a LARGADA · 15h00 - Premiação categorias 3a LARGADA

RG: CPF: ESTADO: FONE : EMPRESA:

NASC: CEP: CELULAR:

ESCOLHA A PROVA E ASSINALE A CATEGORIA CORRESPONDENTE AO SEU ANO DE NASCIMENTO

*COPA INTERNACIONAL SUNDOWN DE MTB:

SUPER ELITE

*COPA CENTAURO DE AMADORES:

Mirim - a partir 98 Expert - 91/84 Cadete - 83/79

Elite Masculina Veterano - 78/ anos anteriores Feminino Sub 30 - a partir de 79 Feminino Master - 78 / anos anteriores

Elite Masculina Sub 23 - 89/86 Elite Feminino Júnior - 91/90 Sub 13 - a partir 96

Sub 15 - 95/94 Sub 17 - 93/92 Sub 30 - 85/79 Sub 35 - 78/74

Sub 40 - 73/69 Sub 45 - 68/64 Sub 50 - 63/59 Sub 55 - 58/54 Over 55 - 53 / anos anteriores

Pára-desportista (PNE) - Atletas portadores de necessidades especiais.

HISTÓRICO MÉDICO

* Asma: *Diabetes: *Dist. Cardíaco: * Dist. Pressão Arterial: *Dist. Gástrico:

Sim Sim Sim Sim Sim

Não Não Não Não Não

*Dist. Genito-urinário: Sim *Dist. Nervoso o Mental: Sim *Cirurgias ou tratamento cirúrgico: Sim Não - Qual? * Outras Doenças: Sim Qual?

Não Não

* Observações Gerais:

Não

*Faz uso de medicamento ou drogas regularmente: Sim Não *Faz uso de medicamento ou drogas para melhorar o desempenho físico: *Qual o tipo sanguíneo: Fator RH Positivo Negativo *Possui Plano de Saúde: Sim Não - Qual: * Contato e telefone em caso de emergência:

Sim

Não

Declaro para os devidos ns que estou ciente e de acordo com o regulamento desta competição e isento os organizadores, patrocinadores e hotéis sede do evento de toda e quaisquer consequências que possam advir de minha participação nesta prova, não cabendo qualquer tipo de indenização. Eu nunca fui impedido de participar de qualquer esporte por motivos médicos. Em caso de emergência, autorizo qualquer pessoa quali cada a administrar o tratamento necessário, médico e/ou cirúrgico, inclusive a administração de sangue e derivados sangüíneos. Autorizo, também, que as informações relativas ao meu estado de saúde sejam dados pelo médico responsável para o diretor de prova bem como para o meu próprio médico e/ou meus parentes ou responsável. Declaro que as informações aqui prestadas são verdadeiras.

Assinatura do Atleta Comprovante e recibo de inscrição: Recebemos do atleta , na categoria Assinatura Organização/Lojista Carimbo Loja Credenciada: Assinatura do responsável com RG

(para atletas menores de 18 anos)

Valor Pago: R$ , referente à sua inscrição na

Veja as datas das etapas e agende-se.

CALENDÁRIO 2008

1ª ETAPA - XCO 2ª ETAPA - XCO 3ª ETAPA - XCP

MARATONA

30 de março

8 de junho 3 de agosto

Araxá Ouro Branco Congonhas

Prepare-se. Vai comecar a Copa Internacional de MTB 2008.

Patrocinadores: Co-Patrocinadores:

Apoio:

Apoio de mídia:

Supervisão:

Casa O cial:

Confederação Brasileira de Ciclismo

Federação Mineira de Ciclismo

Parceiros estratégicos: Parceiros de Araxá:

Exército Brasileiro

Faça sua inscrição nas lojas credenciadas ou pelo sites: www.copainternationalmtb.com.br - www.webventure.com.br

Veja o que Raphael Mancini está usando

A bike do Raio X desta edição foi clicado após a Copa República de Ciclismo, em Belo Horizonte, quando Raphael Mancini ficou com o quarto lugar. O atleta da equipe PM Sta Parnaiba / Kenda / Vicini, de 22 anos treina cinco horas por dia, pedalando em média 700 km por semana. Sua bike é uma Vicini Corsa SL, que pesa 7,8 quilos. Veja os componentes:

Capacete: Lazer Óculos: Tifosi Uniforme: Orbai Selim: Calypso Canote: V-Tec Freio: Shimano Ultegra

Avanço: Scott Guidão: Aerotech Passador: Shimano Ultegra Caixa de direção: FSA Freio: Shimano Ultegra Garfo: Vicini Carbono

Pneus: Kenda Roda: V-Tec

Pneus: Kenda Roda: V-Tec

Foto: Jomane Casagrande - Dados fornecidos pelo atleta.

Cassete: Shimano Dura Ace

Quadro: Vicini - Cosa SL

Câmbio: Shimano Dura Ace

Corrente: Shimano Ultegra

Pedivela: Shimano Dura Ace

Câmbio: Shimano 105

Pedal: Look

Sapatilha: Northwave

Suporte: V-Tec

25

Pedalando com o Zé

Serra da Graciosa

Aliás, a aventura começou desde o início da viagem, ainda no CABMóvel... Sábado no novo ponto de encontro - todos à postos e o CABMóvel chega, nossa! Está começando mais uma aventura do CAB! Logo os Guias do CAB colocam as magrelas nos suportes, todos embarcam e lá vamos nós, uma viagem longa até Curitiba. Seguindo prospectos rodoviários decidimos descer a serra pela Via Anchieta e seguir para o sul pelo litoral, ótima pedida, pois a BR-116 está literalmente destruída, muitos buracos e resolvemos evitar o trecho de serra, então com um pouco mais de tranqüilidade fizemos a primeira parada, onde toda a galera almoçou. Bom, o clima já era de festa dentro do ônibus, risadas e mais risadas, e olha que tinha uma que dava gosto de ouvir, isso se propagou até no restaurante da rodovia (risos), que gostoso. Retomamos a estrada e ainda assistimos um filme no ônibus, só para distrair, porém logo chegamos ao Hotel. Este que por sinal foi maravilhoso, uma excelente infra-estrutura, tinha até um local vip para colocação das Bikes. Tarde de sábado e a galera ainda aproveitou o tempo para descansar, jogar basquete, e explorar as dependências do hotel, enquanto isso a equipe do CAB foi levar o CABMóvel até Morretes, local de chegada e ainda verificaram uma nova opção de trajeto até a Graciosa.

Uma aventura inesquecível.

Texto e Fotos: Clube dos Amigos da Bike

Às 20:00hs foi servido o jantar, porém depois das 22:00hs um grupo de fominhas ainda foi até a pizzaria, e lá mais comida, que gulosos. Bom, a bagunça e as risadas se estenderam até as 00:00h, que energia tem essa galera! O domingo chegou, todos super ansiosos, alguns já super prontos, outros reforçando as energias no café da manhã, algumas meninas acertando os detalhes de embelezamento, Guias do CAB combinando a estratégia, e às 9:00hs ouvimos o chamado: vamos lá galera! - e todos se reuniram na entrada do hotel, prontinhos, com as Bikes e capacetes a postos, últimas recomendações e vamos pedalar... Seguimos atravessando a Cidade de Quatro-Barras, região metropolitana de Curitiba, logo chegamos a zona rural, o asfalto foi embora e seguimos por paisagens deslumbrantes, típicas do sul do País, um colírio para os olhos. Todos cheios de energia, seguimos os 23 quilômetros até a Estrada da Graciosa, e optamos por este trajeto assim evitando o tráfego intenso da BR-116, pois ninguém merece stress em um passeio desse. A Estrada da Graciosa, como é conhecida a Rodovia PR-410, é uma estrada pertencente ao governo do Paraná que utiliza a antiga rota dos tropeiros em direção ao litoral do Estado, interligando Curitiba às cidades de Antonina e Morretes A estrada atravessa o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil, marcado pela mata tropical e pelos belos riachos que nascem na Serra do Mar. Por isso, em 1993, parte do trecho da Serra foi declarada pela UNESCO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Na região, existem dois importantes parques estaduais: o Parque Estadual da Graciosa e o Parque Estadual Roberto Ribas Lange. Datam do início do século XVIII as primeiras notícias sobre a pioneira Trilha da Graciosa, que deu origem ao trajeto. As obras de construção da estrada foram concluídas em 1873, tendo sido iniciadas logo após a criação da Província do Paraná, por ordem do seu primeiro presidente, Zacarias de Góis Vasconcelos. Até a metade do século XX, a Estrada da Graciosa permaneceu como única estrada pavimentada do Estado, sendo importante rota de escoamento da produção agrícola (café, erva-mate e madeira) do Paraná rumo ao Porto de Paranaguá e ao Porto de Antonina. Antes de entrar na Graciosa, mais uma conversa com a galera e seguimos em fila indiana, já que o movimento era grande devido ao dia maravilhoso de muito sol e céu azul. Duas subidas e logo a alegria começa, desce, desce e um pit-stop no mirante no topo da serra, ótimo local para o pique-nique entrar

