Read EurycibiadesBarraRosa.pdf text version

EURYCIBIADES BARRA ROSA

INDICADORES DE DESEMPENHO E SISTEMA ABC

O USO DE INDICADORES PARA UMA GESTÃO EFICAZ DO CUSTEIO E DAS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO.

Tese apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Doutor em Engenharia

v.1

São Paulo 2006

EURYCIBIADES BARRA ROSA

INDICADORES DE DESEMPENHO E SISTEMA ABC

O USO DE INDICADORES PARA UMA GESTÃO EFICAZ DO CUSTEIO E DAS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO.

Tese apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Doutor em Engenharia

Área de Concentração: Engenharia de Produção Orientador: Prof. Dr. Israel Brunstein

São Paulo 2006

Este exemplar foi revisado e alterado em relação à versão original, sob responsabilidade única do autor e com a anuência de seu orientador. São Paulo, de maio de 2006.

Assinatura do autor _____________________________

Assinatura do orientador ________________________

FICHA CATALOGRÁFICA

Rosa, Eurycibiades Barra Indicadores de Desempenho e sistema ABC: O Uso de Indicadores para uma Gestão Eficaz do Custeio e das Atividades de Manutenção / E. B. Rosa ­ ed.rev. ­ São Paulo, 2006. 2v. Tese (Doutorado) ­ Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Produção. 1.Manutenção industrial 2.Indicadores de desempenho 3.Custeio baseado em atividades 4.Gestão por indicadores 5.Planejamento e Controle I. Universidade de São Paulo. Escola Politécnica. Departamento de Engenharia de Produção II.t.

Aos meus filhos Rogério, Marilia, Léo e Lucas, ao meu neto Michel e à memória de minha mãe Ana que voltou aos braços de Deus, após 90 anos de uma vida produtiva.

AGRADECIMENTOS

Em primeiro lugar a Deus, fonte de toda sabedoria, pela força, coragem e inspiração, permanecendo fiel ao meu lado em todo o percurso desta etapa importante de minha vida. Ao amigo e orientador, Prof. Dr. Israel Brunstein, pelas diretrizes seguras e permanente incentivo para que este trabalho chegasse a um resultado definitivo. Ao Prof. Dr. Antonio Rafael Namur Muscat, pelas preciosas sugestões e contribuições para o enriquecimento do texto. Ao Prof. Dr. Edson de Oliveira Pamplona, pelas sugestões oportunas no desenvolvimento do trabalho, apoio e estímulo. Ao Prof. Dr. José Arnaldo Barra Montevechi, pelas palavras de força e de apoio moral nos momentos mais difíceis. Ao Prof. Dr. Luiz Gonzaga Mariano de Souza que, através do Instituto de Produção e Gestão da Universidade Federal de Itajubá, ofereceu esta preciosa oportunidade. Aos colegas e amigos da IMBEL e da AREVA pela colaboração, incentivo e estímulo. Aos amigos e colaboradores da MAHLE, particularmente aos Engenheiros João Vitor Zanesco, José Maurício Torneli e, especialmente, ao estagiário Adriano Fernandes Carvalho que emprestaram um irrestrito apoio para que este trabalho pudesse ter sido levado a termo. A minha esposa Rosângela, pelo estímulo, paciência e incansável apoio. A todos que, direta ou indiretamente, colaboraram na execução deste trabalho.

RESUMO

Os rumos atuais da competição e da tecnologia justificam a crescente utilização de indicadores para a gestão dos recursos produtivos nas organizações industriais. Nesta linha de pensamento, o presente trabalho discorre sobre as principais abordagens relacionadas com gestão competitiva, construção de indicadores e métodos de custeio, disponíveis na literatura. Com base no modelo gerencial do Prof. Nigel Slack, para agregar vantagem competitiva na manufatura, é desenvolvido um sistema de indicadores integrados para a gestão do custeio e das atividades de manutenção. O modelo de gestão é validado por intermédio de um estudo de caso real e os resultados obtidos demonstram a eficácia do sistema de indicadores no monitoramento das atividades de manutenção nas empresas industriais.

ABSTRACT

The current trend in terms of world-wide competition and technological skills justify the increasing utilization of constant up-to-date information and decision-making data in manufacturing organizations. Accordingly, this work discusses the major contributions related to a world-class management, performance metrics and costing methods. Based on Nigel Slack's management model proposed to increase competitiveness, an inter-related performance metrics system is developed, aiming to reduce maintenance cost and to improve the overall maintenance activities management. The management techniques proposed in this research is validated by its application in a real manufacturing company, selected for a case-study. This research shows that the data collected allows statistical analysis and helps a plant management team to get important conclusions about the effectiveness of the performance metrics proposed for maintenance management.

