Read (Microsoft Word - Exerc\355cios - Ativo N\343o-Circulante - Aspectos Fiscais e Societ\341rios aula 06-09-10 -gabarito) text version

Curso: Ativo Não-Circulante: Aspectos Fiscais e Societários Período: 06, 09 e 10 de setembro de 2010 Instrutora: Jackeline Lucas Souza

Exercícios

1. A Cia. ABC do Brasil adquiriu a vista uma caldeira industrial para uso em seu processo produtivo no início de 01/2005 por $240.000 e estimou uma vida útil de 10 anos. Em 01/01/2008, a caldeira foi reavaliada ao custo de reposição bruto (sem a depreciação) de $300.000. Desconsiderando os efeitos fiscais, como a Cia. ABC do Brasil deverá contabilizar a reavaliação da caldeira em 01/01/2008, se ela optar por estabelecer proporcionalmente o saldo da depreciação acumulada? 2. A Cia. ABC, uma empresa de exploração mineral, adquiriu um novo equipamento de perfuração para uso numa determinada área de exploração. Ela incorreu nos seguintes gastos: No.

1 2 3 4 5 6 7 8 recuperáveis) Gastos de reorganização do fluxo operacional da empresa para evitar retrabalhos Gastos iniciais de manutenção e frete Gastos de preparação da área p/ instalação do equipamento Consultoria que orientou a aquisição do equipamento Encargos financeiros do financiamento pelo fornecedor Gastos de desinstalação e restabelecimento da área a serem incorridos após 8 anos, cfe.contrato Gastos de ociosidade do equipamento até o início da vigência do contrato 400.000 100.000 600.000 200.000 300.000 80.000 50.000

Item

Custo do equipamento (custo da compra a valor justo + impostos não

R$

3.000.000

3. A Cia. ABC Transportes adquiriu um equipamento de transporte pesado ao custo de $500.000. A vida útil estimada é de 10 anos. Ao final do sexto ano, o motor do equipamento precisa ser substituído e o conserto é inviável economicamente em função do longo período de interrupção da produção. A parte remanescente do veículo está em bom estado de conservação e a empresa espera utilizá-la nos próximos 4 anos. O custo do novo motor é de $230.000. Pergunta-se: o custo do novo motor poderá ser reconhecido como imobilizado? Se positivo, qual tratamento contábil a ser adotado pela Cia. ABC? Considere a taca de desconto de 5%a.a. 4. A Cia. ABC adquire os direitos autorais sobre a produção de um espetáculo musical. O contrato permite à Cia. Produzir o espetáculo musical por um período de 7 anos no país de origem da Cia. ABC. Durante o período inicial de 6 meses do contrato, o

1

principal artista do elenco teve sérios problemas de saúde, o que atrasou a entrada em cartaz do espetáculo. O tempo de aluguel do teatro, um dos mais caros e requisitados do país, tem de ser pago mesmo durante o período em que não ocorreram espetáculos. Os seguintes custos foram incorridos pela Cia. ABC: Custos da aquisição dos direitos autorais: $20 milhões Custos operacionais iniciais (aluguel do estúdio por 6 meses, ensaio dos artistas): $2 milhões Custos de divulgação maciça do musical: $1 milhão. Pergunta-se: qual(is) custo(s) da Ci. ABC referente(s) aos direitos autorais pode(m) ser capitalizado(s) como ativo intangível? 5. Quais dos custos abaixo podem ser capitalizados de acordo com o CPC 04-Ativo Intangível: a) Custos pré-operacionais para abertura do negócio; b) Software contábil desenvolvido internamente para uso da própria empresa; c) Projeto de um plano piloto, já comprovado que será produzido comercialmente; d) Licença, royalties e acordos de greve com a categoria; e) Direitos de transmissão e operação; f) Compra de goodwill em uma combinação de negócios; g) Licença de produção de esteróides por meio de uma concessão governamental; h) Custo de cursos realizados pelos administradores para qualificação; i) j) Propaganda na televisão que irá estimular as vendas de uma indústria tecnológica; Website da empresa por ela desenvolvida para uso interno e externo.

