Read Microsoft Word - Comentario prova do BACEN.doc text version

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades

Prova BACEN ­ 2010 Comentada Base PROVA VERDE

21.

ww

22. Em 2009, a situação política de Honduras caracterizouse por forte instabilidade, desencadeada, em junho, pela deposição do presidente Manuel Zelaya e posterior eleição de outro presidente, Porfírio Lobo. Para o Brasil, tratase de assunto internacional de especial interesse, haja vista a acolhida do presidente deposto na embaixada brasileira em Tegucigalpa. A instabilidade política do país agravouse, no início de dezembro de 2009, em decorrência da decisão do Congresso hondurenho de:

Concurso Virtual Página 1

w.

co

Comentário: A questão remete a entrevista do ativista político e Nobel da Paz argentino que defende a idéia de que os crimes ambientais sejam tipificados como ofensas contra a humanidade e julgados na Corte de Haia; é assunto recorrente nos meios internacionais que os danos ambientais provocados pela ação deliberada ou inconseqüente do setor produtivo, provocam danos não somente a qualidade de vida, mas a existência de muitas populações, por isso a tipificação de crime contra a humanidade. A questão ambiental entra assim no rol de Direitos Humanos.

nc

ur

A perspectiva do autor remete à ampliação dos direitos humanos, incorporandose novo conjunto de direitos àqueles já tradicionalmente defendidos. Esse novo conjunto corresponde, especificamente, aos direitos (A) civis. (B) ambientais. (C) políticos. (D) econômicos. (E) culturais. Gabarito: B

so v

irtu

al. co m. br

Alex Mendes ­ Atualidades

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades

so v

ww

O país latinoamericano que recebeu o aval dos três membros do MERCOSUL é o(a) (A) Chile. (B) Equador. (C) Bolívia. (D) Colômbia. (E) Venezuela. Gabarito: E Comentário: A Venezuela teve recentemente aprovada sua entrada no bloco pelo Congresso Brasileiro, e depende apenas da aprovação do legislativo paraguaio para sua inserção como membro permanente. O assunto motivo de bastante polêmica, pois o Pres. Chávez mantém uma política estatizante em seu país, com a aprovação de reeleições ilimitadas e fechamento de canais de comunicação antichavistas, a entrada venezuelana garante o poder de veto a este Estado no Mercosul .

w.

Concurso Virtual

co

nc

ur

irtu

Página 2

al. co m. br

(A) rejeitar a restituição do presidente deposto ao poder. (B) pressionar a saída de Zelaya da embaixada brasileira. (C) considerar politicamente inviável a conciliação. (D) apoiar oficialmente a colaboração do governo venezuelano. (E) rechaçar legalmente a legitimidade da Organização dos Estados Americanos. Gabarito: A Comentário: O congresso hondurenho rejeitou em dezembro de 2009 a volta de Zelaya ao poder, por entender que sua reassunção ao cargo o colocaria como comandante das forças armadas, possibilitando assim a ascenção de militares prozelaystas que o ajudariam a consolidar a tentativa forçada de alteração constitucional via consulta popular para o estabelecimento do instituto da reeleição, instaurandose assim um golpe de direita no poder. Ocorrendo ainda que em 29 de novembro já havia ocorrido as eleições que permitiram a Porfírio Lobo a vitória no pleito. 23.