26 26

em cena, que beleza, isotônico, cereais, frutas, água, refrigerantes e até uma cesta da vovó com um cenário maravilhoso ao fundo, toda a baía de Paranaguá e o nosso Aceano Atlântico. Vamos lá fominhas, chega de tanta comida e vamos despencar serra à baixo, novamente em fila indiana o grupo desceu, um ritmo legal onde pudemos acompanhar as belezas do local, muitas flores - vermelhas, brancas, rosas, amarelas - muitas variedades, até parece que o jardineiro desce todo o dia fazendo a manutenção do local, barulho de pássaros, cachoeiras, visual perfeito do Pico do Marumbi e outras montanhas, bicicletas, tudo de bom, e assim descemos a estrada, que nesse ponto já era toda de paralelepípedos, isso requeria mais atenção e a trepidação era tanta que chegava a queimar os punhos, nessa hora uma suspensão dianteira de boa qualidade fazia a diferença . Seguimos então até um novo reagrupamento no meio da serra. Todos juntos novamente e vamos lá, com as mesmas maravilhas desde o começo da pedalada seguimos o pedal, porém neste ponto muitas famílias e amigos fazendo churrasco em diversos quiosques espalhados na região. Mas porque mais nesta parte da Estrada? Em pouco tempo, a explicação: um enorme rio atravessa aquele ponto, e, é claro paramos para tirar fotos e mais fotos, todos os ciclistas subiram em uma ponte de ferro que tem o chão vazado, dá para ver cada detalhe do rio, ali várias pessoas aproveitavam para se refrescar, pois o dia estava muito quente e ensolarado. O Barreado nos esperava, então seguimos no trecho final de descida, todos se diziam famintos novamente, até parecia que os ciclistas só pensavam em comer. Chegamos na cidade de Morretes, lá o restaurante de sempre com o típico Barreado da região, aquele que pode virar a panela de cabeça para baixo que não cai, até assusta, mas é muito, mas muito bom. Outros Bikers resolveram outra opção de almoço e ainda fizeram um passeio na feirinha comprando lembranças da região. Cadê as Bikes? Nossa os Guias já haviam colocado todas no CABMóvel, que maravilha, então subimos a serra e novamente de volta ao hotel tomamos aquela ducha, que delícia todos limpinhos novamente, tá na hora de partir, mas novamente todos reunidos na entrada do hotel, o que acontece, sim foi um lindo agradecimento ao CAB poder realizar novamente um ótimo evento e assim proporcionar um final de semana inesquecível, onde conhecemos lugares e pessoas maravilhosas, quem já conhecia os lugares e as pessoas, ótimo, compartilhamos mais um final de semana único, pois tudo saiu perfeito, então, obrigado a todos, valeu galera... Seguimos o trajeto até São Paulo enfrentando novamente a BR-116 e devido ao cuidado na viagem e alguns atrasos chegamos na Capital Paulista já na segunda-feira. Melhor, pois estava fresco e sem trânsito.

Quer fazer este passeio também? O Clube dos Amigos da Bike leva você. Entre em contato: www.cab.com.br; [email protected] ou (11) 6915-7408

27

2828

O jovem piloto Wallace Miranda, da equipe Astro, que ficou em segundo em 2007, por dois milésimos apenas do francês Cedric Gracia, este ano veio com muita vontade de ganhar. No sábado já havia ficado na frente durante quase todo o dia e classificouse em primeiro para a final de domingo (27/01) já raspando no recorde do francês. Nos treinos de domingo, Kabelinho (Leandro Campovilla), os catarinenses Doron Cattoni, campeão brasileiro de 4X 2007, e o jovem promessa Bruno Spader aproximaram-se do seu tempo, e na véspera da largada final na tarde de domingo, a ansiedade pairava no ar na frente da Igreja localizada no alto do Monte Serrat, local de largada para as quedas finais do morro. Mas no domingo, Wallace mais uma vez mostrou a evolução que teve em 2007, quando foi Campeão Brasileiro de Down Hill 2007, baixou em 1 segundo e meio o recorde da prova do francês Cedric - este tinha o tempo 1´05´850´, obtido ano passado, Wallace desceu em 1´04´305´. O recorde do francês ainda foi quebrado duas vezes, pois Doron Cattoni (Banshee/ THE/Intense/Formula/Marzocchi/Funn/e13/TSG) também baixou o tempo e fez 1´05´707´. O catarinense estava na dúvida se viria até poucos dias antes da prova e também mostrou o quanto cresceu ano passado, e porque tem dado muito trabalho aos nomes consagrados do DH de Santa Catarina, Markolf, que não compareceu, e Nataniel Giacomezzi, que ficou em quarto lugar neste domingo, com o tempo de 1´07´000´. Leandro Campovilla fechou o pódio ficando com o quinto lugar. No feminino o novo nome na boca do público fã de DH é da biker Luana de Oliveira. Com origem do BMX, de onde trouxe técnica apurada, esteve todo o fim de semana na frente na categoria feminina. No domingo seu tempo surpreendeu à todos, colocou 5 segundos à frente da grande campeã da história do DH nacional, a biker da equipe Astro, Patrícia Loureiro. Luana fechou sua descida em 1´18´407´, contra 1´23´358´ de Patrícia - esta ainda teve outra jovem revelação do DH nacional, mais uma de Santa Catarina, Bruna Ulrich, da cidade de Nataniel, Ibirama, na sua cola. Bruna desceu em 1´25´558´. Vanessa Azevedo ficou com o quarto lugar, descendo em 1´26´202´ e Patrícia Valenti, recuperando-se de um acidente fechou o pódio em quinto lugar.

Walace Miranda, (foto maior) campeão do DH Urbano 2008. Arrepiando a galera no final das escadarias de Mont Serrat

Luana de Oliveira, (à direita) campeã DH Urbano 2008. Nova promessa do esporte

Fotos: Leandro Nunes

29

No sábado, as dezenas de pilotos inscritos desciam por categoria, mas no domingo só os 20 melhores tempos na geral masculino classificavam-se. Aos melhores pilotos da elite nacional juntaram-se alguns da Júnior, a destacar Ty, que ficou em oitavo lugar no final, três pilotos da Sub30 e dois da Máster A, os conhecidos Repolho e Marra. No domingo, os treinos livres foram liberados para a manhã e a ordem da descida final seria inversa aos tempos obtidos, Wallace seria o último a largar com toda a pressão. Na largada final os pilotos eram liberados com diferença de dois minutos aproximadamente entre um e outro. Ao final da descida, cada um que completava a volta se dirigia para o telão eletrônico que em poucos segundos atualizava os tempos e ficava no suspense. Um a um os tempos eram baixados. Bruno Spacer e Doron Cattoni, o antepenúltimo e o penúltimo a largar baixaram os tempos anteriores e, rodeados por pequena multidão ficaram à espera de Wallace. Doron fez uma descida campeã, baixou o tempo de Cedric e estava com uma mão na taça, Wallace não poderia errar e não errou. Saltando longe, emendando trechos de escada e tangenciando as curvas redondo, o Campeão Brasileiro endossou o título conquistado em Ibirama ganhando um campeonato que faltava em seu currículo, Rei do Downhill Urbano Santos 2008.

