Read montagem yate laura b parte 1 text version

MANUAL DE CONSTRUÇÃO EM MADEIRA

Yate Laura B

Este manual tem objetivo de ilustrar os passos, processos e técnicas de construção do kit cortado a laser para construção do Yate Laura B. Toda a construção foi planejada com intuito de simplificar os trabalhos tornando este nautimodelo acessível até mesmo para iniciantes no modelismo naval. www.nauticurso.com.br Rua Álvaro Chécchia nº. 450 Ituverava SP Cep.: 14500-000 Brasil Fone: 016- 37292610 Email.: [email protected] Msn.: [email protected]

1

LISTA DE CONTEÚDO

INTRODUÇÃO..........................................1 LISTA DE MATERIAIS..............................3 MONTANDO A ESTRUTURA.....................4 MONTANDO DECK E CABINE....................4 FORRAÇÃO DO CASCO............................6 RESINANDO O CASCO.............................8 INSTALANDO EIXO E MOTOR..................8 INSTALANDO A PARTE ELÉTRICA...........11 INSTALANDO SERVO/MICROSWITCHES....12 ACABAMENTO E PINTURA.....................13 DECORAÇÃO EXTERNA..........................16 FINALIZANDO......................................22

Equipamento eletrônico, tal como o radar, o rádio, e o sonar de profundidade o transformam em um barco muito utilizado por pescadores de final de semana. Muito utilizado nos EUA e na Europa por ser um barco barato que pode facilmente ser construído no quintal de casa.

INTRODUÇÃO

Características do lobsterboat moderno. Um único motor interno a gasolina ou diesel. Nauticurso desenvolveu este kit baseado no yate Laura B projeto original de um lobsterboat norte americano da década de 50. Logicamente algumas mudanças tiveram que ser feitas para torná-lo navegável em escala reduzida para radio controle. Um abrigo/dormitório a frente da pequena cabine do pára-brisa para o piloto. Cabina do piloto aberta, deck à ré O comprimento varia de 20-40 pés Construído tradicionalmente em madeira (forração do cedro sobre cavername do carvalho), começou a ser substituído por cascos de fibra de vidro por volta doa anos 60. Após 3 anos de testes e aprimoramento lançamos o kit estrutural cortado a laser cuja montagem detalhada abordaremos no decorrer deste manual. Dedico este trabalho a todos os amigos que me apoiaram e incentivaram desde o inicio o site www.nauticurso.com.br

2

LISTA DE MATERIAIS 1- KIT ESTRUTURAL CORTADO A LASER 2- 6 CHAPAS DE MADEIRA BALSA 2MM 3- 4 TUBOS DE COLA SUPER BONDER 4- 1 TUBO DE COLA BRANCA 5- ESTILETE 6- RÉGUA 7- LIXA nº. 100, 150, 220, 360 8- ALFINETES CABEÇA DE BOLA 9- FITA ADESIVA 10- SELADORA PARA MADEIRA 11- THINNER 12- RESINA E CATALISADOR 13- TINTA ESMALTE SINTÉTICO BRANCO, PRETO, VERMELHO 14- TUBO ALUMÍNIO 15X0,6cm 15- TECIDO DE NYLON P/ VELA 16- FOLHA DE FORRAÇÃO MOVELEIRA EM MOGNO OU CEDRO 70X10 CM 17- BATERIA 12 VOLTS 1,3 AH 10X5X4 CM 18- MOTOR PM 102 S 19- UNIÃO EIXO/MOTOR COM MOLA 20- EIXO/TUNEL DE EIXO 21- HÉLICE TRIPÁ35 MM LATÃO POLIDO 22- 1 REBITE POP 23- ASTE DE AÇO 0,2X15CM 24- SERVO MODELO 3003 OU 148 25- SPEEDCONTROL OU MICROSWITCHES 26- FIO ELÉTRICO VERMELHO E PRETO 27- RÁDIO CONTROLE 2 CANAIS + RECEPTOR FUTABA ATTACK 28- VARETA DE CAIXETA PARA MASTRO

3

29- JOGO DE BOIAS DE REDE 30- JOGO DE BOIAS SALVA VIDA 31- RADIOGRAFIA (PARA VIDROS) 32- FITA CREPE 33- PINCEL 34- KIT DE ANCORAGEM 35- TIMÃO 36- BARRIL Todo o material está disponível no site www.nauticurso.com.br

MONTANDO A ESTRUTURA

Iniciamos abaixo: pelo kit como mostrado

Una a primeira parte da kilha/cavernas ao deck.

Como pode perceber temos 2 quilhas cortadas idênticas, isso porque a madeira tem 3 mm de espessura e a quilha deverá ficar com 6 mm de espessura, então cole uma peça sobre a outra de forma perfeita.

Após alinhar tudo e ter certeza que o esqueleto não está torto nem empenado, pingue uma ou 2 gotas de cola bonder em todas as emendas de madeira entre kilha/deck e cavername.