6. A Cia. ABM, laboratório farmacêutico, tem uma patente registrada de determinada droga, cuja produção e venda gerará um fluxo de caixa estimado para a entidade por 12 anos. A entidade tem um acordo com um laboratório de um governo estrangeiro que comprará a Cia. ABM a referida patente ao final de 6 anos por 40% do seu valor da data de aquisição. Descreva como a Cia. ABM deve tratar a patente, quanto ao reconhecimento, amortização e teste de impairment, sabendo-se que ela atende aos critérios de reconhecimento como um ativo intangível. 7. A Cia. Laivém Ltda., por concessão do Ministério da Fazenda, foi autorizada a utilizar o coeficiente 1,0 vezes à taxa anual (10%) como depreciação acelerada incentivada na compra de equipamentos novos para suas atividades industriais. O valor do equipamento adquirido foi de R$200.000,00. Qual procedimento contábil e extracontábil (LALUR) que a empresa deverá realizar para apurar a DEPRECIAÇÃO ACELERADA INCENTIVADA? 8. Qual valor pode ser deduzido para fins de tributação do IRPJ e da CSLL como "Bens de Pequeno Valor"?

2

9. Com as características abaixo calcule os valores das depreciações na empresa A e na empresa B e contabilize-os: Empresa A - Bem adquirido: veículo Corsa Sedan 2001; Valor do bem: R$24.000,00; Data de aquisição e data de funcionamento, respectivamente: 01/01/2001 e 01/02/2001; Data da venda: 01/01/2004; Valor da venda: R$20.000,00; Vendido para a Empresa B. Empresa B - Bem adquirido da Empresa A; Período de contabilização da depreciação até 31/12/2004 10. A empresa Alfa adquiriu a vista um imóvel em 01/01/2010 pelo valor de $10.000,00, sendo a parcela do terreno de $2.000 e a parcela da edificação de $8.000. Esse imóvel foi destinado para aluguel. A companhia utiliza a metodologia de custo para avaliar o imóvel e a estimativa de vida útil desse ativo é de 25 anos. Demonstre o valor líquido do Investimento e faça a contabilização. 11. A empresa Alfa adquiriu a vista um imóvel em 01/01/2009 pelo valor de $15.000, sendo a parcela do terreno de $4.000 e a parcela da edificação de $11.000. Esse imóvel foi destinado para aluguel. A companhia utiliza a metodologia de valor justo para avaliar o imóvel. O valor justo do imóvel em 31/12/2009 era de $14.500. Demonstre o valor líquido do Investimento e faça a contabilização.

12. O veículo de propriedade da empresa WYZ por um fato inevitável "bateu o motor". A aquisição de um novo motor custou $2.200. Diante desse fato, como deve ser registrado o evento? Fundamentar. 13. Uma indústria de calçados adquiriu maquinário para compor o imobilizado e incorreu nos seguintes gastos: Aquisição de maquinário: $12.000 Taxas alfandegárias: $1.200 (pago a vista) Imposto recuperável: $220 Serviço de instalação (engenheiro): $1.400 (pago a vista) Juros cobrado pela instituição financeira em virtude da empresa ter solicitado os $12.000 em dinheiro para a compra do imobilizado $350. Diante desse fato indicar o total do bem a ser imobilizado. 14. Assinale a resposta mais correta: Critério de um imóvel classificado no ativo imobilizado: a) ( b) ( ) Custo ou mercado, dos 2 o menor ) Custo deduzido da depreciação acumulada

3

c) ( d) (

) Ao valor de mercado ) Custo deduzido da amortização acumulada

Critério de avaliação de um imóvel classificado como investimento: a) ( b) ( c) ( d) ( ) Valor de custo ou valor justo ) Valor de mercado ) Valor de reavaliação ) Valor de reposição