Djone Fornari, 7º colocado geral Bruno Spader, 3º colocado geral

Podium Masculino

Nataniel Giacomozzi, 4º colocado geral

Leandro Campovilla, 5º colocado geral

Podium Feminino

30

Resultado Final

Masculino: 1 - Wallace Miranda 2 - Doron Cattoni 3 - Bruno Spader 4 - Nataniel 5 - Leandro Campovilla 6 - Robert 7 - Djone 8 - TY 9 - Douglas 10 - ROBL 11 - Filipe 12 - Rodrigo 13 - Lira 14 - Marra 15 - Alessandro 16 - Bruno 17 - Gabriel S. 18 - Luiz A. 19 - Repolho 20 - Kayo 21 - Fernandinho Feminino: 1 - Luana 2 - Patrícia Loureiro 3 - Bruna 4 - Vanessa 5 - Patrícia Valenti 6 - Ana 7 - Ingrid

Bruno Baeta, 11º colocado na Elite Men

Marcos Lira, 13º colocado geral

(de rígida - piloto local convidado)

Ana Martins de Portugal. 6ª colocada

Atleta português José Leite, 35º colocado

31

Enduro Biketech-Pepe Scottt de MTB

O enduro em 2007

Participaram 63 bikers, que largaram às 12:00hs de João Pessoa/PB e chegaram na praia da Pipa/RN na praça principal às 21:15hs do mesmo dia. Parte se pedala de dia outra à noite, o sábado e domingo ficam reservados para se divertir no Hotel onde é montada toda a estrutura para receber os bikers, depois dos 130km pedalados, com mesas de frutas e sucos da região, jantar de massas, apresentação de grupo folclórico, banda de músicas e passeio de barco na Bahia dos golfinhos completando a confraternização de final do ano. Sem dúvida é um novo estilo de evento idealizado por um apaixonado pelo esporte de bicicleta, o biker Pepe da tradicional loja de bicicleta da região Nordeste. "Gostaria de externar meus agradecimentos por proporcionar um pedal tão glamouroso ! Este ano a palavra certa não é organizado e sim orquestrado, ou seja, tem coisa mais organizada que uma orquestra! Tudo veio no momento certo, como as notas musicais. Na hora da travessia, água e isotônico. Quando a fome começava a aparecer, frutas e sanduíches. E ainda pensando nos 70 km que restavam, uma malto-dextrose geladíssima, para em seguida enfrentar uma ladeira inclinada e desgastante. Na outra travessia, quando as glicoses já sumiam no sangue e quase todas oxidadas pelas nossas células bastante ativas, mais malto e caldo de cana gelado. Daí, as glicoses começaram a reativar nosso organismo onde este combustível renovável e não poluente, nos deu mais força para finalizar nossa jornada, com um alto nível de adrenalina. Sendo este diminuído e amenizado quando nos deparamos com nossas famílias, esperando ansiosamente com suas câmeras a fotografar. Daí em diante só confraternização ao contemplar os nossos nomes, como o de verdadeiros guerreiros vitoriosos estampados no arco! Valeu Pepe e Seizinha. Parabéns por esse Congresso de Mountain Bike! Obrigado! Um grande abraço! " Max Rocha Quirino. Participou do enduro em 2006 e 2007 e já esta inscrito para 2008, contou emocionado Pepe.

O Enduro Biketech-Pepe acontece há 11 anos, quando Pepe e Seizinha convidaram um pequeno grupo de amigos para o desafio de pedalar 100 km de João Pessoa/PB até a Praia da Pipa em Tibau do Sul/RN, o pedal era feito todo pela praia e em dois dias. A maré era quem determinava o horário de pedalar, quando o nível subia tinha que parar ou tentar autorização do cacique das várias aldeias indígenas existentes na região de Bahia da Traição para continuar a pedalada. A hidratação só com a água da garrafinha que levava na bike e também com água de coco, por conta dos coqueiros ao longo de todo o litoral Paraibano.

Agora ele acontece sempre na última lua do ano, é um evento muito aguardado por atletas e entusiastas de toda a região com uma grande estrutura, organização, profissionalismo, dedicação e satisfação é a marca do evento. Sempre no mês de dezembro, numa sexta-feira, todos recebem um kit personalizado com camisa especial com proteção uv, caramanhola, carboidrato em gel, protetor solar e um passaporte para controle, que vai sendo carimbado por Pepe organizador e guia durante os 130 km de trilhas muito bem escolhidas.

32

Fotos: Divulgação

O 3º participante do Concurso Foto Gambiarra, e a primeira gambiarra de 2008, foi enviada pela turma de São José do Rio Preto/SP da loja Caverna Bike Shop e foi feita pelo Carlão, a bike virou um tricículo, confiram a engenhoca usando como base um quadro full suspension.

O Zé Pedal não recomenda a modificação da originalidade de equipamentos, bicicletas e seus componentes. Se você tem alguma idéia ou fez alguma transformação na sua bicicleta, envie para o Zé, que ela pode ser publicada. [email protected]

33

fotopress.com.br

34

As fotos do capote desta edição foi uma colaboração do fotógrafo Edgar Castellón, que flagrou o choque entre dois pilotos, no VII Campeonato Internacional de Bicicross, em 20 de janeiro de 2008, no Chile.

Se você tem fotos de capotes, envie para o Zé, que ela poderá ser publicada. [email protected]

35

Você encontra a Revista Zé Pedal nas

SUDESTE

MINAS GERAIS

Belo Horizonte

All Bikes - Rua Araguari, 211 - B. Preto - (31)3213-7813 BH Sport Cicle - Av. Waldomiro Lobo,1635 - Guarani - (31)3433-8532 Bici Shop - Av. Amazonas, 2760 - Gutierrez - (31)3292-8422 Bike Mania - Av. A.Chateaubriand, 440 - Centro - (31)3224-6660 Bike Zero - Av. Luiz P. Franco, 1.043 - Belvedere - (31)3264-3777 Bike Adventure - R. Sararé, 57 - Jardinópolis - (31)3321-3532 Ciclo Dias - Av. Barão H.Melo, 1853 - Jd. América - (31)3373-2055 Ciclogiro - Rua Major Lopes, 14 - São Pedro - (31)3281-6833 Campolinas - R. Cel Jairo Pereira, 233 - Palmares - (31)3426-2538 Casa Viana - R. Úrsula Paulino, 1771 - Betânia - (31)3383-3006 Cicle Viana - Av. Crist. Machado, 6900 -1º de Maio - (31)3445-1445 Dé Bikes - Av. Vilarinho, 2343 - Venda Nova - (31)3451-1596 GigaBike - Av. Prudente de Moraes, 239 - Cid. Jardim - (31)3292-7229 Global 1 - Av. Inconfidentes, 868 - Funcionários - (31)3282-3003 Global 2 - Av. Olegário Maciel, 417 - Centro/BH - (31)3271-1201 Global 3 - R. Padre P. Pinto, 1449 - Venda Nova - (31)3451-4453 Global 4 - Rua Tamóios, 592 - Centro - (31)3271-5402 Global 6 - Av. Antônio Carlos, 7585 - Pampulha - (31)3403-1781 Guime Bike - Rua Contria, 946 - Barroca - (31)3332-9217 Green Max - Av. Pres. Antônio Carlos, 8.100/107 - Pampulha - (31)3441-4161 Iken Fix - Av. Luiz P. Franco, 651 BH Mall-Belvedere - (31)3286-8199 Intertrilhas - R.Tomé de Souza, 587 - Savassi - (31)3264-3232 Oficina da Bike - Av. Abílio Machado, 2.227 - Alípio de Melo - (31)3474-4091 Paco Bikes - R. Alagoas, 1460 lj08 - Funcionários - (31)3309.3365 Platina Bikes - Rua Platina,1709 - Calafate - (31)3371-1869 Pedal Verde - R. Kepler 405, ljs 11 e 12 - São Bento - (31)3342.3382 Top Bike - R.Montes Claros, 740 - Anchieta - (31)3284-3044 Trip Aventura - Av. Prud.Moraes, 239 - C Jardim - (31)3292-7229 ViaCiclo - Av. Contorno, 11671 - Lagoinha - (31)3446-2597

Itaúna

América Latina - R Péricles Gomide, 207 - Centro - (37)3241-4300

Unicicle - R. Manoel J. Santos, 44b - Itacibá - (27)3343-3367 Unicicle - R. São João, 350 - Morro Novo - (27)3254-1555