MONTANDO DECK E CABINE

Iniciaremos a montagem da cabine pela tampa dianteira, colando o frente da cabine com bonder, utilize grampos para unir estas 2 peças, pois a tampa tem uma ligeira inclinação e os grampos ajudam bem a firmar a madeira na posição correta.

Encaixe todas as cavernas na sequência de 1 a 6. Em seguida encaixe as cavernas 7, 8, 9 na segunda parte da kilha e junte tudo ao deck.

4

Na imagem abaixo vemos a montagem da parte do pára-brisa e laterais, use também grampo para fixação com cola bonder.

Depois de colada a tampa dianteira na cabine, vamos colar o telhado.

Encaixe (sem colar) a cabine no vão do deck e em seguida cole a tampa dianteira da cabine

Monte o painel interno e o acesso a parte interna do barco. Com isso completamos a montagem da cabine.

5

colar paralelamente as tiras de madeira e também sobre os cavernames.

Cole uma tira do lado esquerdo do barco e outra no lado direito e assim sucessivamente. Desta forma o casco não empenará (evite forrar todo um lado e depois o outro, vá intercalando a colagem uma de cada lado)

Detalhe da tampa traseira do deck sobre a caixa de bateria.

FORRAÇÃO DO CASCO

Corte tiras de balsa de 2 mm de espessura por 1 cm de largura. Inicie a forração do casco (chapeado) da base da kilha para o costado. Procure 6

Para unir as tiras ao cavername, podem-se utilizar alfinetes com ponta de

bola, taxinhas/percevejos ou grampos. É muito importante não deixar nenhum ponto de encontro entre tiras da forração e cavername sem perfeita união. Procure reduzir ao máximo vãos entre as tiras de madeira na forração.

Até esta parte da colagem das tiras de madeira é possível utiliza-las sem corte, após esta etapa teremos que começar a desbastar as pontas para cobrir o ângulo de inclinação/curvatura do casco.

Pode-se notar na kilha uma linha traçada justamente como guia para corte da madeira formando perfeitamente a curva limite, onde o casco se une a kilha.

Completada a forração do casco vamos aguardar um dia para secagem completa da cola e iniciar o lixamento com lixa nr 100. Use um toco de madeira de 5x5x3 cm para apoiar a lixa e eliminar imperfeições na colagem, nivelando as tiras de madeira.

7

RESINANDO O CASCO

Se você não pretende resinar o casco, passe para a próxima fase, pois mais a frente ensinaremos uma outra técnica de impermeabilização e pintura. A técnica é bastante simples, aplica-se por dentro do casco em toda a superfície resina pré-catalizada com auxílio de um pincel. A resina está a venda na loja nauticurso. Se desejar aplicar resina na parte externa do casco. Utilize também o véu de superfície, um tecido feito de fibra de vidro ou de poliéster muito fino que é ideal para revestimentos em madeira, pois não agrega muito peso ao casco e é facilmente lixado. Coloque o casco de boca para baixo, aplique com pincel uma camada de resina na parte externa do casco, depois cole o véu sobre a resina evitando bolhas de ar, pincele novamente a resina sobre o véu e vá acompanhando com pincel até que comece a gelatinar para evitar escorrimentos. Aguarde o tempo de cura de 24 hs e proceda o lixamento com lixa 100 220, 360 asseguir aplique seladora para madeira e lixe com lixa 360.

INSTALANDO EIXO E MOTOR

Para a construção do eixo, utilizaremos os materiais relacionados abaixo: 1 - TUBO DE LATÃO MEDIDAS externo - 5/16 interno - 1/4 paredes 0,79 milímetro COR AMARELA 2 - TUBO DE LATÃO MEDIDAS externo - 6/35 interno - 4/35 paredes 1,00 milímetro COR LARANJA 3 - VERGALHÃO LATÃO MEDIDAS 3,96 milímetros de espessura. COR AZUL 8

4 - COURO CRÚ MEDIDAS - 3 X 3 cm COR-VERDE. 5 - SOLDA DE ESTANHO 6 - GRAXA 7 - SERINGA P/ INJEÇÃO (SEM AGULHA) 8 - TUBO DE BORRACHA DE SILICONE OU OUTRO MATERIAL FLEXÍVEL.

sequência de construção em cor laranja D - Buchas de couro crú, servirão como retentores, representadas em cor verde E - Anéis cortados do mesmo tubo C com 2 mm de espessura, representados em cor laranja F - Tubo p/ injetar graxa, 4 cm comprimento X 4 mm espessura. representado em cor amarela