A taxa de depreciação de um imóvel avaliado pelo valor de custo incide: a) ( b) ( c) ( d) ( ) Sobre o valor total do imóvel ) Apenas sobre a parcela do valor do terreno do imóvel ) Somente sobre a parcela da edificação do imóvel ) Sobre o valor de mercado do imóvel

Um imóvel avaliado pelo valor justo, onde o valor justo é $1.000 e o valor contábil é $950. Qual o registro contábil do ajuste a valor justo? a) ( b) ( c) ( d) ( ) A débito de Investimento ) A crédito de Ajustes de Avaliação Patrimonial ) A crédito de ganho no resultado do exercício ) A débito da perda no resultado do exercício

Um imóvel avaliado pelo valor justo, onde o valor justo é $3.000 e o valor contábil é $2.950. Qual o registro contábil do ajuste a valor justo? a) ( b) ( c) ( d) ( ) A débito de Investimento ) A crédito de Ajustes de Avaliação Patrimonial ) A crédito de Investimentos ) A débito de perda no resultado do exercício

15. A empresa ABC S.A. comprou uma mina de cobre em 31/12/2008 por $20.000 e com estimativa e 500 toneladas de cobre. A exaustão será calculada com base nas toneladas de cobre extraídas da mina, levando em consideração que o custo por tonelada é de $40 ($20.000/500 toneladas). No exercício social de 2009, a empresa extraiu 120 toneladas da mina. Faça o registro contábil líquido da mina e explique o montante que será registrado para fins societário e fiscal. 16. Marque com "x" a resposta mais correta. Vida útil normalmente praticada para móveis e utensílios: a) ( b) ( ) 5 anos ) 10 anos

4

c) ( d) (

) 15 anos ) 20anos

Bem classificado no ativo imobilizado: a) ( b) ( c) ( d) ( ) Imóvel destinado a aluguel ) Máquina utilizada na fábrica ) Direito de exploração de serviços públicos ) Equipamento produzido pela companhia e destinado à venda de clientes

17. Uma companhia especializada em prestar serviços de divulgação de produtos e serviços de seus clientes, através de mala direta, adquire uma lista de consumidores da classe B da cidade de Recife pelo montante de $9.000, a ser pago da seguinte forma: $2.000 de entrada 35 parcelas mensais de $200 Valor presente das prestações: $6.200 A companhia estima que obterá benefício desta lista de consumidores pelos próximos 4 anos Pergunta-se: a) Esses dados representam um ativo intangível? b) Por qual valor esse ativo deve ser reconhecido inicialmente? c) Como esse ativo deverá ser amortizado? Justifique suas respostas. 18. A subsidiária AAA S.A. adquiriu em 31/12/2003, em processo de privatização, direito de exploração de serviços de águas e esgotos num município no Estado do Paraná, pelo prazo de 20 anos. O valor total da aquisição foi de $150.000 e será pago da seguinte forma: Ano 31/12/2004 31/12/2005 31/12/2006 31/12/2007 31/12/2008 Total R$ 30.000 30.000 30.000 30.000 30.000 150.000

O ativo será amortizado pelo prazo do direito da exploração de 20 anos. Contabilize a operação pela aquisição do direito e o encargo de amortização anual 19. Assinale com "C" a frase correta e com "E" a frase errada. a) ( ) O ativo intangível é o primeiro grupo de contas do ativo não circulante.