Juiz de Fora

Bike Force - Av. Independência, 2475 - São Mateus - (32) 3232- 5635 Bike Force - Com. Francisco Brandi, 36 - São Mateus - (32)3232-2145 Terra Bike - R. Roberto de Barros, 200 - Centro - (32)3215-4479

Conceição da Barra

Casinha de Aventuras - Av. Bento Daher, 13 cx postal 21 - Itaúnas (27) 3762-5081 Garage Primavera - Av. Expedito Garcia, 22 - Campo Grande - (27)3336-1062 Moto Bike - R. Bom Pastor, 94 - Campo Grande - (27)3226-80.91

Lagoa da Prata

IntenseBikeMotoPeçasAces.-Av.JoséBMaciel,1.776-Marília-(37)3261-6939

Guarapari

Elite Bike - R. do Trabalho, 100 - Centro - (27)3361-4037 Moto Bike - R. José Barc. Mattos, 52 - Prq. Da Areia - (27) 3261-0313

Lambari

Terra Bike - R Fabiano Pereira, 190 - Centro - (35)3271-3163

Serra

Central Bikes - Av. Central, 489 - Laranjeira - (27)3328-5668

Lavras

Trilhas Gerais - R.Chagas Doria, 102/01 - Centro - (35)3821-7141

Vila Velha

Garage Primavera - R.Santa Terezinha, 507 - Glória - (27)3229-0448 Giovani Bicicletas - R.Emídio Ferreira do Sacramento, 456 - (27)3219-7538 GR Bikes - Av. Santa Leopoldina, 41 lj 05 - Itaparica - (27)3319-3046

Lima Duarte

Real Bicicletas - R Alfredo Carão, 232 - Centro - (32)3281-1706

Mariana

Bike Point - Rua Luis Antônio Bastos, 150 - B. Preto - (31)3557-3134

Monte Santo de Minas

Ciclo Spacy - Av. Cel. Antônio Paulino da Costa, 371- Centro - (35)3591-2437

RIO DE JANEIRO

Rio de Janeiro

All Track - Av. Ataulfo Paiva, 1174 - Sub-solo - (21)2239-0512 Katalama Bike Shop - R. Pereira Nunes, 381ª- Vila Isabel - (21)2568-6194 Renato Estrella - Est. do Joá, 3.962 - Barra da Tijuca - (21)2491-5711 Star Bike - Est. Cacuia, 622 Lj.B - Ilha Gov. - (21)2467-1232 Special Adventure - R. S.J. Batista, 27 - Botafogo - (21)2266-3002 Special Bike Botafogo - R. São João Batista, 28ª - Botafogo - (21)2539-1758 Special Bike Ipanema- R. Teixeira de Melo , 53 JK - Ipanema - (21)2513-3951 Special Bike Copacab. - R. Barata Ribeiro, 458D - Copacabana - (21)2547-9551 Special Bike Jd. Botânico - R. Jd. Botânico, 719 lj 02 Jd. Botânico -(21)2239-9700 Road Cicle - R.Guaxupé, 201 Lj.6 -Tijuca - (21)2571-4972

Nepomuceno

Action Bike - Rua 23 de Setembro, 55A - (35)9122-1279

Nova Serrana

X Bike - R.Galiléia, 53 - Sagrada Família - (37)3225-1998

Ouro Branco

Bike e Aventura - Av. Marisa S. Mendes, 1.370 lj2 - Pioneiros - (31)3741-3761

Pará de Minas

Divina Roda - Pça. Melo Viana, 98 - Centro - (37)3232-1449

Patos de Minas

Bile Bikes - R. Major Gote, 111 - Centro - (34)3825-5425 Bill Bike - R João da Rocha Filgueira, 76 - Centro - (34)3822-2481 Ciclo Minas - R. Toinzinho Amâncio, 205 - Centro - (34)3821-1609 Sportlines - Av. Pe Almir N. de Medeiros, 199 - Centro - (34)3821-69.69 Star Bike - Ataualpa Dias Maciel, 85 - Rosário - (34)3814-2606

Campos dos Goytacazes

Josimar Bicicletas - Av. 24 de Outubro, 505 - Turf-Club - (22)3052-0050

Niterói

Amazonas Bike - Rua Barão do Amazonas, 277 - Centro - (21)2622-1114 Cicle Ayala - R. Dr. Cornélio de Mello Jr., 29 - Piratininga - (21)2609-6146

Alfenas

Adrenalina Bikes - R. João Alves Taveira, 135 - Jd. Aeroporto - (35)3291-1544

Presidente Bernardes

Derson Bikes - R. São José, 62A - Centro - (32)3538-1181

Nova Friburgo

Race Tech - R. Mor.Augusto M.Braga, 11-Lj.06 - Centro - (22)2523-7082

Alvinópolis

Fábio Bikes - Av. Ant. Carlos, 468 - Centro - (31)3855-1925

Piranguinho

GBIKE - Av. Juscelino K. de Oliveira, 371 - Centro (35)3644-1481

Parati

Luiz Inform. - R Dr. Derly Ellena, 30 - Patitiba - (24)3371-6475

Araxá

Ciclo Araxá - Av. Sen. Montandon, 576 - Centro - (34)3661-2850

Pirapora

Advance Bike - R.Rio Grande do Sul, 989 - St. Antônio - (38)3743-2117

Petrópolis

Avancini Bikes - Est.União Ind. 9600 Lj.8- Itaipava - (24)2222-0254

Araguari

CicloMania - Pça. Santo Antônio, 221 - Goiás - (34)3242-3815

Pouso Alegre

Ciclo Sul Minas - Av. Vicente Simões, 43 - Centro - (35)9942-0800 TheBestBike - R Santo Antônio, 56 - Centro - (35)3421-2261

Resende

Cicle Dois Irmãos - Av. Gustavo Jardim, 121- Centro - (24)3354-2552

Astolfo Dutra

GS Adventure - R. Antonio G. Oliveira, 340 - Fátima - (32)8412-4497

Ponte Nova

CP Motos - Av. Abdala Felício, 408 LJ 01 - Centro - (31)3881-3001

Teresópolis

Doctor Bike Shop - R. Gonçalo de Castro, 271 - Alto - (21) - 2642-0288

Barbacena

Casa das Bicicletas-R Freire Andrade, 58 - Centro - (32)3331-3599 Import Bike - R.Sena Madureira, 84 - Pontilhão - (32)3331-6470

São Sebastião do Paraíso

Radical Bike - Av. Monsenhor Mansini, 180 - Centro - (35)3558-6466

SÃO PAULO

São Paulo

Alvorada - Rua Alvorada, 1120 - V Olímpia - (11)3849-1493 Anderson 1 - Av. Ver José Diniz,1200 - Sto Amaro - (11)5687-2099 Anderson 2 - R.Serra da Bragança, 482 - Tatuapé - (11)6192-2715 Bicicle - Av.N Senhora do Ó, 2100 - Freguesia - (11)3931-8342 Bike Tech Jardins - Rua da Consolação, 3344 - Cerqueira César - (11)3063-3555 Bike Time - R.Luis Gois, 1343 - Mirandópolis - (11)5583-0698 Bike Star - Av. Lins Vasconcelos, 2304 - Lins - (11)5549-4331 Blue Bike - Av. Dióg Rib Lima, 3040 - Alto Lapa - (11)3835 9666 CAB - R. Dois de Julho, 474 - Ipiranga - (11)6915-7408 Central Serviços - R.Alvarenga, 1621 - Butantã - (11)3815-4509 E Puertollano - Av. M Amália Lopes ,118 -Tremembé - (11)6952-3380 Guerino Bikes - R. Ituri, 110 - VL Formosa - (11)6674-0692 Sunny Bikes - Av. Murumbi, 7884 - Murumbi - (11)5533-5771

Betim

Center Bike - Av. Amazonas, 821 - Centro - (31)3532-1077 Center Bike - R. Amim Fares Debian, 65 - Centro - (31)3031-2559 Pizzaria Casagrande - R.Amazonas, 21 - V.Universal - (31)3353-7521