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades 24. Em dezembro de 2009, realizouse a Conferência do Clima COP15, em Copenhague, reunindo representantes de 193 nações. Das negociações e impasses, surge um acordo, sem força de lei, firmado por Brasil, Estados Unidos, China, Índia e África do Sul. Com relação ao acordo, analise as propostas a seguir. I ­ A temperatura global não pode aumentar além de 2 oC acima dos níveis préindustriais. II ­ Devem ser criados incentivos financeiros para projetos de REED (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação). III ­ Cortes profundos nas emissões de CO2 são necessários, e os países devem fornecer informações sobre a implementação de suas ações. É(São) pertinente(s) ao acordo a(s) proposta(s) (A) I, apenas. (B) I e II, apenas. (C) I e III, apenas. (D) I, II e III. (E) II e III, apenas. Gabarito: D Comentário: vejamos item por item I. O IPCC (painel Intergovernamental para mudanças climáticas da ONU) definiu desde o início dos seus trabalhos o período préindustrial como referência, em virtude do aquecimento global ter se acelerado por causas antrópicas (humanas) como a industrialização. II. Os países ricos se comprometeram a doar US$ 30 bilhões, nos próximos três anos, para um fundo de luta contra o aquecimento global. O acordo prevê US$ 100 bilhões por ano, em 2020. Esses US$ 10 bilhões por ano que será colocado no fundo até 2012, é menos do que o Brasil vai gastar para atingir sua meta voluntária de reduzir em até 39% das emissões de gases, até 2020. III. O IPCC reconhece como causa antrópica (humana) o agravamento do efeito estufa e somente uma atuação firme e conseqüente de governos no controle da emissão de GEE (gases de efeito estufa) como o CO2 levará a redução dos impactos previstos e, como o problema é global a troca de informações e a solução multilateral é fundamental para o êxito dos esforços, e é assim que se manifestou a COP15.

ww

w.

Concurso Virtual

co

nc

ur

so v

irtu

al. co m. br

Página 3

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades

ww

w.

Concurso Virtual

co

Os manifestantes da foto têm como foco de protesto a atuação da Organização Mundial do Comércio (OMC), que conduz as negociações da Rodada de Doha. Dentre os alvos dos protestos, destacase a seguinte diretriz da Rodada de Doha: (A) fragilização do comércio multilateral. (B) consolidação do protecionismo econômico. (C) liberalização do comércio mundial. (D) aprofundamento da estatização do comércio. (E) expansão dos subsídios econômicos domésticos. Gabarito: C Comentário: A OMC tem como prerogativas a liberalização do comércio entre os países membros e dirimir conflitos entre estes baseados em acordos préexistentes. Atualmente vivemos a Rodada Doha (2001) inconclusa e os manifestantes antiglobalização destacam o papel perverso para algumas economias mais frágeis deste liberalização, sendo portanto contrários ao estabelecimento do processo, ressaltando em alguns casos a globalização da pobreza.

nc

ur

so v

irtu

al. co m. br

Página 4

25.

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades 26. O desenvolvimento sustentável planetário exige a criação de medidas e parâmetros, para se negociar, mais concretamente, a redução dos índices de poluição atmosférica. Uma dessas medidas é o chamado CO2 e ou CO2 eq. A medida mencionada foi criada para expressar, precisamente, a: (A) remuneração equivalente às emissões evitadas de gás carbônico, ou seja, créditos de carbono. (B) equidistância entre os pontos máximo e mínimo da poluição causada pelo gás carbônico. (C) equiparação futura das emissões de gás carbônico entre países ricos e países pobres. (D) quantidade de gás carbônico equivalente encontrada nos gases de efeito estufa. (E) quantidade de monóxido de carbono necessária à formação do gás carbônico. Gabarito: D Comentário: CO2equivalente Como os gases do efeito estufa têm efeitos diversos no clima, foi preciso estabelecer uma moeda de padronização. O carbono equivalente é calculado multiplicandose a quantidade de emissões de um determinado gás multiplicado pelo seu efeito no clima. Um exemplo: o metano tem 21 vezes mais impacto no clima do que o CO2. Por isto, 1 tonelada de metano correspondem a 21 toneladas de CO2 equivalente. O CO2 é a base.

ww

w.

Concurso Virtual

27. Ao final de 2009, o BNDES aprovou financiamento de parques geradores de energia no Ceará, nos municípios de Aracati e São Gonçalo do Amarante. Os projetos aprovados fazem parte do PROINFA, o programa do governo de incentivo a investimentos em fontes alternativas, que contribuam para a diversificação da matriz energética brasileira, empregando recursos renováveis. Os projetos aprovados contemplam parques geradores de energia (A) eólica. (B) hidrelétrica. (C) termelétrica. (D) maremotriz. (E) solar. Gabarito: A Comentário: as fontes alternativas, renováveis e menos poluentes são a eólica, solar, maremotriz e geotérmica. O Brasil não possui gêiseres e portanto a energia geotérmica esta descartada; a maremotriz só é testada pelo Japão de maneira mais consistente. Sobrariam então a solar e a eólica. O País possui grande potencial para energia solar, mas não para a oferta pública e sendo assim o parque eólico do NE é que vem sendo licitado e implantado pelo governo.

co

nc

ur

so v

irtu

al. co m. br

Página 5

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades

ww

w.