5

b) (

) os gastos com pesquisas são debitados em despesas do resultado do

exercício quando incorridos, em função da natureza incerta dos benefícios futuros para a entidade. c) ( d) ( e) ( ) Todos os ativos intangíveis devem ser reconhecidos inicialmente pelo seu ) Os ativos intangíveis, após o registro inicial, devem ser avaliados pelo custo ) O ativo intangível com via útil definida deve ser avaliado pelo valor de custo valor justo. ou pelo valor reavaliado. deduzido da amortização acumulada e diminuído de eventual perda para impairment. f) ( ) Ao contrário dos bens do ativo imobilizado, os ativos intangíveis não têm ) Os ativos intangíveis com vida útil indefinida devem ser submetidos ao teste e substância física. g) ( recuperabilidade de seu valor contábil (CPC 01) pelo menos a cada 2 anos. 20. O valor recuperável de um bem pode ser determinado de duas formas: a) pelo valor líquido de venda = o valor líquido é o valor justo de venda (valor acertado) diminuído dos custos da transação (despesas de cartório, de transporte, de montagem ou desmontagem etc.): Preço de venda = 120.000 (-) Custo da venda = 20.000 (=) Valor líquido de venda = 100.000 b) pelo valor líquido de uso = o valor líquido de uso é determinado pelo valor presente líquido de fluxo de caixa que será gerado pelo uso do bem nas atividades ou na produção. Deve ser feita uma prospecção futura de receitas e deduzir os custos relacionados às receitas que serão geradas. Receita de produção esperada = 180.000 (-) Custo da produção esperada = 100.000 (=) Fluxo de caixa futuro líquido = 80.000 O valor recuperável líquido é o maior dos dois, neste caso é o valor líquido de venda. Diante da explicação acima faça o que se pede para o exemplo abaixo: De acordo com as normas de contabilidade, qual o valor a ser registrado no ativo imobilizado, após a feitura do teste de recuperabilidade, sabendo que: Uma empresa possui uma máquina avaliada em 300.000, com depreciação acumulada de 100.000. Sabe-se que, se a empresa vender este bem por 220.000 (preço justo) terá um custo de venda de 40.000. Caso a empresa não vendesse o imobilizado e continuasse utilizando-o no processo produtivo, seria capaz de produzir:

6

1º ano 4.000 unidades 2º ano 3.000 unidades 3º ano 2.000 unidades 4º ano 1.000 unidades O preço de venda do produto $ 70,00 por unidade. Os gastos médios incorridos na produção e venda de uma unidade do produto é $55,00.

21. Um ativo imobilizado está contabilizado por $2.000. O valor dos fluxos de caixa não descontados desse ativo é de $2.200. O valor justo do ativo é de $1.700. O valor justo deduzido dos gastos para vender esse ativo é de $1.600. O valor de uso desse ativo é de $1.800. Quanto seria a provisão para perda por desvalorização desse ativo? Dica: segundo o CPC 01, o valor recuperável é o maior valor entre o valor justo menos gastos para vender e o valor em uso. Logo a provisão seria de quanto? E a contabilização como seria? 22. A empresa JEG Ltda. atua no ramo de extração de minério e explora várias minas localizadas em diversos municípios no Brasil. Um projeto situado do Estado do Pará, com custo do imobilizado de $7.000 e depreciação acumulada de $2.500, foi abandonado em função da baixa qualidade do minério. A administração da empresa é de opinião que essa mina é inviável economicamente, que o valor de realização do imobilizado é nulo e que esse projeto só será retomado no futuro se houver aumento substancial no preço de venda do minério. Demonstre a posição inicial e final da mina, localizada no Pará e lançamentos contábeis (se necessários). 23. A empresa JVC Ltda. adquiriu o direito de uso do serviço da empresa Caça-Grilos Ltda. pelo valor de $5.000 e decidiu amortizá-lo pelo prazo de 5 anos. Esse prazo foi estabelecido em função da expectativa de geração de receita do serviço patenteado. Em 31/12/2008 a situação preliminar era a seguinte: Custo da Patente......................5.000 (-) Amortização acumulada.......(2.000) Valor líquido...........................3.000 Acontece que uma outra empresa lançou no mercado um serviço que gera os mesmos benefícios para os clientes por um preço bem inferior. A administração da empresa JVC entende que deverá baixar o preço do seu serviço e, conseqüentemente, acredita que 30% do saldo a amortizar da patente não PE recuperável via venda futura desse produto, com base num estudo efetuado do valor de uso, segundo o CPC 01. Qual o valor líquido dessa patente em 31/12/2008, após esse estudo? Deve ser feito algum ajuste na empresa? Se positivo, de quanto?