Varginha

Bigorna Bike - Av. Min. Bias Fortes, 159 - Centro - (35)3222-1705

Vespasiano

Pezão Bike - R. Dna Mariana Costa, 382C - Caieiras - (31)3622-2218

Cambuí

Bill Bike e Peças - R.Governador Valadares, 296 - Centro - (35)3431-2662

Viçosa

Cicle Viçosa - R. José Valentino da Cruz, 30 - Centro - (30)3891-8804

Carmo do Paranaíba

Bike Carmo - R Manoel E. Mendes, 521 - Centro - (34)3851-0654

São Joaõ Del Rey

Bike Shop - R Prof. Dias Beltrão, 66 - Matozinhos - (32)3371-5495 DelRey Bikes - Av. Josué de Queiroz, 25A - Matozinhos - (32)3371-6105

Conselheiro Lafaiete

Import Bike - R Cel. Artur Nascimento, 58-Centro - (31)3762-1655

Três Pontas

World Bike - Av. Caio de Brito, 356 - Centro - (35)3265-3808

Contagem

Bike Zero - Av. Tito Fulgêncio, 421 - Industrial - (31)3361-3064 Global 5 - Av. Olímpio Garcia, 51 - Eldorado - (31)3356-4293 Imperial Bicicletas - Av. João C. Oliveira, 193 - Eldorado (31)3395-1919 Mega Bike - R. Refinaria Duque de Caxias, 526 - Petrolândia (31)3397-8905 Top Fit - Av. José F. Rocha, 3208 - Eldorado - (31)3391-8318 Unibike - Rua Oleoduto, 33 - Petrolândia - (31)3397-5013

Uberaba

Probike Bicicletas - R. Santa B. da Silva, 767 - São Benedito - (34)3336-9777

Uberlândia

Avenida Bike Ltda. - Av. Fernando Vilela, 54 - Martins - (34)3235-3880 Beto Biker`s - Av. Cesário Crosara, 2428 - Rosevelt - (34)3237-4370 Radical Bike - Av. Brasil, 2259 - Centro - (34)3226-1072 Trilha Bike - Av. Cesário Alvim,93 - Centro - (34)3217-2088

Aguaí

Pit Stop - R.Capitão Silva Borges, 821 - Centro - (19)3652-4815

Araçatuba

Roda Livre - R. Cussy de Almeida, 501 - Centro - (18)3624-5536

Divinópolis

Fórmula Bike - Av. 21 de Abril, 991 - Centro - (37)3222-0151 Pedal Forte - Av. 7 de Setembro, 1460 - Centro - (37)3213-6246

Araraquara

CicleMoby - Av. São Paulo, 262 - Centro - (16)3322-3754 CSB Bike Shop - Av. João Batista de Oliveira, 68 - Vila Xavier - (16)3333-5290

ESPÍRITO SANTO

Vitória

Mais Vitória - Av. João Santos Filho, 565 - Ilha Snta Maria - (27)3322-1298

Itabira

Bike & Cia - Av. Carlos P. Andrade, 134 - Centro - (31) 3831-0062 Bike Mania - Av. Ipiranga, 268 - Itabira de Minas - (31)3834-4159

Baurú

De Bike - Av. Com. José S. Martha, 1-32 - J. Estoril - (14) 3227-9669

Anchieta

Shaloom Bike - Rodovia do Sol, 1.259 - Oliveira - (28)3536-2547

Botucatu

BrasaBike - Rua Amando Barros, 158 - Centro - (14)3815-7604

Itabirito

Maranhão - R Primo Cavalieri, 20 - Centro - (31)3561-2699 Planet Bikes - R. Araújo Lima, 35 - Centro - (31) 3563-1066 SpeedBikes - R Dr. Eurico Rodrigues, 94 - Centro - (31)3561-6016

Aracruz

Pedalar BShop - Tv. Índio Carn. Magalhães, 52 - Centro - (27)3256-4600

Campinas

Elite Bike - Av. Orozimbo Maia, 2557 - Vila Itapura - (19)3251-1670

Cariacica

Unicicle - R. Paraguai, 41 - Jd. América - (27)3226-3614

Caraguatatuba

J. Bike - Av. Rio Branco 1187 - Indaiá - (12)3887-1010

36 36

melhores lojas do país. VEJA:

Cordeirópolis

ACG Bikes - Av. Carlos Hespanhol, 183 - Jd.Bela Vista - (19)3546-2949

SUL

PARANÁ

Curitiba

House Bike - R. Lodovico Geronazzo, 68 lj5 - Boa Vista - (41)3357-6841 JamurBikes - R. Fern.de Barros, 1559 - Hugo Lange - (41)3264-5835

Anápolis

Bike House - R.Gal.Joaquim Inácio, 731 - Centro - (62) 3099-2453

Cruzeiro

Bicicletaria Costa e Souza - R.Capitão Neco, 51 - Centro - (12)3144-1669

Formosa

Rodrigues Bicicletas - R.1, 66 - Formosinha - (61)3642-3190

Dracena

Bike Center Dracena - Av. José Bonifácio, 1.264 - Centro ­ (18)3822-2599 Probike - Av. José Bonifácio, 951 - Centro - (18) 3822-4421

Itumbiara

A Superciclos - Av. Snts Dumond, 238A - Santos Dumond - (64) 3431-1604 Os Goiabas - Av. C 18, 529/SL4 - Setor Sudoeste - (62)3287-9899 Radical Ciclo - Av. Perimetral, 3600 - Setor Coimbra - (62)3293-2948

Colombo

Cicles Landes- R. Abel Scuissiato, 181 - A.Maracanã - (41)3037-2097

Emilianopólis

Rony Bike Atacadista - R. Juca Dias, 611 - (18)3994-1122

Maringá

Bike Story - R. Santos Dumont, 1.845 - Centro - (44) 3031-2559

Franca

Pedal Pró - Av. Champagnat, 2175 - Vl Industrial - (16)3723-0333

Rio Verde

Hill Verde - R. Rosulino F. Guimarães, 968B - Setor Central -(64)3621-0661

Ilhabela

Juninho Bike Shop - Av. Princesa Isabel, 217 - Perece - (12)3896-2847

RIO GRANDE DO SUL

Porto Alegre Esteio

Fabex Bike - Rua 24 de Agosto, 1617 - Centro - (51)3473-3114 Bike Shop Rodociclo - R. Oliveira Lopes, 875 - Sarandi - (51)3365-3540

Senador Canedo

Posto Barcelona - Rod. GO 020, Km 16,8 - Z.Rural - (62)9241-3784

Itapecerica da Serra

Lima Bikers - Av. S.Gilb Agostinho, 07 - V Velho - (11)4667-5199

NORTE

AMAZONAS

Manaus

Oficie Bike - Av. Brasil, 2.470 - Compensa I - (92) 3671-3164 Sprint Bike - Av. Japurá, 965 - Centro - (92) 3635-5301 PARÁ Pé de Roda - Rod. BR 316 Km 1 Shop. Castanheira, lj 74 - (91)3250-4712

Itatiba

Sto Antônio - Av. Sen. Lacerda Franco, 16 - Centro - (11)4524-5252

Santa Cruz do Sul

Faccin Bicicletas - Av. Dep. Euclides, 832 - Arroio Grande - (51)3713-2281

Itapetininga

SF Componentes - Av. Vicente Scudeler, 151 - V. Barth - (15)3271-3237

Itu

Martini Bike - R.Manoel S.Camargo, 466 - Jd.Santana - (11)4022-3836

SANTA CATARINA

Joinvile

Bike Mania Center - Av.Getúlio Vargas, 742 - Bucarein - (47)3025-5040 Borge's Bike - R. Bem Te Vi, 421 - Costa e Silva - (47)3025-7542 Casa Turnês - R. Dr. João Colin, 2650 - América - (47)3435-2153 Carlos Bike - R. Monsenhor Gercino, 4.408 - Itaum - (47)9951-5038 Joel Bikes - R. Plácido Olímpio de Oliveira, 973 - Bucarein - (47) 3433-0076

Jacareí

Bike Hobby Caloi - R. Barão de Jacareí, 982 - Centro - (12)3951-1376 Ciclo Marques - R. Barão de Jacareí, 1.440 - Centro - (12)3962-1945 Hardtrack - R. Franz C Holzwarth, 103 - Centro - (12)3953-7626