CONSTRUINDO O EIXO SEQUÊNCIA DE CONSTRUÇÃO DO EIXO/TUBO DO EIXO SELADO Iniciaremos a construção do eixo, cortando os tubos nas medidas fornecidas acima. Os tubos serão facilmente cortados com serra tico-tico ou uma serra de arco, dremel, etc. Observando a figura 1 SEQUÊNCIA DE CONSTRUÇÃO DO EIXO/TUBO DO EIXO SELADO, na sequência 1, vemos o tubo representado em amarelo. Na sequência 2, introduziremos apenas metade do tubo C de 1 cm por dentro do tubo A 12 cm, então aqueceremos no fogão a gás as duas peças e aplicaremos estanho na peça C e ainda quente empurraremos com um alicate para dentro do tubo A, soldando assim um tubo dentro do outro. Repetiremos o mesmo processo do outro lado do tubo, tomando cuidado para o tubo menor ficar rente ao maior, nem mais para dentro e nem mais para fora e está pronto o tubo do eixo. Na sequência 3, vamos introduzir eixo, peça B dentro do tubo do eixo. DESCRIÇÃO DAS PEÇAS DO EIXO/TUBO DO EIXO A - Tubo do eixo, 12 cm de comprimento representado na sequência de construção em cor amarela. B - Eixo, medida 18,5 cm representado na sequência de construção em cor azul. C - Tubo de latão mais estreito que o A para que seja soldado por dentro do tubo A, 1,0 cm comprimento, representado na 9 o

TODOS OS COMPONENTES DO EIXO/TUBO DO EIXO

Na sequência 4, colocaremos os anéis de couro crú no eixo pressionando para que se encostem ao máximo no tubo do eixo. Na sequência 5, colocaremos o anél de latão primeiro de um dos lados, soldando o mesmo no eixo, então colocaremos outro anél no outro lado do eixo, e pressionando para que o eixo

fique sem folga, soldaremos este anél de latão também no eixo. Ver figura 3 Na sequência 6, vamos furar o tubo do eixo a 4 cm do anél de couro, ver figura 4. E soldar sobre o furo o tubo p/ injetar graxa. Na sequência 7, temos o eixo/tubo do eixo terminados veja figura 5, agora, vamos injetar graxa, conectando um tubo de borracha no tubo de injetar graxa e na ponta de uma seringa cheia de graxa, então injetaremos a graxa dentro do eixo e estamos prontos para amaciar o conjunto, fixando a ponta do eixo na furadeira vamos segurar o tubo do eixo com a mão, é só ligar a furadeira e deixar o conjunto girando por uns 30 a 40 minutos até que todas as peça se acomodem definitivamente em suas posições, IMPORTANTE, O TUBO NÃO PODE GIRAR, SOMENTE O EIXO É QUE VAI GIRAR QUANDO LIGARMOS A FURADEIRA. FIGURA 5 Eixo selado completo com sistema de Engraxamento constante e vedação com buchas de couro.

Abaixo podemos ver a figura que ilustra a posição de fixação do eixo e motor.

O esquema acima pode ser visualizado em tamanho original através do link asseguir:

www.nauticurso.com.br/imagens/instalmotor.jpg

FIGURA 3 Anél de latão Eixo. soldado com estanho no

Após passar o eixo, aplique resina ou Araldite em torno do tubo para total vedação por dentro e por fora do casco. A imagem asseguir mostra a caverna nr4 que Possui 2 cortes transversais justamente para que possamos inclinar para popa o ponto de fixação do motor, conseguindo a inclinação de aproximada 9 graus para o motor com relação ao eixo.

FIGURA 4 Anél de latão soldado com estanho no eixo Bucha de couro, fixada entre o tubo do eixo e o anél de latão.

10

Aqui vemos o conjunto de eixo/hélice de 35 mm

Foram coladas 2 varetas de madeira (caixeta ou cedro) na horizontal que saem da caverna4 até a 4 apenas para dar sustentação ao montante do motor, tornando o conjunto sólido.

Adquira o conjunto de eixo/hélice/união na loja nauticurso.

Veja a ilustração da saída de eixo na roda do leme.

A união do motor com o eixo será feita com Uma união móvel com mola central que compensará qualquer diferença mínima de centralização entre motor e eixo. O excesso de eixo deverá ser cortado posteriormente.

PARTE ELÉTRICA

A parte elétrica/ eletrônica em nosso nautimodelo será responsável por todos os movimentos avante (a proa) e a ré (a popa), a direita (estibordo) e a esquerda 11

(bombordo). Asseguir mostramos todo o esquema de instalação elétrica/eletrônica no yate Laura B.

passagem da fiação conforme mostrado n o esquema elétrico.

TOCO DE 1x1x1,5cm

Este esquema pode ser melhor visualizado em tamanho original acessando o link asseguir: www.nauticurso.com.br/imagens/esque maeletrico.jpg

SERVO/ MICROSWITCHES

A Montagem do sistema de direção e propulsão é simples, conforme esquema elétrico mostrado na imagem acima, construiremos a máquina de inversão de rotação do motor o que irá permitir o deslocamento avante e a ré no nosso yate.

Nesta imagem pode-se ver o sistema pronto motor/eixo, comando de leme e comando de aceleração avante e a ré. A mesa para os servos já vem cortada e com os pontos de montagem previamente marcados. Cole 2 tocos de madeira de 1x1x15,5 cm na posição marcada em cinza, onde parafusaremos os microswitches. Cada furo colorido em vermelho e azul é responsável pela 12

Information

montagem yate laura b parte 1

12 pages

Find more like this

Report File (DMCA)

Our content is added by our users. We aim to remove reported files within 1 working day. Please use this link to notify us:

Report this file as copyright or inappropriate

1272135