SUMÁRIO

LISTA DE TABELAS LISTA DE FIGURAS LISTA DE QUADROS LISTA DE ANEXOS LISTA DE SIGLAS 1. 1.1. 1.2. 1.2.1. 1.2.2. 1.2.3. 1.3. 1.3.1. 1.3.2 1.3.3. 1.3.4. 1.4. 2. 2.1. 2.1.1. 2.1.2. 2.1.3. 2.1.4. 2.1.5. 2.2 2.2.1. 2.2.2. 2.2.3. 2.2.4. 2.2.5. INTRODUÇÃO .................................................................................... Considerações Iniciais ........................................................................... O Projeto de Pesquisa ............................................................................ Objetivos Geral e Específico ................................................................. Hipóteses ­ Indicadores Gerenciais ...................................................... Variáveis de Pesquisa ............................................................................ Justificativas .......................................................................................... Gestão dos Processos Produtivos .......................................................... Melhoria do Desempenho da Função Manutenção ............................... Utilização das Políticas de Manutenção ................................................ Apuração dos Custos de Manutenção ................................................... Organização do Relatório Final ............................................................. AS TEORIAS DE BASE ...................................................................... A Avaliação do Desempenho ................................................................ Considerações Iniciais ........................................................................... O Desempenho e seus Componentes .................................................... O Modelo de Avaliação Segundo Sink e Tuttle .................................... O Modelo de Avaliação Segundo Slack ................................................ Considerações Finais ............................................................................. A Construção de Indicadores Gerenciais .............................................. Considerações Iniciais ........................................................................... Indicadores, Parâmetros e Medidas ....................................................... Requisitos Operacionais ........................................................................ Utilização de Padrões ............................................................................ Seleção de Indicadores .......................................................................... 1 1 3 4 5 6 6 7 7 8 10 12 14 14 14 16 18 22 24 26 26 27 28 34 36

2.2.6. 2.3. 2.3.1. 2.3.2. 2.3.3. 2.3.4. 2.3.5. 2.3.6. 2.3.7. 2.3.8. 2.3.9. 2.4. 2.4.1. 2.4.2. 2.4.3. 2.4.4. 2.4.5. 2.4.6. 2.5. 3. 3.1. 3.2. 3.2.1. 3.2.2. 3.2.3. 3.2.4. 3.2.5. 3.3. 4. 4.1. 4.2. 4.2.1.

Considerações Finais ............................................................................. A Função Manutenção na Indústria ....................................................... Introdução .............................................................................................. Histórico ................................................................................................ O Conceito de Manutenção ................................................................... Confiabilidade, Manutenibilidade e Disponibilidade ............................ Prevenção e Recuperação das Falhas .................................................... As Políticas de Manutenção .................................................................. Gestão da Manutenção Industrial .......................................................... O Uso de Indicadores na Gestão da Manutenção .................................. Considerações Finais ............................................................................. A Gestão dos Custos Industriais ............................................................ Considerações Iniciais ........................................................................... O Sistema Tradicional de Custos .......................................................... Limitações dos Sistemas Tradicionais de Custos .................................. O Método de Custeio ABC ­ Activity Based Costing .......................... Gestão Total dos Custos ........................................................................ Considerações Finais ............................................................................. Conclusões ............................................................................................ O REFERENCIAL TEÓRICO .............................................................. Introdução .............................................................................................. Indicadores para a Gestão da Manutenção ............................................ A Qualidade dos Serviços de Manutenção ............................................ A Velocidade dos Serviços de Manutenção .......................................... A Confiabilidade dos Serviços de Manutenção .................................... A Flexibilidade dos Serviços de Manutenção ....................................... Os Custos das Atividades de Manutenção ............................................ Considerações Finais ............................................................................. METODOLOGIA ................................................................................. Considerações Iniciais ........................................................................... Métodos de Abordagem e de Procedimentos ........................................ Métodos de Abordagem ........................................................................

42 43 43 44 48 51 66 76 85 95 109 113 113 115 119 122 140 142 143 145 145 150 151 156 158 163 166 174 176 176 179 179

4.2.2. 4.3. 4.4. 4.5. 4.5.1. 4.5.2. 4.5.3. 4.6. 5. 5.1. 5.2. 5.2.1. 5.2.2. 5.2.3. 5.2.4. 5.3 5.4 6. 6.1. 6.2. 6.2.1. 6.2.2. 6.2.3. 6.2.4. 6.2.5. 6.3. 6.3.1. 6.3.2. 6.4. 7. 7.1. 7.2.

Métodos de Procedimentos ................................................................... Delimitação do Universo da Pesquisa ................................................... As Técnicas de Pesquisa ....................................................................... Os Instrumentos de Pesquisa ................................................................. Introdução .............................................................................................. Formulário Padronizado de Entrevista .................................................. Quadros de Análise Documental ........................................................... Consideração Final ................................................................................ APRESENTAÇÃO DAS EMPRESAS ................................................. Introdução .............................................................................................. As Empresas .......................................................................................... Areva T&D Brasil ................................................................................. Imbel ­ Fábrica de Itajubá ..................................................................... Mahle Componentes de Motores do Brasil ........................................... Conclusões Parciais ............................................................................... O Perfil da Manutenção nas Empresas .................................................. Conclusões Finais .................................................................................. APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS ........................................... Introdução ............................................................................................. Composição dos Indicadores ................................................................. Indicadores de Qualidade ...................................................................... Indicadores de Velocidade .................................................................... Indicadores de Confiabilidade ............................................................... Indicadores de Flexibilidade ................................................................. Indicadores de Custos ............................................................................ Análise de Correlação ........................................................................... Considerações Iniciais ........................................................................... Resultados das Análises ........................................................................ Conclusão .............................................................................................. CONCLUSÕES ..................................................................................... Considerações Gerais ............................................................................ Contribuição do Trabalho ......................................................................

182 186 187 191 191 191 219 219 220 220 220 221 224 229 232 232 234 237 237 240 240 243 245 250 253 260 260 262 290 292 292 293

Information

530 pages

Report File (DMCA)

Our content is added by our users. We aim to remove reported files within 1 working day. Please use this link to notify us:

Report this file as copyright or inappropriate

449529


Notice: fwrite(): send of 228 bytes failed with errno=104 Connection reset by peer in /home/readbag.com/web/sphinxapi.php on line 531