BELEM

Ananindeua

Bike Mill - Conj. Cidade Nova 4 WE 44, 291 - Coqueiro - (91)3263-3905

Jundiaí

Megabikers - R. Petrol Antunes, 223 - Centro - (11)4521-0041

Balneário Camboriú

Ciclo Sport - Av. Quatro, 1410 - Centro - (47)3367-3588

NORDESTE

ALAGOAS

Maceió

ABicicletaBikeAção-R.Dept.AbelardoLopes,343QD/22-Poço-(82)3327-2040

Guarulhos

Bicicletaria Maximinio - R. Caldas Novas, 224 - Guarulhos - (11)6403-2726

Blumenau

Hiteck Bike - R. Santa Maria, 10 - Progresso (47) 3326-0140

Lorena

Rildo Aleixo - Av. General Eduardo Areco, 635 - Vila Geny - (12)3152-5447

Brusque

Darbike - Rua Leopoldo Imhof Jr., 171 - S.Luiz - (47)3351-1024

Marília

Roda Livre - Av. Rio Branco, 681 - Centro - (14)3454-5954

Chapecó

Ass. Pro-Ciclismo de Chapecó - R. Nereu Ramos, 840 - Centro - (49)3322-0906

BAHIA

Salvador Prado

Artes da Terra - Av. 02 de Julho,188 - Centro (73)3298.1533 Amigos de Bike - Av.Pinto de Aguiar, 83 - Patamares - (71)9115-0363 New World Bike - Barro Vermelho, 41 - Rio Vermelho - (71)3347-6588

Mogi das Cruzes

Bike Tech Mogi ­ R. Professor F. de Melo , 984 - (11)4799-0996

Itajaí

Demarchi - Rod. Oswaldo Reis, 3612 - Praia Brava - (47)3348-5269

Ourinhos

Ciclo P SS - R. Espedicionários, 737 - Centro - (14)3325-3206

Jaraguá do Sul

DRM Com - R. José Emmendoerfer, 506 - N.Brasília - (47)3370-0900 Bike Jump - R.Bernardo Dornbusch, 570 - Baependi - (47) 3370-6755

Piedade

Super Bike ProShop - Mal. Floriano Peixoto, 351- Centro (15)3344-2111

CEARÁ

Fortaleza

Cia da Aventura - R. Frederico Severo, 201 B8/S-104 - (85)3459-0379 Criciclo - R. Cônego de Castro, 124 - Parangaba - (85)3492-3033 Itaocaciclo ­ R Equador, 890 - Itaoca - (85)3232-1269 Mota Ciclo - Av. Gal Osório de Paiva, 3454 - Prq S. José - (85)3484-4526 Sport & Bike - Rua Ana Bilhar, 1.680 - Varjota - (85)3267-7425

Pindamonhongaba

Ciclo Livre - R. Major dos Santos Moreira, 260 - Centro - (12)3648-65.41

Otacílio Costa

Alemão - Rua Olinkraft, 1198 -- Santa Catarina - (49)3275-1491

Presidente Eptácio

Duas Rodas Bicicletaria - Rua Mato Grosso, 8 - Centro-(18)3281-5158

Rio Negrinho

Gadotti Bike - Rua José M . Cardoso, 249 - Bela Vista - (47)3644-1559

Rio Claro

Sport Bike - Av. Nove, 814 - Centro SunBikes - Rua Quatro, 1450 - Centro - (19)3524-0069 - (19)3533-3818

São Bento do Sul

Bike São Bento - R. Jacob Treml, 19 - Centro - (47)3634-0889

São Francisco do Sul

Bike Sul - Rua Marcílio Dias, 746 - Centro - (47)3444-3592

Crato

Clínica da Bike - R. José Carvalho, 33 - Centro - (88)3521-4547 Oficina Esp. & Aventura - R. Tristão Gonçalves, 505 - Centro - (88)3521-4534

Santa Bárbara D'Oeste

Wady Pro Sports - Av. Monte Castelo, 48 - Centro - (19)3455.1639

Tijucas

Euro Bikes - Av. Hercilio Luz, 475 - Centro - (48)3263-5867 Vitória Bikes - R. XV de Novembro, 241 - Centro - (48)3263-0488

Santo André

BicicletariaCicloSião-R.JoséD'Ângelo,190-JardimBomPastor-(11)3438-2743 Birigui Bike - Av. São Paulo, 577 - Marajoara I - (11) 4458-5104 MTBBikeClubParanapiacaba-R.Rodrig.Alves,467 -Paranapiacaba-(11)9615-5620 Riders Bike - R. Álvares de Azevedo,144 - Centro - (11)4437-1339

PARAÍBA

João Pessoa

Bike Tech Pepe - A. Fco. Leocadio Ribeiro, s/n - Bessa - (83)3246-3636 Planet Tulio Bike - Av. João Maurício, 441 - Manaira - (83) 3247-4636 X Bike - Av. João Maurício, 935 - Manaira - (83)3247-7565

CENTRO-OESTE

Super Bike -

BRASÍLIA

CLSW, 101

São Carlos

Bike Mania - Rua Ítalo W. Gullo, 184 - S.Carlos III - (16)3374-4067 Ciclo Pedal -Rua M.Manuel Antônio, 855 - S.Antônio - (16)3372-9843 RiosBike - Av. Raimundo Corrêa, 1415 - Jd. Ricetti - (16)3368-2837

-

BLC,

LJ30

Campina Grande

Aluízio Bicicletas - R. Tavares Cavalcante, 625 lj 2 - Centro - (83)3321-7706 Wagner Bicicletas - R. Sgto Hermes Ramos, 971- M.Santo - (83)3322-1458

Asa Norte

UNIBIKE - 114 Norte - BL B, Lj 36 - (61)3347-4775

Asa Sul

Sport Cicle310 - SCLS 310 BLC, 32/34 - Asa Sul - (61)3443-8006

PERNAMBUCO

Recife

Ofice Bike - R.da Harmonia, 310 lj 08 - Casa Amarela - (81) 3442-2465

São José do Rio Preto

Caverna Bike - R Saldanha Marinho, 4010 - V. Aurora - (17)3231-4727

Ceilândia

Ciclista JC - QNP 13-Conj. A- Lote 12 - P Norte - (61)3375-2175

São José dos Campos

Hard Track - Av. Barão do Rio Branco, 499 - Jd. Esplanada - (12)3953-7626

Sobradinho

Bike Mania - QD 05 - CL 23 Lj 04 - Sobradinho - (61)3591-5646

Olinda

Sport Bike - Av. Presidente Getúlio Vargas, 578C - Bairro Novo - (81)3439-4218

São Sebastião

J Bike - Av. Antônio Januário do Nascimento, 160 - Centro - (12)3892-1794

Taguatinga

Biciclo Bike Skate - QNA 05 lote 33-01/02-Centro - (61)3562-2555 CicloMiroir - CNA 04 Lote 06 Lj2 - Taguatinga - (61)3033-1901

Santa Cruz do Capibaribe

Hill Bike - Av. Pref. Braz de Lira, 136 - N. Palestina - (81)3705-1719

Taubaté

MJ Bikes ­ R. José Vicente de Paula, 279 - Bosque da Saudade - (12)3624-6343

PIAUÍ

Teresina

RadicalProduções-Av.Cel.CostaAraújo,2.666-HortoFlorestal-(86)3232-4381

Ubatuba

J Bike - Av. Professor Thomaz Galhardo, 934 centro - (12) 3832-3460

GOIÁS

Goiânia

Ciclo Ramos - Av. T09, 4851- QD/41 Lt31 - Jardim Planalto - (62)3256-5894 New Bike - AL. Ricardo Paranhos, 105 Setor Marista - (62) 3241-1013 Ciclo Vicio - Av. T-2, 1092 - Setor Bueno - (62)3274-1112

Votorantim

Free Bike - Av. 31 de Março, 648 - Centro (15)3247-5384

SERGIPE

Boquim

Loja de Bike - R. Cassimiro José da Cruz, 217 - Centro - (79)9119-3052

Amigo lojista, se você tem interesse em vender a Revista Pedal em seu estabelecimento, entre no site www.zepedal.com.br e faça o cadastro em 'Distribuidores' que entraremos em contato.