7

24. Com suas palavras defina o que é Custo Corrente Corrigido. 25. Certa empresa possuía um equipamento, adquirido por $500.000 e que proporcionara os fluxos de caixa de: $100.000 no 1º. Ano, $180.000 no 2º.ano, $300.000 no 3º.ano, $50.000 no 4º.ano e $200.000 no 5º.ano. Espera-se poder vendê-lo por $20.000 no fim do 5º.ano. A taxa de juros adequada é de 30%a.a. Terá valido a pena adquirir o equipamento? 26. Uma máquina sem nenhuma perspectiva de uso por parte da entidade e sem possibilidade de aparecer comprador pode ser considerada um Ativo? Analise a afirmativa. 27. De acordo com seus conhecimentos demonstre a antiga estrutura do BP e a nova a partir de 01/2008. 28. Para a Situação Patrimonial 01 abaixo, faça o que se pede: Situação 01: Balanço Patrimonial em 31/12/2003 Ativo Circulante Ativo Não Circulante Total 50 100 150 Passivo Circulante Patrimônio Líquido Total 100 50 150

a) Considerando que a variação de preços do período de 31/12/2003 a 31/12/2004 foi de 10%, o reconhecimento desta variação na Contabilidade, a partir do modelo tradicional de CM, será como? b) Está correto esse procedimento sob o ponto de vista fiscal e societário? c) Apresente a nova estrutura do BP, após a CM, sabendo-se que o PL é formado, inicialmente, pela conta de Capital Social. d) O que a extinção da CM trouxe de impacto negativo para as empresas. e) Como a Contabilidade em Nível Geral de Preços (Price Level Accounting) pode contribuir para a evolução da CM. 29. Para a Situação Patrimonial 02 (anos de 2003 e 2004), faça o que se pede: Balanço Patrimonial Disponibilidades Contas a Receber Total do Ativo Contas a Pagar Capital Social Lucros Acumulados Total Passivo + PL 31/12/2003 10.000 45.000 55.000 35.000 15.000 5.000 55.000 31/12/2004 12.000 59.000 71.000 43.000 15.000 13.000 71.000

8

Os Balanços Patrimoniais acima estão avaliados pelo Custo Histórico, ou seja, não foram consideradas as variações de preços do período de 31/12/2003 a 31/12/2004. A DRE do exercício de 2004, ainda não foi considerada a variação de preços do período. Sabe-se que a variação do IGPM no período foi de: DRE de 2004 Receita de serviços Despesas operacionais Lucro líquido do exercício Índices de Preços 31/12/2003 30/06/2004 (média) 30/09/2004 31/12/2004 Corrigido 30. Explique o que vc. entendeu por itens monetários e itens não monetários. Dê um exemplo de cada. 31. O Custo Histórico Corrigido permite: a) Corrigir falhas de produção b) Saber o preço de mercado do ativo c) Comparação entre dados de diferentes exercícios d) N.D.A. 32. O Custo Histórico Corrigido não possui a seguinte característica: a) Subjetividade b) Relevância da informação c) Custo baixo para ser realizado d) Permitir comparações 33. O valor de um carro novo representa qual custo em relação a um carro do mesmo modelo mas usado? a) Custo Histórico Corrigido b) Custo Corrente c) Custo de Reposição d) N.D.A 100 103,92 105 108 IGPM $ 700.000 692.000 8.000

a) Proceda a CM tradicional e levante novo BP e nova DRE pelo Custo Histórico

9

34. O Custo de Reposição apresenta qual vantagem: a) Considera a flutuação de preços específica b) Visualizar o valor atual para se montar empresa equivalente c) Separar variações de preço de custos operacionais na apuração de resultados d) Todas as alternativas anteriores. 35. Os ativos devem possibilitar retorno à entidade na medida em que: a) Custam caro b) São contabilizados c) Podem gerar receitas individualmente d) São investimentos com potencial de gerar fluxos de caixa 36. As empresas preferem investir em ativos que: a) São tangíveis (máquinas, veículos, ....) b) São intangíveis, mas sofisticados c) Tem custo original maior que o valor presente líquido de seus potenciais fluxos de caixa d) N.D.A 37. Por que há necessidade de corrigir o Ativo? Explique a expressão Custo Corrente Corrigido.

