Read RC 26FEV2011 - Tabloide.pmd text version

www.rodoviariosrio.com.br

O RODOVIÁRIO CARIOCA

FILIADO À

JORNAL DO SINDICATO DOS RODOVIÁRIOS DO RIO DE JANEIRO

Rua Maia Lacerda, 170, Estácio, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: (021) 2503-9400

ANO XXXII - FEVEREIRO DE 2011 Presidente: Antonio Branco

CHEGOU A HORA DA DECISÃO!

Assembleia nesta 4ª feira, dia 2 de março, 16h, na Camerino

Os patrões já ofereceram:

Veja o que os empresários já concordaram em ceder

Reajuste de 8% (antes davam 7%) Concordam com o aumento a partir de 1º de março Concordam em pagar em dinheiro o uniforme (R$ 20 mensais), mas após o fim do estoque de cada empresa

Campanha Salarial avança. Nova negociação acontece no dia da data-base, 3ª feira, 1º de março

Nossa categoria reivindica:

N

Veja o que os rodoviários decidiram contrapropor

s propostas ao lado serão levadas aos empresários na próxima rodada de negociação, marcada para o dia 1º de março, coincidentemente nossa data-base.

A

Reajuste de pelo menos 15% Aumento a partir de 1º de março Cesta Básica de pelo menos R$ 200, sem desconto no contracheque Fim da perda da Cesta Básica por falta às segundas-feiras Tíquete-refeição de R$ 6,00 por dia trabalhado Plano de Saúde Uniforme pago em dinheiro

ossa assembleia do último dia 24 decidiu rejeitar a contraproposta patronal, embora reconhecendo alguns avanços na negociação. Uma nova rodada de negociações já está marcada para terça-feira, 1º de março, quando levaremos aos empresários as propostas definidas na assembleia (veja quadro ao lado). Dessa forma, seguindo a determinação da diretoria do Sindicato de que a cada reunião de negociação seja feita uma assembleia no dia seguinte, vamos nos reunir em nova Assembleia Geral na próxima 4ª feira, dia 2 de março, às 16 horas. Desta vez, os rodoviários decidiram realizar a assembleia na subsede do Sindicato na Rua Camerino, nº 66, Centro do Rio. A subsede da Camerino é o endereço histórico de lutas da categoria, de onde deflagramos vários movimentos vitoriosos. O Sindicato dos Rodoviários do Rio conclama todos os companheiros a participarem da assembleia. Unidos chegaremos à vitória.

UGT-RJ pede a Eduardo Paes revogação do decreto de Cesar Maia que permitiu dupla-função

O presidente regional da União Geral dos Trabalhadores (UGT-RJ), Nilson Duarte, em audiência com o prefeito Eduardo Paes pediu a revogação do decreto do ex-prefeito Cesar Maia que permitiu ônibus sem cobrador na cidade, causando uma odiosa dupla-função para o motorista desses ônibus, que é obrigado a cobrar passagem. Essa situação explora e estressa o motorista, causando riscos aos passageiros. Nosso Sindicato é membro ativo da UGT e o nosso vice-presidente, Oswaldo Garcia, é vice-presidente da UGT-RJ.

2

Circulação a partir de 26 de fevereiro de 2011

O RODOVIÁRIO CARIOCA

JORNAIS, CARRO DE SOM, NOTAS NA IMPRENSA, ATIVISTAS, MOBILIZAÇÃO

Sindicato investe pesado na campanha...

N

osso Sindicato vem cumprindo rigorosamente o compromisso assumido com a categoria após a vitoriosa greve do ano passado. Começamos a Campanha Salarial no dia 18 de janeiro e não estamos economizando esforços na mobilização dos rodoviários. Jornais, panfletos, carros de som, notas publicadas na imprensa, manifestação em frente à Prefeitura, vários veículos disponíveis

para a campanha, com combustível, e a mobilização de diretores e ativistas são algumas das

despesas bancadas pelo Sindicato durante a Cam-

panha Salarial, aplicando o dinheiro da categoria na luta por um salário melhor. "Com o apoio da categoria,

chegaremos à vitória", conclui o presidente do Sindicato, Antonio Branco.

...que se fortalece com a unidade da categoria

U

ma coisa puxa a outra: o apoio da categoria impulsiona o Sindicato, que por sua vez se mobiliza para atender às expectativas dos rodoviários. De mãos dadas, categoria e sindicato conseguem ir mais longe nas lutas e conquistas. Em todas as assembleias realizadas e também na manifestação em frente à Prefeitura, centenas de rodoviários têm marcado presença nas atividades da Campanha Salarial. A união dos rodoviários está prevalecendo.

FOTO DIRCE PEREIRA

RODOVIÁRIOS CONSCIENTES REVELAM: "Tem coisas no Sindicato que eu critico e outras que eu aplaudo. Mas independente de qualquer coisa, temos que participar da luta aqui dentro"

A

o final da greve do Sindicato no ano passado, quando arrancamos na marra a equiparação com o reajuste de 7% dado à Baixada e Niterói, o motorista da Acari, Márcio Pimentel, subiu à tribuna da assembleia e propôs que já ficasse agendado o dia 18 de janeiro para a primeira assembleia da Campanha Salarial 2011. Sua proposta foi aprovada por todos e o nosso Sindicato cumpriu a determinação.

Na última assembleia do dia 24, Márcio subiu de novo à tribuna e propôs que "a segunda semana de janeiro passe a ser a data oficial de início das nossas campanhas salariais". Mais uma vez foi aplaudido pelos companheiros. Em sua fala, o motorista deu um depoimento emocionado. "Critico algumas coisas no sindicato e parabenizo outras. Eu, por exemplo, não sou sócio

e estou sendo defendido pelo Jurídico do Sindicato, que me assiste com toda a dedicação". Já Valdomiro da Silva, motorista da Verdun, avalia que "estamos resgatando a dignidade do rodoviário, mas o trabalhador tem que participar da luta dentro do Sindicato". Ele conta o que viu nas garagens na greve do ano passado: - No início, eu acreditava que o sin-

dicato paralelo queria o bem da classe, mas me decepcionei. No dia da greve do Sindicato oficial, eles ficaram a favor do patrão, fazendo de tudo para que o rodoviário furasse a greve. Se dependesse deles, nós não teríamos conquistado os 7%, só porque eles diziam que era a "greve do Branco". Ora, meu amigo, isso é colocar seus interesses políticos acima dos interesses do rodoviário! Isso não é sindicato!

Information

RC 26FEV2011 - Tabloide.pmd

2 pages

Find more like this

Report File (DMCA)

Our content is added by our users. We aim to remove reported files within 1 working day. Please use this link to notify us:

Report this file as copyright or inappropriate

532111