Nossa Senhora do Socorro

Clube de MTB - Rua 15. Conj. Marcos Freire I, 31- Taiçoca - (79)3254-3118

37 37

Dirt - 360

O

Reliquia do BMX

Créditos texto e fotos: Onofre Castilho

E aí pessoal, tudo bem? Antes de tudo, quero desejar um 2008 com muito BMX na veia. E para começar o ano, nada melhor que conhecer um pouco do passado. Esse mês vou mandar a colaboração do meu amigo Onofre, do Rio de Janeiro. Ele está produzindo um documentário sobre a história do BMX no Brasil e têm várias histórias interessantes pra contar. Nessa pesquisa, ele encontrou uma bicicleta Yamaha 1974, uma das primeiras desenvolvidas para o nosso esporte, que estava nascendo nessa época. Essa bike, fabricada antes de muita gente ter nascido, tem suspensão e freio a tambor. E está totalmente restaurada. Com a palavra, o Onofre: "Esta é a Bike Yahama ano 74. O primeiro modelo de bicicleta Full (com 2 suspensões) e marcha, desenvolvida pela Yamaha para o BMX mundial. O esporte já vinha se desenvolvendo desde o final dos anos 60, com os filhos de praticantes de motocross tentando imitar seus ídolos, fazendo com bicicletas o que era feito com moto na terra (motocross). Com o surgimento de um grande numero de garotos andando de bicicletas ao redor das pistas de motocross, a Yamaha passou a fabricar uma bicicleta própria para a prática do BMX, já que não existiam mo-

delos específicos fabricados para a prática do esporte (BMX). Anteriormente o esporte era praticado com bikes de aro 20, muito parecidas com as bikes Beach (de praia) com banco banana ou a bicicleta Schwin modelo Sting Ray. A Yamaha manteve em linha este modelo por três anos, fazendo logo no primeiro ano a retirada do câmbio. E a bike saiu de circulação pelo fato de ser muito pesada e perder mercado para bicicletas mais leves, como as bikes cross que conhecemos hoje.

Jander Linhares "Calcinha"

Iniciou no esporte em 1990, no Bowl do Nova Floresta, em Belo Horizonte. Idealizador da marca de roupas para BMX "Dirt" [email protected]

Este modelo de bicicletas com suspensão e marchas veio quase 20 anos depois, ressurgir inovando e influenciando no desenvolvimento do montain bike e down hill no mundo das aro 26." Valeu Onofre, quando eu for ao Rio, quero dar uma volta.

38 38

39

TREINO

Treinamento para 2008

Parte 2: Fase de Base

PREPARAÇÃO

Feliz 2008 para todos! É com muito prazer que venho dar seqüência a nossa série de artigos de treinamento. Após a fase de transição vem a fase de base, que é uma fase de intensidade baixa, porém de extrema importância para a sua preparação rumo a temporada 2008. A duração da fase de base dura entre 610 semanas. Agora o foco é 100% na bike, porém, pilates e musculação ainda devem fazer parte como complemento do treino. Alguns atletas que têm mais tempo continuam com uma natação light entre 1000-1500m de uma à duas vezes por semana. O principal da fase de base é que você, atleta, deve manter a intensidade baixa, o que significa que todos os treinos devam ser feitos abaixo do seu limiar aeróbico, que pode ser adquirido em variados tipos de exames e testes em laboratório e campo. O volume de treino geralmente é mais alto que todas as outras fases, para atletas amadores, mas com mais de 2-3 anos de pedal, isso pode significar pedais de até 4hrs em um só dia. O motivo de se treinar em intensidade baixa não significa que é para o atleta se poupar porque ainda está cedo para treinar, mas para conseguir as adaptações fisiológicas, conforme quadro abaixo. O interessante é que, a maioria dos bikers não percebem que, sem essas adaptações fisiologias é difícil prosseguir nas próximas fases do treinamento e já querem logo acelerar achando que é melhor. A qualidade e sucesso da sua temporada depende de como você se comportou nessa fase. Então aqui vai um alerta, nessa fase não treine forte, treine CERTO! Portanto durante a fase de base é interessante manter a intensidade abaixo do limiar aeróbico, incluindo intervalos de força especifica na bicicleta e trabalho neuromuscular com pedais ligeiros, e já ir controlando a cadência que deve ficar entre 85-100rpm dependendo do seu desenvolvimento e de quanto tempo você já pedala. Boa sorte e rumo a muito sucesso para 2008 para todos nós!

Zé em Forma

Hugo Pradoneto

Diretor da www.treine.net (tetra campeã brasileira de MTB), atleta profissional de mountain bike e ciclismo, patrocinado pela Specialized e trabalha para a empresa Carmichael Training Systems

COMPETIÇÃO

TREINO

PREPARAÇÃO

COMPETIÇÃO

· Crescimento no tamanho e aumento da força das fibras musculares lentas (Tipo I); · Diminuição do batimento em repouso; · Aumento do desenvolvimento dos capilares; · Aumenta mitocôndria, a estrutura no músculo que produz ATP; · Aumenta resistência cardiorespiratória; · Melhora da termorregulação.

TREINO

PREPARAÇÃO

COMPETIÇÃO

40

41

Feliz 2008! Muita Paz para todos e muitas pedaladas!

Neste mês quero compartilhar um pouquinho do meu inicio no Mountain bike, e como estamos num ano Olímpico vou passando algumas informações sobre o que já rolou neste evento. É Bingo! Assim começou minha trajetória no Mountain bike, em 1992 num Bingo da escola que eu estudava a minha querida mãe ganhou uma Monark Ranger de "5 marchas", era novidade e tinha até propaganda na televisão na época, eu já andava de bike antes, e até carrego uma cicatriz de 10 pontos que levei no joelho fazendo trilha de aro 20, mas com a mountain bike comecei a ir mais longe. Estou compartilhando isso porque muitos nem imaginam por tantas coisas que passamos para chegar onde chegamos. Atualmente tenho no currículo grandes vitórias, na bagagem muitas viagens e momentos que o esporte me proporcionou, mas tudo teve um começo, e, este tipo de história parece muito comum entre o nosso povo, hoje quem tem uma mountain bike pensa em comprar um câmbio melhor, uma suspensão ou trocar de quadro, mas naquele tempo quando coloquei uma coroa tripla e a bike ficou com 15 marchas já foi uma grande vitória, mas eu não parei por aí, troquei pneu, guidão, banco e fui deixando a magrela cada vez mais invocada, e depois um amigo me deu um quadro que tinha pino para usar freios cant-lever (esse foi antes do V-Brack), "e hoje todo mundo só quer andar de Disco" e é normal dentro de toda evolução que temos hoje. Bom, continuando... no final de 94 eu tinha juntado uma graninha descascando camarão em casa com meus pais (sou filho e neto de pescador), aí comprei uma Alfameq com suspensão RST e peças Shimano Alivio aquela bike rendeu muita coisa. Fui vicecampeão Paulista e terceiro no Brasileiro, no ano seguinte estava competindo na equipe Caloi onde passei 10 anos, e atualmente estou competindo pela Astro Racing Team a 3 anos, como o tempo passa e é bom relembrar. Pois sei que mesmo começando com pouco, eu pude alcançar muitas coisas, e às vezes muitas pessoas ficam desacreditadas e não seguem em frente, e eu quero te dar uma palavra de incentivo, siga em frente, começamos mais um ano, e que lá na frente possamos olhar para trás e dizer, "eu me esforcei", "eu tentei", "eu venci", "eu aprendi", e estou pronto para seguir em frente!

Trilha em Ilhabela com o Pico do Baepí ao fundo em 94.

Vando

Matéria em Jornal regional (Imprensa Livre)

Pedalando com o

Primeira participação na Categoria Junior ( 2o colocado)

Prova de Slalon do Paulista em 94

Edivando Souza Cruz Atleta de mountain bike da Elite do Ciclismo Brasileiro. Representante do Brasil nas Olimpíadas de Atenas. Número 1 no ranking 2005

42

Dá até um friozinho na barriga só em pensar, eu estive em Atenas em 2004 representando o Brasil no Mountain bike, e realmente é muito emocionante participar de um evento como este, agora começou a contagem regressiva, este ano teremos provas seletivas e creio que será ótimo para o nosso esporte, estamos vivendo um momento importante onde as equipes estão se estruturando, os atletas com dedicação total ao esporte, creio que o ritmo da provas será forte e com isso o nosso nível só tem a crescer. O Mountian Bike faz parte das Olimpíadas desde 1996 em Atlanta, o primeiro campeão foi o holandes Bart Brentjes, no feminino a italiana Paola Pezzo, e quem representou o Brasil na competição foi o ituano Marcio Ravelli que ficou com a 26ª colocação. Em Sidney em 2000 o francês Miguel Martinez foi o campeão no masculino e Paola Pezzo venceu novamente no feminino, o ciclista Renato Seabra, de Marília/SP foi o representante brasileiro na competição. 2004 em Atenas outro francês venceu a prova, Julian Absalon e no feminino a norueguesa Gunn-Rita Dahl, a mineira Jaqueline Mourão foi a primeira brasileira a participar de uma Olimpíada e ficou com a 18º colocação e eu fui o representante no masculino e cheguei na 33º colocação. No segundo semestre de 2007 Pequim realizou uma prova teste no circuito Olímpico, e alguns dos principais nomes da modalidade estiveram presente, o vencedor da prova no masculino foi o suíço Cristoph Sauser, e no feminino a chinesa Ying Liu. Um grande abraço e boas pedaladas.