10

Anexos: Índice CPCs

Índice dos CPC's x Deliberações CVM DELIB.CVM CPC Retificação Nº Vigente Revogada ASSUNTO

S/N 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 R1 R1 R1

539 527 534 547 553 560 554 555 556 557 562 563 564 565 566 580 575 576 605 606 577 581 582

14/03/2008 01/11/2007 29/01/2008 13/08/2008 12/11/2008 12/11/2008 12/11/2008 12/11/2008 12/11/2008 18/11/2008 17/12/2008 17/12/2008 17/12/2008 17/12/2008 17/12/2008 31/07/2009 05/06/2009 05/06/2009 26/11/2009 26/11/2009 05/06/2009 31/07/2009 31/07/2009

029/86

Estrutura conceitual para a elaboração e apresentação das demonstrações contábeis Redução ao valor recuperável de ativos

028/86

Efeitos nas mudanças das taxas de câmbio e conversão das demonstrações contábeis Demonstração dos Fluxos de Caixa Ativo intangível

026/86

Divulgação sobre partes relacionadas Operações de arrendamento mercantil Subvenção e assistência governamentais Custos de transação e prêmios na emissão de títulos e valores mobiliários Demonstração do valor adicionado Pagamento baseado em ações Contratos de seguro Ajuste a valor presente Adoção inicial da Lei 11.638/07 e da MP 449/08

revogada pela 604/09

Instrumentos financeiros: reconhecimento, mensuração e evidenciação (Fase I) Combinação de negócios Estoques Contratos de construção Investimentos em coligada e controlada Investimento em empreendimento controlado em conjunto (joint venture)

193/96

Custos de empréstimos Demonstração intermediária Informações por segmento

11

23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 35 36 37 38 39 40 43 PME R1

592 593 594 595 583 584 596 597 598 599 600 607 608 609 604 604 604 610 NIHIL

15/09/2009 15/09/2009 15/09/2009 15/09/2009 31/07/2009 31/07/2009 15/09/2009 15/09/2009 15/09/2009 15/09/2009 07/10/2009 26/11/2009 26/11/2009 22/12/2009 19/11/2009 19/11/2009 19/11/2009 22/12/2009

506/06 505/06 489/05 488/05

Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro (a partir de 12/2010) Evento Subsequente (a partir de 12/2010) Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes (a partir de 12/2010) Apresentação das Demonstrações Contábeis (a partir de 12/2010) Ativo imobilizado Propriedade para investimento Ativo Biológico e Produto Agrícola Receitas Ativo Não Circulante Mantido para Venda e Operação Descontinuada Tributos sobre o Lucro

371/00

Benefícios a Empregados (a partir de 12/2010) Demonstrações Separadas Demonstrações Consolidadas Adoção inicial das normas internacionais de contabilidade

566/08 566/08 566/08

Instrumentos financeiros: reconhecimento e mensuração Instrumentos financeiros: apresentação Instrumentos financeiros: evidenciação Adoção inicial dos pronunciamentos técnicos CPC 15 a 40 Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas

12

Information

(Microsoft Word - Exerc\355cios - Ativo N\343o-Circulante - Aspectos Fiscais e Societ\341rios aula 06-09-10 -gabarito)

12 pages

Report File (DMCA)

Our content is added by our users. We aim to remove reported files within 1 working day. Please use this link to notify us:

Report this file as copyright or inappropriate

749884