Concurso Virtual

co

Comentário: No período de meados de 2008 até o início do segundo semestre de 2009 o Brasil foi impactado pela queda da atividade econômica ­ em especial a industrial ­ como reflexo da crise econômica mundial, originada no mercado subprime dos EUA. Medidas contudo de mitigação da crise foram adotadas pelo governo (redução do IPI para setores intensivos em mdo, aumento da liquidez via bancos estatais e elevação do gasto com investimento via PAC). Com isso a economia iniciou sua recuperação no segundo semestre de 2009, provocando o aumento da demanda por energia.

nc

ur

so v

O aumento do consumo de energia elétrica teve como um fator principal, no período, a(o): (A) expansão da eletrificação rural por regiões. (B) retomada da atividade industrial. (C) suspensão de políticas de racionamento. (D) reconfiguração dos fusos horários do País. (E) desmembramento do Sistema Nacional de Energia. Gabarito: B

irtu

al. co m. br

Página 6

28.

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades

29.

ur w.

O país africano em foco é: (A) Nigéria. (B) Sudão. (C) Eritreia. (D) Angola. (E) Somália. Gabarito: E

Concurso Virtual

so v

Comentário: A Somália vive um desgoverno. O país é de fato comandado pelos "senhores da guerra" que vêem na pirataria uma forma de obtenção de divisas e enriquecimento. A região conhecida como Chifre da África e tratase de uma das mais importantes vias de navegação do mundo e também a mais perigosa, com 30% de todos os ataques de piratas do planeta, ligando o comércio europeu a produção petrolífera do Oriente Médio e aos mercados asiáticos. Não existe uma legislação internacional para

Página 7

ww

co

nc

irtu

al. co m. br

Prof. Alex Mendes ­ Atualidades

ww

w.

Concurso Virtual

co

nc

ur

30. De acordo com o Censo Escolar da Educação Básica 2009, o número de matrículas, na educação básica, caiu 1,2%, passando de 53,3 milhões para 52,5 milhões de alunos, entre 2008 e 2009. O ensino básico vai da creche ao último ano do ensino médio e inclui a educação profissional, especial e de jovens e adultos. O resultado da pesquisa reflete a atuação de qual fator específico? (A) Redução de classes extracurriculares (B) Melhora do fluxo escolar (C) Restrição ao ensino profissionalizante (D) Fim da evasão escolar de jovens e adultos (E) Elevação da expectativa de vida no país Gabarito: B Comentário: a questão parece complexa devido a interpretação de "fluxo escolar". Embora o termo não seja claro, eu faço a seguinte interpretação: fluxo escolar se refere a compatibilidade entre idade e série escolar; com a melhora do fluxo escolar ocorre menos retenção de alunos por reprovação e assim de maneira geral ocorre uma queda no número de matrículas no sistemas, pois muitos já completaram o seu ciclo com menos retenções.

so v

irtu

al. co m. br

Página 8

os acusados de pirataria, apesar de muitos terem sido julgados no Quênia, enquanto outros presos por militares franceses estão respondendo a julgamento na França. Alguns diplomatas argumentam que é necessária uma corte internacional para esse tipo de crime, que tenha o apoio da ONU (Organização das Nações Unidas) e, além de uma prisão internacional para os condenados. Em meados de dezembro passado, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma resolução autorizando os países a perseguir os piratas somalis também em terra uma extensão para a permissão que os países já têm para entrar em águas territoriais somalis para perseguir os piratas.

Information

Microsoft Word - Comentario prova do BACEN.doc

8 pages

Report File (DMCA)

Our content is added by our users. We aim to remove reported files within 1 working day. Please use this link to notify us:

Report this file as copyright or inappropriate

594856