Ano Olímpico

Cristoph Sauser - Campeão da prova de inauguração em Pequim

Zé Pedal -

43 21

Faça uma viagem de bicicleta

Foto e texto ­ Clube de Cicloturismo do Brasil Dentre os diversos usos que a bicicleta oferece, o cicloturismo é um dos que está mais acessível a todos. É isso que o Clube de Cicloturismo vem comprovando há muitos anos. Gostaríamos nesta coluna de falar de algumas questões básicas para quem quer começar, e em seguida, fazer um convite para uma viagem. A primeira questão fundamental é que não é necessário ser atleta para fazer uma viagem de bicicleta. Até mesmo amigos e parentes nos vêem como se fossemos ciclistas profissionais ou algo do tipo. Mas isso não é verdade. Na realidade a grande maioria das pessoas que praticam o cicloturismo são pessoas comuns, que utilizam a bicicleta no dia a dia ou que treinam de fim de semana. É necessário, é claro, um preparo mínimo e uma familiaridade com a bicicleta. Mas isso não é um problema muito grande. Com poucos meses de preparo já é possível estar pronto para encarar os primeiros desafios. Todos os anos viagens longas de meses ou até anos são realizadas por pessoas que se apaixonaram pela bicicleta em alguma fase da vida, muitos apenas após se aposentarem. Isto nos mostra que para quem está com a saúde em dia, basta começar. A segunda barreira geralmente é a bicicleta. A impressão geral que se tem é que seria necessário uma bicicleta topo de linha para se fazer uma viagem. A experiência mostra que isso também não é verdade. A princípio qualquer bicicleta serve para se fazer cicloturismo. É claro que uma bicicleta barata demais, destas que você encontra em supermercados, pode dar dor de cabeça por ter componentes de qualidade muito baixa. Mesmo assim tem muita gente viajando com estas bicicletas simples. Mas começar com muitos problemas pode ser frustrante, portanto o ideal para a maioria dos casos provavelmente será uma bicicleta intermediária que esteja adequada ao seu bolso, mas que já ofereça componentes confiáveis. E na hora de comprar a bicicleta não se deixe levar apenas pela marca do quadro. O mais importante é analisar bem os componentes, como câmbios, freios, passadores, suspensões, cubos e movimento central. São estes itens que sendo de baixa qualidade vão atrapalhar mais durante uma viagem. Existem diversas marcas, e mesmo dentro de cada marca, diversos níveis de qualidade. Para começar, procure os níveis intermediários, nem os mais simples que estão sujeitos a dar muito problema, nem os melhores que geralmente são muito mais caros. Aí vêm alguns detalhes técnicos como por exemplo ter alguma noção de mecânica de bicicletas. A maioria dos problemas que podem acontecer numa viagem são de simples solução e qualquer pessoa com o conhecimento básico pode resolver. É interessante saber, entre outras coisas, como trocar e remendar uma câmera de ar furada, regular câmbio e freio, remendar uma corrente quebrada e alinhar provisoriamente uma roda torta. Muitas pessoas aprendem isso na prática com companheiros de pedal, mas uma boa opção pode ser um curso de mecânica e bastante treino também. No final estas coisas se tornam tão simples para o ciclista como trocar uma lâmpada em casa. A próxima pergunta é: o que levar para uma viagem de bicicleta? Isto é claro, vai depender muito do tipo de viagem que você está pretendendo realizar. Se você vai viajar ficando em pousadas, por exemplo, não vai precisar de tanta coisa. Uma ou duas mudas de roupa serão mais que suficientes, algumas ferramentas, câmera reserva, um pequeno kit de primeiros socorros com pelo menos material para curativos, e também um reservatório de água (caramanholas) e alguns alimentos. Se você vai acampar ou viajar em local muito frio ou isolado, aí a lista de bagagem cresce bastante. Mas se você não está acostumado a acampar, procure não misturar as coisas, e aprenda uma de cada vez. Viaje primeiro com pontos de apoio conhecidos e treine acampamento em outra ocasião, por exemplo ficando em campings organizados. Em seguida a questão é como carregar tudo isso. A primeira idéia pode ser colocar uma mochila nas costas. Mas já é quase uma unanimidade entre os cicloturistas que essa não é uma boa solução. Talvez para passeios de um dia ou no máximo dois, ainda seja possível, mas mais do que isso pode se tornar um tormento. O ideal é fixar a bagagem num bagageiro (conhecido também como garupa). E para melhorar o equilíbrio da bicicleta e a disposição da bagagem existem bolsas especiais chamadas de alforjes. São bolsas laterais que vão fixadas uma de cada lado da roda traseira. Os alforjes fazem com que o centro de gravidade do conjunto fique mais baixo, fornecendo mas estabilidade para a bicicleta. Existem ainda outros equipamentos que podem ajudar. A bolsa de guidão, que deixa alguns itens como a máquina fotográfica sempre à mão, ou a Top Bag que aproveita a parte de cima do bagageiro que não é utilizada pelo

44 44

alforje. Existem diferentes tamanhos e tipos de alforjes. Defina seu estilo de viagem para saber qual o volume dos alforjes. Se você vai viajar em lugar quente e ficando em pousadas, por exemplo, é bem provável que um alforje de 25 litros no total seja suficiente. Já se pretende acampar ou viajar em local frio, talvez precise de um de 50 litros. E por último, uma pergunta que sempre aparece é: - para onde ir? Apesar de algumas pessoas mais ousadas começarem logo com roteiros longos e difíceis, a sugestão é não exagerar no começo. A primeira viagem serve para você se familiarizar com a bicicleta, descobrir se ela está boa para você, se está ajustada e se não está causando dores. Também para saber se você conseguiu acomodar bem a bagagem na bicicleta, de modo que os alforje não atrapalhem a pedalada, se você escolheu bem a lista de bagagem e se não esqueceu de nada importante ou levou coisas demais. Ela também vai servir para você sentir como é pedalar com carga na bicicleta e como isso altera seu rendimento. Assim, a dica é fazer algo tranqüilo, de preferência em local conhecido em que não haja muitas surpresas. Vá aumentando aos poucos à medida que

for sentindo mais confiança. Depois que esta etapa for vencida, você pode procurar roteiros organizados, tais como, Caminho da Fé, Estrada Real, Caminho do Sol, Caminho de Santiago de Compostela, ou Circuito Vale Europeu de Cicloturismo. Este último é bastante indicado, pois foi especialmente planejado para ser percorrido de bicicleta e começa por uma parte mais fácil para depois aumentar a dificuldade, o que permite que o cicloturista avalie se sua condição está adequada para o roteiro. Os roteiros organizados têm a vantagem de já serem mapeados e contar com estrutura turística, o que facilita bastante o planejamento da viajem. Quando tudo isso for fichinha para você, aí sim passe para a próxima etapa que é planejar seu próprio roteiro. Mas o mais importante de tudo é começar. Quando perceber você já estará rodando solto por aí, e terá certamente esquecido dos dias em que tinha receio de viajar de bicicleta.

Eliana Garcia e Rodrigo Telles são fundadores do Clube de Cicloturismo e fabricantes dos alforjes Arara Una www.ararauna.esp.br www.clubedecicloturismo.com.br

45

46

47

48

Information

52 pages

Report File (DMCA)

Our content is added by our users. We aim to remove reported files within 1 working day. Please use this link to notify us:

Report this file as copyright or inappropriate

133292